• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-154810
Documento
Autor
Nome completo
Maria Estela Toledo Palomino
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1997
Orientador
Título em português
Avaliação da utilização do método de triagem para análise da contaminação do milho, por aflatoxinas, através da fluorescência amarelo-esverdeada brilhante (BGYF - Bright Greennish Yellow Fluorescence)
Palavras-chave em português
AFLATOXINAS
CONTAMINAÇÃO
MÉTODO DE TRIAGEM
MILHO
Resumo em português
Os resultados da técnica da fluorescência amarelo-esverdeada brilhante (BGYF) aplicada por algumas indústrias alimentícias e de rações como método de triagem na avaliação de lotes de milho provavelmente contaminados com aflatoxina, em 438 amostras de milho, foram comparados com os resultados da técnica BGYF padronizada aplicada em laboratório antes e após trituração dos grãos e também, com os resultados da análise físico-química das mesmas. Também foram produzidas 41 amostras no laboratório, as quais foram visualizadas pelas diferentes técnicas BGYF e analisadas pela análise físico-química Observou-se que o critério de rejeição foi muito importante na geração de amostras positivas e, portanto, influenciar na performance da técnica BGYF. O critério de rejeição de 1 ou mais pontos fluorescentes na técnica padronizada fez gerar um número de amostras positivas diferente da análise físico-química. Isto não aconteceu com os resultados da técnica das indústrias, onde o número de amostras positivas não foi diferente dos resultados físico-químicos. Por outro lado, duas indústrias apresentaram resultados falso-negativos em sua técnica BGYF, enquanto a técnica BGYF padronizada que não apresentou. Nas amostras produzidas em laboratório, a visualização pela técnica BGYF padronizada em amostra sem trituras, gerou 4 resultados falso-negativos, uma vez que todas elas apresentaram contaminação acima de 20 μg/kg pela análise físico-química. Estas 4 amostras que não apresentaram pontos fluorescentes antes da trituração, depois de serem trituradas apresentaram 24,46, 57 e 224 pontos. Em função desses resultados, conclui-se que existe a necessidade de se triturar as amostras antes da visualização, pois irá influenciar no critério de rejeição e na performance da técnica BGYF.
Título em inglês
Evaluation of utilization of a screening method of aflatoxin contamination of corn by the bright greenish yellow fluorescence (BGYF)
Resumo em inglês
The results of the bright greenish yellow fluorescence technique (BGYF) from some food and feed industries as a screening method in the evaluation of probably aflatoxin contaminated corn lots in four hundred and thirty eight samples, were evaluated against both laboratory results of BGYF standard technique, before and after cracking of grains and physico-chemical analysis results. Forty one samples produced in laboratory were visualized by the BGYF standard technique and analyzed by physico-chemical analysis. It was observed that the criterion of rejection was very important to yield positive samples and therefore to influence in the BGYF technique performance. The criterion of rejection of one or more fluorescent points in the standard technique makes to produce a number of positive samples different from the physico-chemical analysis. It did not happened with the industry results, in which the number of positive samples was not different from the physico-chemical results. Otherwise, only the industries showed false negative results and the BGYF standard technique did not. In the samples produced in laboratory, the BGYF standard technique visualization before cracking of grains, showed 4 false negative results, since these samples showed contamination over 20 μg/kg by the physico-chemical analysis. These samples that not showed fluorescent points before cracking, showed 24, 46, 57 and 224 points after cracking. The results allowed to conclude that it is necessary to crack samples before visualization and the influence of rejection criterion over the BGYF technique performance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.