• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-112003
Documento
Autor
Nome completo
Clóvis Parazzi
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1988
Orientador
Título em português
Influência do desponte do colmo na qualidade tecnológica da cana-de-açúcar (Saccharum spp.)
Palavras-chave em português
CANA-DE-AÇÚCAR
COLMOS
INDÚSTRIA SUCRO-ALCOOLEIRA
QUALIDADE TECNOLÓGICA
Resumo em português
Um dos aspectos fundamentais à maior produtividade de agroindustrial da cana-de-açúcar é a sua qualidade como matéria-prima, a qual depende de uma série de fatores, como: variedades, condições climáticas, ciclo de cultura, época, tratos culturais, altura do desponte e outros. O desponte do colmo, uma prática convencional no corte da cana-de-açúcar, é feito visando a melhorar a qualidade da matéria-prima. Neste trabalho, procurou-se avaliar a influência de diferentes alturas de desponte na qualidade químico-tecnológica da cana-de-açúcar e, consequentemente, as implicações de sua utilização na agroindústria canavieira. Com este objetivo foi instalado um ensaio experimental em soqueira de 2º corte das variedades: NA56-79, SP70-1143, SP71-1406, IAC48/65 e RB725828. O delineamento estatístico foi o de blocos ao acaso e utilizou-se três níveis de desponte: sem desponte, desponte na folha +5 e desponte na folha +8. A interpretação e análise dos resultados obtidos permitiram as seguintes principais conclusões: - à proporção que se elevou a altura do desponte diminuiu a qualidade tecnológica da cana-de-açúcar, e os menores valores de qualidade foram obtidos pela cana· não despontada; - a diferença de peso entre a cana com desponte +8 e sem desponte foi igual a 16,8%, enquanto que o ágio sobre o preço básico foi 14,28% maior para a cana despontada; - a altura em que a cana pode ser despontada sem detrimento da sua qualidade, aumenta à medida que a cana amadurece; - os valores das determinações de Brix % caldo, pol % caldo, pol % cana, açúcares totais % caldo, umidade % cana e pol % cana (PCTS), mostraram ser uma função quadrática do período de colheita, em diferentes alturas de desponte; - a cana sem desponte apresentou os maiores valores em toneladas de pol e toneladas de açúcares redutores por unidade de area; - a cana com desponte +8, alcançou o preço mais elevado por tonelada de cana; - Os maiores preços por área (receita) foram obtidos pela cana com desponte na folha +5 para as variedades NA56-79, SP71-1406 e IAC48/65; sem desponte para a SP70-1143 e desponte na folha +8 para a RB725828.
Título em inglês
Influence of topping of stalk in the technological quality of sugarcane (Saccharum spp.)
Resumo em inglês
One of the fundamental aspects in support of higher sugarcane agro-industrial yields is the quality of this sugarcane as an industrial raw material. This depends on a series of factors-such as variety, climatic crop cycle, time of cutting during the season harvest, cultivation, height of topping and others. The topping of stalk, a conventional harvest practice, is to improve the quality of the raw material. This paper was conducted to evaluate the influence of the different heights of topping in the chemical and technologic quality of sugarcane and, therefore, the results of its use as an industrial raw material. With the above objectives, a trial was set up in second ratoons of NA56-79, SP70-1143, SP71-1406, IAC48/65 and RB725828 varieties and randomized block design with three levels of topping: untopping, topping +5 and topping +8 (Figure 2). The following conclusions were obtained: - there was a decrease in the quality of sugarcane according according to increased height of topping, however the quality in untopped canes was constantly low; - the difference of weight between untopped canes and topped was approximately 16.8% and the profit in the price obtained for untopped canes was 14.28%; - the height at which cane can be topped without detriment to quality increases as the season progresses; - the Brix % juice, pol % juice, pol % cane, total sugar % juice, moisture % cane and pol % cane (PCTS*) results, are a square function of harvest time at different topping heights; - the untopped sugarcane presented the highest pol and reducing sugar values in tons per unit of area; - the topping +8 sugarcane reached the highest price per ton of sugarcane; - the highest prices per unit area was obtained at the topping +5 for varieties NA56-79, SP71-1406 and IAC48/65; unstopping for variety BP70-1143, and topping +8 for variety RB725828.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ParazziClovis.pdf (5.75 Mbytes)
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.