• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-15052020-130519
Documento
Autor
Nombre completo
Melina Luz Mary Cruzado Bravo
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2020
Director
Tribunal
Castillo, Carmen Josefina Contreras (Presidente)
Cesar, Aline Silva Mello
Knöbl, Terezinha
Silva, Nathália Cristina Cirone
Título en inglés
Isolation, identification and genotypic and phenotypic characterization of Arcobacter spp. isolated from Minas frescal cheese and raw milk
Palabras clave en inglés
Biofilms
Contact surfacesse
Dairy products
Emerging pathogen
Virulence-associated genes
Resumen en inglés
Arcobacter is considered an emerging foodborne pathogen which is associated with gastroenteritis, persistent diarrhea and bacteremia in humans. Similarly, in animals, it can cause abortion, infertility and diarrhea. Isolation of this pathogen from asymptomatic animals is also frequent as they are natural reservoirs. Animal foods are probably the main route of transmission to humans. Studies carried out in different countries have indicated that patients with gastroenteritis caused by Arcobacter is the fourth most common isolate. Currently, in Brazil, there is a great occurrence of gastrointestinal diseases without identification of the etiologic agent. Arcobacter was isolated from Minas frescal cheese and raw bovine milk in São Paulo, Brazil In this work, 98 samples of Minas frescal cheese and 103 samples of raw bovine milk were analyzed and data showed 10.2% and 16.5% occurrence respectively. All isolates were identified as A. butzleri and the presence of Arcobacter was correlated with the moisture (cheese) and total coliforms and mesophilic bacteria counts (milk). Subsequently, 36 strains of A. butzleri were analyzed for virulence, resistance to antibiotics and the formation of biofilms. Then, the formation of biofilms in eight isolates was observed on different contact surfaces commonly used in dairy procesing plants. Finally, the influence of other factors on the production of A. butzleri biofilm was evaluated. High genotypic diversity, sensitivity to ciproploxacin antibiotics, erythromycin and azithromycin were observed. Strains from raw milk showed the highest biofilm formation ability. Stainless steel presented the greatest cellular adhesion. With the information obtained about Arcobacter isolates, it is possible to develop better strategies to avoid contamination in ready-to-eat foods, such as Minas fresal cheese, and to provide valuable information on proper heat treatment conditions, cleanliness and sanitation. Further research concerning the presence and activity of the Arcobacter genus is necessary in the whole dairy product chain.
Título en portugués
Identificação e caracterização genotípica e fenotípica de Arcobacter spp. isolados em queijo minas frescal e leite bovino cru
Palabras clave en portugués
Biofilmes
Genes de virulencia
Patógeno emergente
Produtos lácteos
Superfícies de contato
Resumen en portugués
Arcobacter é considerado um patógeno emergente de origem alimentar; associado a gastroenterites, diarréia persistente e bacteremia em humanos. Em animais pode provocar aborto, infertilidade e diarréia. O isolamento a partir de animais assintomáticos também é frequente, acreditando-se que possam ser seu reservatório natural. Alimentos de origem animal provavelmente são a principal rota de transmissão para humanos. Estudos realizados em pacientes com gastroenterite indicam que Arcobacter está na quarta posição dos patógeno com maior número de isolado, tendo sido reportado em diferentes países. Atualmente, no Brasil há uma grande ocorrência de doenças gastrointestinais sem identificação do agente etiológico. O isolamento de Arcobacter em queijo Minas frescal e leite bovino cru no estado de São Paulo, Brasil, identificou a ocorrência de um gênero anteriormente ignorado ou desconhecido. Neste trabalho, foram analisadas 98 amostras de queijo Minas frescal e 103 amostras de leite bovino cru, mostrando uma ocorrência de 10.2% e 16.5% respectivamente, todos os isolados foram identificados como A. butzleri, a presença de Arcobacter foi correlacionada com a umidade do queijo e com os coliformes totais e a contagem total de mesofilos no leite. Posteriormente, 36 cepas de A. butzleri, foram analisadas quanto à virulência, resistência aos antibióticos e a formação de biofilmes em microplaca. Finalmente, em oito destes isolados foi avaliada a formação de biofilmes sobre diferentes superfícies de contato comumente utilizadas em laticínios e a influência de outros fatores na produção de biofilmes de A. butzleri. Observou-se alta diversidade genotípica, sensibilidade aos antibióticos Ciproploxacino, eritromicina e azitromicina. As cepas provenientes de leite cru foram as que apresentaram maior formação de biofilmes. A superfície de contato com maior adesão celular foi o aço inoxidável, utilizando Mueller Hinton como caldo de cultivo. Com a informação aqui obtida sobre os isolados de Arcobacter permite-se o desenvolvimento de estratégias mais eficientes para evitar a contaminação em alimentos prontos para o consumo como o queijo Minas frescal, verificar o tratamento térmico adequado, e verificar a limpeza e sanitização correta em tempos e aplicação de sanitizantes corretos. Pesquisas mais aprofundadas sobre a presença e atividade do gênero Arcobacter é necessária na cadeia completa de produtos lácteos, uma vez que o mesmo tem sido identificado com frequência nesses alimentos.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-05-18
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.