• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1997.tde-20220208-001449
Document
Author
Full name
Mônica Sartori de Camargo
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1997
Supervisor
Title in Portuguese
Solubilidade e disponibilidade do fósforo de fosfatos naturais com origens geológicas diferentes
Keywords in Portuguese
FOSFATOS
FÓSFORO
MILHO
NUTRIÇÃO VEGETAL
SOLOS
Abstract in Portuguese
O estudo foi desenvolvido em casa-de-vegetação do Departamento de Ciência do Solo na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" e o objetivo foi avaliar o comportamento de fosfatos naturais em doses calculadas com base no fósforo solúvel, extraído por diferentes relações fosfato: extrator, quando aplicados ao solo, sobre produção de material seco e absorção de macronutrientes pelo milho. Inicialmente, foram determinadas as solubilidades dos fosfatos Alvorada, Catalão, Patos e Arad em água, citrato neutro de amônio e ácido cítrico 2% A solubilidade em ácido cítrico a 2 % foi determinada nas relações de extração: 1:50, 1: 100, 1: 150, 1:200, 1:250, 1:300, 1:350 e 1:400. Para a avaliação do efeito dos fosfatos, foram utilizadas três doses de P (100, 150, e 200 mg kg-1), calculadas com base nas solubilidades do fosfato nas relações de extração em ácido cítrico a 2%: 1:100, 1:200 e 1:400. Para a comparação das fontes, foram utilizados dois tratamentos adicionais: o superfosfato triplo na dose de P de 100 mg kg-1 e uma testemunha (sem adição de fósforo). O milho foi semeado nos vasos com capacidade de 3 kg, contendo terra de um podzólico arenoso, após terem sido realizadas as adubações fosfatadas e com micronutrientes. Após o plantio, o desbaste foi realizado deixando-se 3 plantas por vasos. Foram feitas adubações com nitrogênio e potássio. Para verificação do efeito residual dos fosfatos, o milho foi semeado 28 dias após a primeira coleta da parte aérea do milho e foram realizados o desbaste e as adubações nitrogenadas e potássicas, utilizando as mesmas fontes, doses e espaços de tempo. O material seco das duas coletas foi pesado e analisado quimicamente. O fosfato Alvorada apresentou maior solubilidade em ácido cítrico 2% (relação 1: 100), seguido do fosfato Arad, Patos e Catalão, concordando com a material seco, fósforo absorvido e índice de eficiência agronômica. A relação de extração 1: 100 (fosfato: ácido cítrico 2%) correspondeu à maior produção de material seco do milho para os fosfatos naturais. O fosfato Alvorada apresentou a maior produção de material seco, superando os demais fosfatos naturais, inclusive o superfosfato triplo. O acúmulo de fósforo pelo milho e os índices de eficiência agronômica dos fosfatos corroboraram com a material seco, o que não ocorreu para os teores de fósforo absorvidos. O acúmulo de nitrogênio, potássio e magnésio, nos dois plantios, foram maiores para os fosfatos Alvorada, Arad, Catalão e Patos, seguindo as solubilidades dos fosfatos em ácido cítrico (relação 1: 100) Para o fosfato Patos, a baixa solubilidade em ácido cítrico 2% (1: 100) do fosfato Patos não permitiu seu efeito na disponibilidade de fósforo às plantas no plantio inicial. E para o fosfato Arad, ela não foi útil na determinação da disponibilidade de fósforo às plantas no seu efeito residual, sendo que a granulometria mais grosseira pode interferir no seu efeito residual. Portanto, a utilização da solubilidade em ácido cítrico 2% (1: 100) é um importante parâmetro para predizer o comportamento de fosfatos naturais de diferentes origens geológicas, avaliados pelo material seco, absorção de fósforo e pelo índice de eficiência agronômica, no plantio inicial para os fosfatos estudados, exceto Patos e no efeito residual, exceto para Arad. E não se deve recomendar a utilização de doses iguais para fosfatos de distintas origens, sendo importante a determinação do seu conteúdo de fósforo solúvel em ácido cítrico a 2% antes de sua utilização, pois eles têm comportamento diferente devido às diferenças na sua composição química e mineralógica.
Title in English
Solubility and phosphorus a vailability of natural phosphates from different geologic origins
Abstract in English
The study was carried out in glasshouse conditions at Soil Science Department of the Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. The objective was evaluate the performance of natural phosphates applied in soil wich based on different phosphate : citric acid 2% relatioships with the parameters: dry matter production and macronutrient absorption by maize. The chemical and granulometric composition of Alvorada, Catalão, Patos and Arad natural phosphates and their solubility in water, neutral ammonium citrate and citric acid 2% were determined. The natural phosphate and citric acid 2% relationship were evaluate for the following rates: 1:50, 1:100, 1:150, 1:200, 1:250, 1:300, 1:350 and 1:400. Three phosphates doses of P were used: 100, 150 and 200 mg kg-1 based on the 1:100, 1:200 and 1:400 rates (phosphate: citric acid 2 %) in plant experiment. Tripie superphosphate at dose of P 100 mg kg-1 and a control treatment were also added to comparison reasons. The experiment was completely randomized with 4 replicates. Phosphorus and micronutrients (B, Cu, Fe, Mn, Zn) were added before the sowing of maize. Plants were growing in pots with capacite for 3 kg of soil that was sample in Piracicaba-SP. Nitrogen (50 and 100 mg kg-1 N) and potassium (100 mg kg-1 K) were also applied. The residual effect of phosphates was evaluate by planting maize 28 days after the first harvest of aerial part of the plants. The Alvorada phosphate showed best solubility in citric acid 2% at 1: 100 rate, followed by Arad, Patos and Catalão phosphates. The 1: 100 relation was best dry matter corroborating with citric acid 2% (1:100) in both harvest. Both plantings showed the best performance to Alvorada phosphate compared with other sources, including tripie superphosphate. Phosphorus acummulated and Index of Agronomy Efficiency (IAE) were according with dry matter. The opposite occured for phosphorus concentration. Total nitrogen, potassium and magnesium absorption were higher for Alvorada, Arad, Catalão and Patos phosphates in according to their solubility in citric acid 2% at 1: 100 rate on both planting of maize. Arad phosphate presented the best calcium and sulfur absorption by maize due to the high content of calcium and sulfur in its chemical compositon. The utilization of citric acid 2% solubility at 1: 100 rate is an important parameter to predict the e:fficiency of natural phosphates from different geological origins, evaluated by dry matter, phosphorus absorption and Index of Agronomy E:fficiency at first planting to natural phosphates, except Patos and in residual effect, except Arad phosphate. The recommendation of natural phosphates should not use equall quantities. The phosphorus content soluble in citric acid 2% (1: 100) must be verified because they have different e:fficiency due to chemical and mineralogical compositon.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2022-02-08
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2023. All rights reserved.