• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2011.tde-28062011-080820
Documento
Autor
Nome completo
José Guilherme Prado Martin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2011
Orientador
Banca examinadora
Porto, Ernani (Presidente)
Fernandes Junior, Ary
Gloria, Eduardo Micotti da
Título em português
Atividade antimicrobiana de produtos naturais: erva-mate e resíduos agroindustriais
Palavras-chave em português
Agentes antimicrobianos - Avaliação
Composto fenólicos
Escherichia coli
Listeria
Mate
Resíduos industriais
Salmonella
Staphylococcus.
Resumo em português
O estudo de compostos antimicrobianos em espécies vegetais tem gerado cada vez mais interesse na indústria de alimentos, devido ao aumento da demanda por alimentos livres de conservantes sintéticos por parte dos consumidores. Espécies vegetais são ricas em compostos bioativos com reconhecidas propriedades de interesse industrial, como farmacológicas, antioxidantes e antimicrobianas. Antibacterianos naturais podem ser encontrados não só em folhas, ramos, flores, tubérculos e raízes, mas também em subprodutos gerados pelo processamento de frutas, legumes e hortaliças. O objetivo do presente estudo foi avaliar a atividade antimicrobiana de diversos resíduos agroindustriais e erva-mate para preparo de chimarrão (Ilex paraguariensis St. Hil.) sobre micro-organismos patogênicos de importância em alimentos, tais como Staphylococcus aureus, Listeria monocytogenes, Salmonella Enteritidis e Escherichia coli. Foram realizados screening da atividade antimicrobiana pela técnica da difusão em ágar, determinação das Concentrações Inibitória (CIM) e Bactericida Mínimas (CBM), análise dos efeitos dos extratos sobre o crescimento microbiano através da construção de curvas de crescimento, determinação do teor de fenólicos totais e caracterização química dos materiais de maior atividade antibacteriana. Os resultados demonstraram o potencial antimicrobiano da ervamate e de vários resíduos agroindustriais. O extrato etanólico de erva-mate mostrou ser um potente antimicrobiano natural frente às bactérias S. aureus, L. monocytogenes e S. Enteritidis. Em relação à sua composição química, foi encontrada uma grande quantidade de compostos fenólicos, porém sua atividade mostrou-se ineficiente em pH 6. Os resíduos agroindustriais de talos de beterraba, película de amendoim, bagaços de uvas Petit Verdot e Pinot Noir, sementes de uvas Petit Verdot, borra de fermentação de uvas tintas e bagaço de goiaba apresentaram atividade sobre S. aureus e L. monocytogenes. E. coli não foi inibida pelos extratos de erva-mate e por nenhum dos resíduos agroindustriais avaliados. Na composição química destes resíduos foi encontrada a presença de compostos fenólicos de reconhecida atividade antimicrobiana, demonstrando assim a importância e necessidade de pesquisas de prospecção de antimicrobianos naturais destas fontes para uso pela indústria de alimentos e bebidas.
Título em inglês
Antimicrobial activity of natural products: yerba mate e agroindustrial residues
Palavras-chave em inglês
Antimicrobial agents Evaluation
Escherichia coli
Industrial wastes
Listeria
Mate
Phenolic compounds
Salmonella
Staphylococcus.
Resumo em inglês
Study of antimicrobial compounds in plant species has driven to increasing interest within the food industry due to raised demand from consumers for food free of synthetic preservatives. Vegetable species are rich of bioactive compounds with known antioxidant and antimicrobial properties worthy of industrial and pharmacological interest. Natural antimicrobials can be found not only in leaves, stems, flowers, tubers and roots, but also in by-products from processing of fruit, vegetables and greenery. This study aimed to evaluate antimicrobial activity of various agroindustrial residues and yerba mate for preparing chimarrão (Ilex paraguariensis St. Hil.) on relevant pathogenic microorganisms in foods such as Staphylococcus aureus, Listeria monocytogenes, Salmonella Enteritidis and Escherichia coli. Screening of antimicrobial activity was performed by agar diffusion technique, determination of Minimal Inhibitory Concentration and Minimum Bactericidal Concentration (MIC/MBC), analysis of extracts effects on microbial rise through elaboration of growth curves, determination of total phenolic content, and chemical characterization of the compounds with the highest antibacterial activity. Results demonstrated antimicrobial potential of yerba mate and some agroindustrial residues. Ethanol extract of yerba mate revealed to be a potent natural antimicrobial on S. aureus, L. monocytogenes and S. enteritidis; chemical composition indicated large quantities of bioactive phenolic compounds yet activity was ineffective at pH 6. Agroindustrial residues of beet stems, peanut skin, pomace of Petit Verdot and Pinot Noir grapes, Petit Verdot grape seed, fermentation lees of red grapes and pomace of guava showed activity on S. aureus and L. monocytogenes. E. coli was not inhibited by any extracts of yerba mate or residues evaluated. Residual chemical composition showed the presence of phenolic compounds with acknowledged antimicrobial activity, demonstrating the relevance of prospective research into the natural antimicrobial properties of these sources within the food and beverage industries.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-06-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.