• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2012.tde-25102012-150933
Documento
Autor
Nome completo
Javier Dario Pulido Gomez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2012
Orientador
Banca examinadora
Sparovek, Gerd (Presidente)
Cooper, Miguel
Martins Filho, Marcilio Vieira
Título em português
Estimativa de erosão pela Equação Universal de Perda de Solo (USLE) e transferência de sedimentos para todo território Brasileiro
Palavras-chave em português
Conservação do solo
Erosão
Geoprocessamento
Modelagem de dados
Sistema de Informação Geográfica
Resumo em português
O presente trabalho é uma tentativa de validar uma metodologia para estimar a produção de sedimentos para todo território Brasileiro. Foram utilizadas ferramentas de sistemas de informação geográfi ca (GIS), estatística espacial, modelagem e gerenciamento de bancos de dados aplicados a conservação de solos, permitindo combinar a equação Universal de Perda do Solo (USLE) com diferentes modelos de taxa de transferência de sedimentos (SDR). A metodologia utilizou como base de teste dados da rede sedimentométrica brasileira composta de 201 bacias. As estimativas foram analisadas por regressão linear múltipla obtendo valores de R2 de até de 46% entre dados observados e modelados. Observou-se a pouca sensibilidade do modelo USLE em relação ao fator de erosividade (fator R) quando duas observações por métodos diferentes diferem espacialmente em seus valores máximos entre 18000 MJ.mm.ha-1.h-1.ano-1 e 28000 MJ.mm.ha-1.h-1.ano-1 . Por outro lado o modelo mostrou-se sensível ao fator de cobertura do solo (Fator C da USLE) afetando as taxas máximas estimadas de erosão entre 160 Mg.ha-1.ano-1 ate 460 Mg.ha-1.ano-1. Nesse sentido a metodologia sugerida pode ser utilizada para dar indicativos sobre mudanças de uso da terra em escalas regionais e subsidiar tomadas de decisões quanto ao planejamento e gestão territorial.
Título em inglês
Estimation of erosion by the Universal soil loss Equation (USLE) and sediment transfer for Brazilian territory
Palavras-chave em inglês
Data modeling
erosion
Geographic Information System
Geoprocessing
Soil conservation
Resumo em inglês
This work is an attempt to validate a methodology for estimating sediment production for the whole Brazilian territory. Tools were used geographic information systems (GIS), spatial statistics, modeling and database management applied to soil conservation, allowing combine the Universal Soil Loss Equation (USLE) with different models of sediment transfer rate (SDR). The methodology used as test data of Brazilian sedimentometric network composed of 201 basins. The estimates were analysed by multiple linear regression getting values of R2 to 46% between observed and modelled data. Noted the low sensitivity of USLE model in relation to the erosivity factor (R factor) when two observations by different methods differ in their maximum values and spatial distribution of 18000 MJ.mm.ha-1.h-1.year-1 and 28000 MJ.mm.ha-1.h-1.year-1. the other aspects the model proved to be sensitive to soil coverage factor (factor C of USLE) affecting the estimated maximum rates of erosion between 160 Mg.ha-1.year-1 up to 460 Mg.ha-1.year-1.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-12-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.