• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Vivian Rahmeier Fietz
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1998
Orientador
Título em português
Efeitos da pectina cítrica de alta e baixa metoxilação e da celulose nos níveis séricos de colesterol e triglicerídeos em ratos hiperlipidêmicos
Palavras-chave em português
CELULOSE
COLESTEROL
DIETA ANIMAL
ENSAIO BIOLÓGICO
PECTINA CÍTRICA
RATOS
TRIGLICERÍDEOS
Resumo em português
O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da pectina, de alta (HMP) e de baixa (LMP) metoxilação, e da célula se nos níveis séricos de : a) colesterol total; b) triglicerídeos; c) HOL- colesterol; d) LOL- colesterol em ratos hiperlipidêmicos. Também foram realizadas as determinações dos níveis plasmáticos de ureia e glicose. O ensaio foi conduzido no laboratório de Bromatologia e Nutrição Experimental do Departamento de Economia Doméstica da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ/USP) no período de março a dezembro de 1997. Foram realizados dois experimentos em ratos machos e adultos, com peso médio inicial de 220 a 250g. Os experimentos tiveram duração de 30 dias (primeiro ensaio biológico) e de 90 dias (segundo ensaio biológico). No primeiro ensaio os animais foram divididos em 13 grupos de seis. Um grupo recebeu uma dieta controle e as demais dietas com diferentes concentrações de pectinas e celulose. Houve redução no ganho de peso dos animais com o aumento dos níveis de fibra. Os tratamentos com celulose produziram menor efeito hipolipidêmico e os com HMP proporcionaram os resultados mais significativos. As dietas com 10 e 15% de HMP apresentaram maior capacidade de reduzir os níveis séricos de colesterol, triglicerídeos e ureia. O segundo ensaio foi conduzido com base nos resultados mais satisfatórios obtidos no primeiro experimento. Neste, os animais foram divididos em 4 grupos de 18. Um grupo recebeu a dieta controle, e os demais diferentes concentrações com HMP. Observou-se redução no ganho de peso dos animais tratados com pectina. Não houve reversão do efeito hipolipidêmico durante o período do ensaio. As dietas com 10 e 15% de HMP proporcionaram o efeito mais significativo na redução dos níveis plasmáticos de colesterol total, triglicerídeos, LOL- colesterol, ureia e glicose e no aumento dos níveis séricos da HOL- colesterol
Título em inglês
Effects of high and low methoxyl citric pectin and cellulose on serum levels of cholesterol and triglycerides in hyperllpidemic rats
Resumo em inglês
The aim of this work was to evaluate the effect of high (HMP) and low (LMP) methoxyl pectin and cellulose on serum levels of: a) total cholesterol; b) tryglicerides; c) HDL-cholesterol, and d) LDL-cholesterol in hiperlipidemic rats. The plasmatic levels of urea and glucose were also determined. The trial was conducted at the Laboratório de Bromatologia e Nutrição Experimental do Departamento de Economia Doméstica da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ/USP) from March throgh December, 1997. Two experiments were performed in rats (Raftus norvegicus var. albinos, strain Wistar), male adults with initial average weight of 220 to 250 g. The experiments lasted 30 days (first biological trial) and 90 days (second trial). On the first biological trial animals were divided into 13 blocks of six rats each. One group received a standard diet (control) and the remaining ones were fed on diets with different levels of pectin (HMP and LMP) and cellulose (5; 10; 15, and 20%). Body weight decreased as fiber levels increased. Cellulose treatments produced a lesser hypolipidemic effect and those with HMP provided more significant results. Diets with 10 and 15% HMP had a higher capacity to reduce the serum cholesterol, triglycerides, and urea. The second trial was based on the more satisfactory results found in the first experiment. Here animals were divided into 4 groups of 18 rats each. One group received a standard diet (control) and the remaining ones were fed on different concentrations of HMP (5, 10, 15%). Likewise the first trial, a decreased body weight was observed as pectin concentrations increased. No hypolipidemic effect reversion occurred during the trial period. Diets with 10 and 15% HMP had a more significant effect on reducing plasmatic levels of total cholesterol, triglycerides, LOL-cholesterol, urea, and glucose, and on the increased serum levels of the HOL-cholesterol fraction
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.