• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
Documento
Autor
Nombre completo
Adolfo Dinis Bila
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1988
Director
Título en portugués
Interação de espécies e progênies de eucalipto com três níveis de tecnologia de implantação florestal
Palabras clave en portugués
ESPÉCIES
EUCALIPTO
PROGÊNIES
SILVICULTURA
TECNOLOGIA
Resumen en portugués
Com o objetivo de avaliar a interação de espécies e progênies dentro de espécies de Eucalyptus com níveis de tecnologia silvicultural, foram instalados ensaios com níveis crescentes de tecnologia de implantação florestal, na Estação Experimental de Bento Quirino do Instituto Florestal do Estado de São Paulo, localizada no município de São Simão-SP. Três ensaios foram estabelecidos, um ao lado do outro, em solo areia quartzosa sob vegetação de cerrado, utilizando-se para cada ensaio um nível de tecnologia de implantação florestal; nível de tecnologia I – sem preparo do solo e sem adubação mineral; nível de tecnologia II - preparo do solo (aração e gradagem) sem adubação mineral; nível de tecnologia III – preparo do solo e adubação mineral (100g de NPK 10:28:6 por planta). Para cada ensaio foram utilizadas as seguintes espécies: Eucalyptus grandis Hill Ex Maiden, sementes obtidas de um Pomar de Sementes Clonal instalado em Botucatu-SP; Eucalyptus camaldulensis DEHN, sementes obtidas de uma população natural de Gibb River. Western Australia; e Eucalyptus citriodora HOOK, sementes coletadas de árvores selecionadas (1: 10000) em um povoamento estabelecido em Pederneiras-SP (ex-Rio Claro-SP). Foram utilizadas progênies de polinização livre em número variável para as diferentes espécies, sendo: 13 para o E. grandis 22 para o E. camaldulensis e 14 para o E. citriodora. O delineamento experimental utilizado para os três ensaios foi em blocos de famílias compactas, com três repetições, onde as espécies constituíram as parcelas e as progênies formaram as sub-parcelas. O espaçamento utilizado foi de 2x2 metros. Os ensaios foram instalados em maio de 1986 e avaliados aos 7 e 12 meses de idade, coletando-se os dados de altura total e mortalidade de plantas, e aos 18 e 24 meses acrescentando-se às características mencionadas o DAP e o volume cilíndrico. As principais conclusões ao nível de espécies foram: a) o E. grandis foi a espécie mais apta, o E. camaldulensis intermediário e o E. citriodora a menos apta à resposta a tecnologia silvicultural; b) a diferenciação entre as espécies foi maior com a melhoria do nível de tecnologia silvicultural; c) houve um aumento da variação genética relativa entre espécies com a melhoria do nível de tecnologia silvicultural; d) no nível mais baixo de tecnologia silvicultural o E. camaldulensis e o E. citriodora apresentaram alta sobrevivência e maior produtividade, em termos de matéria seca por unidade de área, do que o E. grandis; e) houve um aumento de eficiência estatística dos ensaios com a melhoria do nível de tecnologia de implantação florestal. As principais conclusões ao nível de progênies dentro de espécies foram: f) a melhoria do nível de tecnologia silvicultural acarretou a diminuição da variação genética entre progênies relativamente a variação ambiental, para as três espécies; g) no nível mais baixo de tecnologia de implantação florestal, somente as progênies de E. grandis mostraram a variação genética para a sobrevivência de plantas e interação significativa com preparo do solo e fertilização mineral; h) as progênies das três espécies responderam diferentemente em termos de variação genética e de níveis de tecnologia silvicultural; i) houve, com o decorrer da idade, um decréscimo do efeito dos níveis de tecnologia silvicultural; j) observou-se uma clara tendência de comportamento diferencial das progênies nos diferentes níveis de tecnologia de implantação florestal; l) a adequação do material genético à tecnologia silvicultural permite o uso racional dos recursos genéticos, ambientais e tecnológicos.tica relativa entre progênies; f) a adequação do material genético à tecnologia silvicultural permite o uso racional dos recursos genéticos, ambientais e tecnológicos.
Título en inglés
Interaction of species and progeny of eucalypt with three levels of forest implantation technology
Resumen en inglés
With objective to evaluate interaction of species and progenies within species with silviculture technological leveIs, various trials at increase levels of forest implantation technology were established at Bento Quirino Experimental Station, which belongs to Forestry Institute of São Paulo State, situated at São Simão-SP municipal district. Three trials were established next to each other, in sandy soil which previously had been under woodland vegetation, using, for each trial, one level of forest implantation technology leveI: technology leveI one-unprepared soil ,without fertilization; technology leveI two-prepared soil (ploughed and graded) without fertilization; technology leveI three-prepared and fertilized soil (100g of NPK 10: 28:6 per plant). For each trial the following species was used: Euclyptus grandis Hill ex Maiden, seeds gathered from a clonal seed orchard in Botucatu-SP; Eucalyptus camaldulensis Dehn., seeds from natural stand from Gibb River, Western Australia; Hook, seed gathered from selected trees (1:10000) from a plantation in Pederneiras-SP (Ex- Rio Claro-SP). Different number of open pollinated progenies were used, being: 13 for E. grandis, 22 for E. camaldulensis, and 14 for E. citriodora. For three triaIs, the experimental design was used in compact famiIy blocks, replicated three times, with species forming plots and progenies forming sub-plots. The spacing used was 2 x 2 meters. Trials were established in may, 1986. Evaluations were made at the ages of 7 and 12 months, collecting data concerning height and mortality of plants. At age of 18 and 24 months, additional information of DBH (diameter breast height) and cylindrical volume was collected. The main conclusions at species leveI were: a) E. grandis was the most apt, E. camaldulensis was average and E. citriodora the Ieast apt to respond to silviculture technology; b) differentiation between species was greater at the highest silviculture technological leveI; c) there was an increase of relative genetic variation between species with improvements of technological leveI; d) at lowest leveI of technology, E. camaldulensis and E. citriodora had a high survival rate and greater productivity, in terms of dry material per unit of area, than that of E. grandis; e) there was an increased statistic efficiency of the trials with improvements made at forest implantation technology levels. The main conclusions at progenies within species leveI were; f) improvement of impIantation technology level caused a decrease in relative genetic variation between progenies for the three species; g) at lowest technological leveI of forest implantation, only E. grandis showed a genetic variation for the survival of plants and significant interaction with soil preparation and mineral fertilization; h) progenies of the three species reacted differently in terms of genetic variation and leveIs of silviculture technology; i) there was a noted decrease of implantation technology effects with plant age; j) a clear trend for different behaviour was observed in the progenies at different forest implantation technologies; 1) genetic material adjustment to silviculture technologies permits rational use of genetic, environmental and technological resources.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
BilaAdolfoDinis.pdf (6.06 Mbytes)
Fecha de Publicación
2019-08-22
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.