• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1986.tde-20220208-004957
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Nilson Alves Berto
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1986
Orientador
Título em português
Influência do espaçamento e da profundidade do sulco de plantio no desenvolvimento e produção da cana-de-açúcar (Saccharum spp) em solo de várzea da Zona da Mata Mineira
Palavras-chave em português
CANA-DE-AÇÚCAR
DESENVOLVIMENTO VEGETAL
ESPAÇAMENTO
PLANTIO
PRODUÇÃO
SOLO DE VÁRZEA
ZONA DA MATA
Resumo em português
O presente experimento foi instalado em solo de várzea da região canavieira da Zona da Mata Mineira, com o objetivo de estudar os efeitos da profundidade de sulcamento, em diversos espaçamentos entre sulcos, no comportamento da cana-de-açúcar, variedade CB 45-3, quanto aos rendimentos de colmos e de açúcar. O delineamento experimental usado foi o de blocos ao acaso com parcelas subdivididas. Foram utilizados quatro espaçamentos (100, 120, 140 e 160 cm) e duas profundidades de sulco (15 e 25 cm), onde fixou-se a densidade de plantio e adubação por ha. Os resultados obtidos, analisados estatisticamente, permitiram concluir que: 1) Não foi significativa a variação do número de colmos primários obtido com a utilização de 9, 11, 12 e 14 gemas por metro de sulco; 2) As profundidades de 15 e 25 cm de sulco, não influíram no crescimento, na altura e nas produções de colmos e de açúcar da variedade CB 45-3; 3) A redução do espaçamento usualmente empregado, de 1,40 metros entre sulcos de plantio, para até 1,00 m, não aumentou significativamente as produções de colmos e de açúcar por área. O espaçamento de 1,60 m reduziu essas produções, em razão da menor população de plantas.
Título em inglês
Spacing and planting depth furrow influence on sugarcane (Saccharum spp), development and yield, in Zona da Mata, Minas Gerais State, lowland soil
Resumo em inglês
The present experiment was carried out in lowland soils in the Zona da Mata sugarcane region of the State of Minas Gerais in order to study the effects of the furrowing depth in several spacings between furrows for the variety CB 45-3 as to stalk and sugar yields. The experimental design used was the randomized blocks with subdivided plots. Four spacings (1.00, 1.20, 1.40 and 1.60 m) and two furrowing depths (0.15 and 0.25 m), where was fixed the plantation and fertilization density per hectare. The results obtained, analyzed statistically, led to the conclusion that: 1) The variation of the number of primary stalks obtained by the utilization of 9, 11, 12 and 14 buds per furrowing meter was not significant; 2) The depths of 0.15 and 0.25 m of furrowing did not influence in the growth, height and the stalk and sugar production of the variety CB 45-3; 3) The reduction of spacing, usually used, (from 1.40 m between planting furrowings up to 1.00 m) did not increase significantly the stalk and sugar production per area. The spacing of 1.60 m reduced these productions due to a lesser population of plants.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.