• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Giovanni Casagrande Silvello
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Alcarde, Andre Ricardo (Presidente)
Madaleno, Leonardo Lucas
Silva, João Batista de Almeida e
Venturini Filho, Waldemar Gastoni
Título em português
Qualidade química e perfil sensorial da cerveja envelhecida em barris de diferentes madeiras
Palavras-chave em português
Cerveja
Envelhecimento
Madeiras brasileiras
Qualidade
Resumo em português
O setor cervejeiro está em expansão tanto no Brasil quanto no mundo. Nos últimos anos, tem ocorrido uma expansão de microcervejarias que buscam produtos com qualidade diferenciada, atendendo a um número crescente de consumidores mais exigentes. O envelhecimento da cerveja possibilita diversificação e inovação do produto. O objetivo deste trabalho foi acompanhar a evolução na composição química da cerveja envelhecida e a influência sensorial do processo de envelhecimento em barris de dez litros de diferentes madeiras: Carvalho Americano (Quercus alba), Amburana (Amburana cearensis) e Cabreúva (Mycrocarpus frondosus); durante 6 meses. Amostras de cervejas armazenadas em barris de carvalho foram analisadas mensalmente. A comparação das características químicas e sensoriais das cervejas envelhecidas com a cerveja não envelhecida permitiram o conhecimento das modificações ocorridas ao longo do tempo e a determinação da qualidade do produto e características sensoriais. As amostras foram avaliadas mediante análises de indicadores de qualidade de cerveja, tais como grau alcoólico, pH, cor, compostos fenólicos totais e amargor; além de método cromatográfico (CG-DIC) para detalhar perfil de compostos aromáticos da bebida envelhecida. Testes sensoriais holísticos foram aplicados ao final dos processos para avaliação das amostras. Obtiveram-se parâmetros necessários para caracterizar o processo de envelhecimento da cerveja armazenada em barris de diferentes madeiras. O tratamento prévio dos barris garantiu estabilidade microbiológica durante o envelhecimento da cerveja durante os primeiros meses. A evolução da composição geral da cerveja do tipo Barleywine foi distinta em cada madeira, bem como as características sensoriais observadas segundo diferentes metodologias (Napping e Ultraflash profile). As cervejas envelhecidas em madeiras brasileiras se destacaram quanto ao teor de compostos fenólicos totais e diferiram entre si quanto aos parâmetros físico-químicos de coloração e medida de amargor.
Título em inglês
Chemical quality and sensory profile of beer aged in barrels made of different woods
Palavras-chave em inglês
aging
beer
Brazilian woods
oak
quality
Resumo em inglês
The beer industry is expanding both in Brazil and in the world. In recent years microbreweries have been expanding, seeking products with differentiated quality to serve a growing number of discerning consumers. Aging beers enable product diversification and innovation. The objective of this work was to follow the evolution of the chemical composition and the influence on sensory profile of aging beer in ten-litter barrels made of different woods: American oak (Quercus alba), Amburana (Amburana cearensis) and Cabreúva (Mycrocarpus frondosus); during six months. Samples of beers stored in new barrels made of different woods were analyzed monthly. The comparison of chemical and sensorial characteristics between aged and non-aged beer allowed the knowledge of the changes that have occurred over time and the determination of the optimum quality product and sensory aspects. Samples will be evaluated through quality analysis, such as alcohol content, pH, color, total phenolics and bitterness. The profile of congeners and aromatic compounds were analyzed by chromatographic method (GC-FID). Holistic sensory tests were applied at the end of the maturation processes for evaluation of the samples. The barrel previous treatment assured beer microbiological stability during the first months of aging process. General composition evolution of the Barleywine beer was distinct for each wood, as well as sensory characteristics observed through different methods (Napping and Ultraflash profiling). Beers aged in brazilian-wood barrels highlighted regarding their total phenolic contente and differentiated from each other after physic-chemical parameters namely color and bitterness.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-06-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.