• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2014.tde-10112014-134301
Documento
Autor
Nome completo
Marcel Levy de Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Sturion, Gilma Lucazechi (Presidente)
Silva, Marina Vieira da
Souza, Miriam Coelho de
Título em português
Segurança dos alimentos no setor hoteleiro: caracterização das empresas e avaliação da percepção dos agentes envolvidos - estudo de caso
Palavras-chave em português
Percepção de risco
Recursos humanos
Segurança dos alimentos
Serviços de alimentação
Turismo
Resumo em português
O deslocamento dos indivíduos e a maior exposição da população a alimentos destinados ao pronto consumo em serviços de alimentação e vias públicas contribuem para a incidência de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA). Nesse contexto é imprescindível conhecer as estratégias utilizadas em unidades produtoras de refeições vinculadas ao turismo para minimizar os riscos de contaminação dos alimentos. A presente pesquisa teve como objetivos: caracterizar os sistemas de gestão da qualidade e segurança de alimentos, identificar o nível de adequação das condições higiênicosanitárias, caracterizar os recursos humanos e avaliar a percepção de risco dos agentes envolvidos sobre segurança dos alimentos nos serviços de alimentação de meios de hospedagem. A pesquisa foi conduzida em unidades produtoras de refeições de hotéis e pousadas, em região do estado de São Paulo, composta por dois municípios, A e B, considerados estâncias turísticas. Concordaram em participar da pesquisa 19 estabelecimentos da região, sendo 72,3% hotéis e 16,6% pousadas pertencentes ao município A e 85,7% e 35,7% da mesma tipologia do município B. Um roteiro de entrevista foi aplicado aos gestores das unidades para caracterizar as empresas quanto aos aspectos organizacionais, adequação aos atos normativos vigentes, recursos humanos e o Sistema de Gestão da Segurança dos Alimentos. Um questionário foi empregado para avaliação da percepção de risco dos manipuladores (n=108) sobre questões de segurança dos alimentos e os dados obtidos, analisados a partir de uma escala estruturada com valores variando de 1"nenhum risco" a 7 "risco muito alto". Uma escala de desejabilidade social foi aplicada para reduzir vieses de medição. A avaliação das condições higiênico-sanitárias dos estabelecimentos foi realizada com base nos laudos de inspeção dos setores de vigilância sanitária dos municípios e na classificação proposta pelo órgão fiscalizador competente. Construiu-se os bancos de dados com o emprego de software SPSS, 2013, análises descritivas foram realizadas e testes não paramétricos utilizados para a comparação de médias e correlações ao nível de significância de 5%. Os resultados evidenciaram que embora todas as empresas fossem licenciadas pelos órgãos competentes a adoção de Sistema de Gestão da Segurança dos Alimentos ou iniciativas nesta direção, eram mais frequentes nas empresas de maior porte e capacidade de produção, que também possuíam os gestores mais qualificados e com maior conhecimento sobre o assunto e estratégias para promoção da qualidade. Os resultados insatisfatórios das condições higiênico-sanitárias constatados nas inspeções das empresas menores podem ser justificados pelo inadequado critério de seleção, programa de capacitação e avaliação de desempenho deficiente dos funcionários. Os menores níveis de risco percebidos pelos manipuladores de alimentos sobre aspectos que representam entraves para a segurança do alimento reforçaram a falta de conhecimento e conscientização sobre o assunto. Recomenda-se a atuação mais efetiva da fiscalização sanitária uma vez que a implantação, no mínimo das Boas Práticas, é obrigatória para este segmento e que seja adotada pelas empresas uma política de recursos humanos voltada para atender aos anseios dos funcionários, visando motivá-los para o desenvolvimento de serviços de qualidade, produção de alimentos seguros e minimizar os problemas funcionais enfrentados pelos gestores.
Título em inglês
Food safety in the hosting sector: characterization of the enterprises and perception assessment of people involved - case study
Palavras-chave em inglês
Food safety
Food service
Human resource
Risk perception
Tourism
Resumo em inglês
The displacement of individuals and the greater exposure of the population to ready-toeat foods and foods offered at street stands contribute to the incidence of Foodborne Diseases (FBD). In this context, strategies used in food services linked to tourism meals are essential to minimize the risk of food contamination. This study aimed to characterize the systems of quality management and food safety, to identify the adequacy of sanitary conditions, to characterize the human resources and to evaluate the risk perception of people involved in food safety in the hosting sector. The study was conducted in food services of hotels and hostels, São Paulo State, in two municipalities, A and B, considered tourist resorts. Nineteen establishments were investigated in this research, encompassing 72.3% hotels and 16.6% hostels from municipality A, and 85.7% and 35.7% in municipality B. A questionnaire was applied to managers of the businesses to characterize the companies in terms of organizational aspects, compliance to current legislation, human resources and the Management System of Food Safety. One questionnaire was used to evaluate of risk perception of food handlers (n=108) about food safety. For the questionnaire analysis, a scale 1 "no risk" and 7 "very high risk" was defined. A scale of social desirability was applied to reduce bias of measurements. The hygienic and sanitary conditions of the establishments were evaluated based on inspection reports of health surveillance of municipalities and on the classification proposed by competent sectors. Databases were performed using the SPSS software, 2013, besides descriptive analyses and non-parametric tests were used to compare means and correlations at a significance level of 5%. The results showed that although all companies were licensed by the competent sectors, the adoption of the Food Safety Management System or some initiatives in this direction were more common in large enterprises with greater production capacity. These establishments had the most qualified managers with greater knowledge on the subject, promoting quality strategies. The unsatisfactory sanitary conditions results in the small companies may be justified by the inappropriate selection criteria, lack of training and deficient program to evaluate employee performance. The low levels of risk perception by food handlers regarding aspects that are barriers to food security reinforced the lack of knowledge and awareness on the subject. A more effective action of sanitary inspection is recommended once the implementation of good practices is mandatory for this segment and it is a policy adopted by companies to meet the needs of employees, aiming to motivate them to improve quality and safety of food production and to minimize functional problems faced by business managers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-11-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.