• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-04062020-084904
Documento
Autor
Nome completo
Natália Yumi Ikeda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2020
Orientador
Banca examinadora
Castillo, Carmen Josefina Contreras (Presidente)
Campestrini, Luciano Henrique
Ruiz, Urbano dos Santos
Sousa, Ricardo Luiz Moro de
Título em inglês
Evaluation of the residues from the ethanolic extraction of organic propolis as a source of biological compounds
Palavras-chave em inglês
E. coli
Lactobacillus
Essential oil
Phenolic acids
Propolis residue
Resumo em inglês
Ethanolic extract of propolis (EEP) is one of the most effective ways to extract the active compounds of propolis resin. However, EEP's processing chain generates a great amount of residues. This residue is composed of several substances such as wax, resins and gums, and also could still contains some bioactive compounds. However, it cannot be reused for human consumption, but it could be applied in animal feed. This study investigated two different forms to use the residues from ethanolic extraction of organic propolis, the extraction of essential oils (EOs) and phenolic acids fractions. EOs were extracted through hydrodistillation and phenolic acids fractions were obtained through solvent extractions and alkaline/acid hydrolysis methods. Both compounds were evaluated for total phenolic content, antioxidant capacity in terms of ABTS, DPPH and FRAP, and antibacterial activity against a pathogenic (Escherichia coli) and a beneficial (Lactobacillus plantarum) bacterium model. All parameters were compared with ethanolic extract of propolis (EEP). This study aimed to investigate propolis residues as a source of biological compounds that could be added in animal feed as an alternative to synthetic antimicrobials.
Título em português
Avaliação dos resíduos obtidos da extração etanólica da própolis orgânica como fonte de compostos biológicos
Palavras-chave em português
E. coli
Lactobacillus
Ácidos fenólicos
Óleo essencial
Resíduo
Resumo em português
O extrato etanólico de própolis (EEP) é a forma mais eficiente de extrair os compostos biológicos da própolis. Entretanto, a cadeia produtiva do EEP produz grande quantidade de resíduos. Esse resíduo é composto por diversas substâncias como cera, resinas e gomas, e ainda pode conter alguns compostos biológicos. Entretanto, esse resíduo não pode ser reutilizado para o consumo humano, mas poderia ser aproveitado na alimentação animal. Este estudo investigou duas formas diferentes de utilizar os resíduos da extração etanólica da própolis orgânica, a extração de óleos essenciais (OEs) e de frações de ácidos fenólicos. Os OEs foram extraídos por hidrodestilação e as frações de ácidos fenólicos foram obtidas por extrações com solventes e hidrólise alcalina/ácida. Ambos os compostos foram avaliados em relação a concentração de fenólicos totais, capacidade antioxidante por ABTS, DPPH e FRAP e atividade antibacteriana contra um modelo de bactéria patogênica (Escherichia coli) e uma benéfica (Lactobacillus plantarum). Todos os parâmetros foram comparados com o extrato etanólico de própolis (EEP). Este estudo teve como objetivo investigar os resíduos da própolis como fonte de compostos biológicos que poderiam ser adicionados na alimentação animal como uma alternativa aos antimicrobianos sintéticos.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-06-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.