• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2019.tde-21032019-162800
Documento
Autor
Nome completo
Gizele Bruna Barankevicz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Salgado, Jocelem Mastrodi (Presidente)
Spoto, Marta Helena Fillet
Khalil, Najeh Maissar
Sanches, Andréa
Título em português
Cúrcuma (Curcuma longa L.): avaliação de suas nanopartículas em um modelo animal de depressão
Palavras-chave em português
Alimentos funcionais
Cúrcuma
Depressão
Nanotecnologia
Resumo em português
Os objetivos desse estudo foram caracterizar modelos experimentais validados para avaliação da depressão em animais; avaliar a viabilidade do desenvolvimento de nanopartículas de cúrcuma a partir do encapsulamento com zeína pelo método de dispersão líquido-liquido; avaliar sua possível atividade antidepressiva em ratos submetidos ao protocolo de estresse crônico moderado e imprevisível (ECMI), considerado modelo preditivo para indução de depressão. No protocolo experimental foram utilizados 40 ratos da linhagem Sprague- Dawley divididos em 5 grupos (n=8 ratos/grupo): Estresse crônico moderado e imprevisível+nanopartículas (ECMI+NANO), Nanopartícula + Controle (NANO), Estresse crônico moderado e imprevisível + Veículo (ECMI), Estresse crônico moderado e imprevisível + fluoxetina (ECMI+FLUOX), Controle + Veículo (CONTROLE) sendo veículo a água filtrada,também utilizada para ressuspender as nanopartículas. A avaliação de anedonia, considerada chave para mensuração do ECMI, confirmou que o protocolo foi efetivo para avaliar esse comportamento. No TNF observou-se que, os grupos estressados apresentaram maiores valores de imobilidade, comportamento similiar ao desamparo aprendido. A administração de nanopartículas (10 mg kg-1) preveniu a elevação dos níveis de corticosterona em ratos submetidos ao protocolo de ECMI. Estes dados sugerem que as nanopartículas de zeína contendo cúrcuma podem contribuir para uma possível ação neuroprotetora deste alimento funcional na depressão Além disso, comprovou-se que o encapsulamento possibilitou a elaboração de nanopartículas com boas características, apresentando alta eficiência de encapsulamento e baixo índice de polidispersão.
Título em inglês
Turmeric (Curcuma longa L.): evaluation of their nanoparticles in an animal model of depression
Palavras-chave em inglês
Curcuma
Depression
Functional foods
Nanotecnology
Resumo em inglês
The objectives of this study were to characterize validated experimental models for the evaluation of depression in animals; to evaluate the viability of the development of turmeric nanoparticles from the zein encapsulation by the liquid-liquid dispersion method; to evaluate its possible antidepressant activity in rats submitted to the chronic mild and unpredictable stress procedure (CMUS), considered a predictive model for induction of depression. In the experimental protocol, 40 Sprague-Dawley rats were divided into 5 groups (n = 8 rats / group): chronic mild and unpredictable stress procedure + nanoparticles (CMUS + NANO), Nanoparticle + Control (NANO), chronic mild and unpredictable stress procedure + Vehicle (CMUS), chronic mild and unpredictable stress procedure + fluoxetine (CMUS + FLUOX), Control + Vehicle (CONTROL) being a filtered water vehicle, also used to resuspend the nanoparticles. The evaluation of anhedonia, considered key to CMUS measurement, confirmed that the protocol was effective in evaluating this behavior. In TNF, it was observed that the stressed groups showed higher values of immobility, a behavior similar to learned helplessness. The administration of nanoparticles (10 mg kg-1) prevented the elevation of corticosterone levels in rats submitted to the CMUS protocol. These data suggest that turmeric- containing zein nanoparticles may contribute to a possible neuroprotective action of this functional food in depression. In addition, it was verified that the encapsulation allowed the elaboration of nanoparticles with good characteristics, presenting high encapsulation efficiency and low polydispersion index
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2021-03-24
Data de Publicação
2019-04-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.