• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Jorge Mitiyo Maeda
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1987
Orientador
Título em português
Polinização entomófila em pomar de sementes clonal de Eucalyptus grandis Hill ex maiden na região de Botucatu-SP
Palavras-chave em português
ABELHAS
EUCALIPTO
INSETOS POLINIZADORES
POLINIZAÇÃO
SEMENTES
Resumo em português
O pomar de Sementes' de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden instalado na área da DURAFLORA Silvicultura e Comércio no Município de Botucatu-SP, e objeto deste estudo foi implantado para fins de melhoramento para vigor, forma do tronco e contra o fungo causador do câncro em caule de Eucalyptus . O experimento foi instalado em três fases distintas: a) - Identificação dos clones do E. grandis heterozigotos para albinismo; b) - Análise da entomofauna presente nas flores do Pomar de Sementes de E. grandis; c.) - Avaliação dos insetos como agentes polinizadores de E. grandis . Na primeira fase, foram analisados 84 clones e 217 enxertos, que revelou a existência de 6 clones e 21 enxertos ,heterozigotos para albinismo. A partir da freqüência de plântulas albinas desses enxertos heterozigotos, estimou-se em 5,57% a taxa de auto-fecundação no Pomar de Sementes, que foi considerada baixa e que, portanto, a variabilidade genética do Pomar de Sementes vem sendo mantida pela eficiência dos insetos polinizadores. Na fase de avaliação da entomofauna da região das flores do E. grandis no Pomar de Sementes, foram capturados insetos sistematicamente e, no final do 4º dia foi capturado um total de 118 espécies de insetos que tiveram suas cargas de pólen em transporte quantificados através do uso da câmara de "Neubauer". Do total de 118 espécies de insetos analisados, 26 espécies apresentaram transporte de pólen sendo então denominados como insetos polinizadores do E. grandis. Dentre estes, somente 6 espécies foram tidas como mais importantes pelas freqüências e cargas de pólen; dessas 6 espécies a Apis melífera representou 36,02% do número de insetos no Pomar de Sementes, com 83,09% do total de pólen transportado. O Astylus variegatus foi considerado como o segundo inseto mais importante do Pomar de Sementes, com 32,30% e 5,74% de freqüência e carga de pólen, respectivamente. A análise de variância dos dados de freqüência de insetos demonstrou que existem diferenças a nível de 5% para períodos no dia, dias de captura e para interação entre períodos e dias. Não foram detectadas diferenças significativas para os locais no Pomar de Sementes, para interação entre locais e períodos e para interação entre locais e dias, o que levou a concluir que a polinização era uniforme em todo o Pomar de Sementes em todos os dias e períodos. Os estudos demonstraram que não houve correlação significativa entre freqüência de insetos e temperaturas dos períodos dos dias, o mesmo não acontecendo entre freqüência de insetos e cargas de pólen que apresentou valor de coeficiente de correlação linear de 0,76, significativo ao nível de 1% pelo teste t. Na verificação da importância dos insetos como polinizadores, foram montados 7 tratamentos em 5 enxertos de clones heterozigotos para albinismo, associados aos insetos A. melífera e A. variegatus. Os tratamentos em enxertos de clones heterozigotos consistiram em realizar polinização cruzada e auto-fecundação restritas somente aos insetos estudados e que foram engaiolados com ramos dos enxertos de clones heterozigotos, com e sem ramos de enxertos de clones homozigotos dominantes. Os dados das sementes dos tratamentos de engaiolamento de ramos de clones heterozigotos revelaram que o A. variegatus,quando na ausência de ramos de enxertos de clones homozigotos, apresentou a maior taxa de auto-fecundação, com valor de 20,16% de auto-fecundação, enquanto o tratamento de ramos livres apresentou a menor taxa de auto-fecundação, com valor de 1,24%. O menor valor da taxa de auto-fecundação com engaiolamento de insetos foi obtido com a A. mellifera e ramos de enxertos de clones homozigotos, que foi de 0,8%. Esses valores reforçaram a A. mellifera como o inseto mais importante do Pomar de Sementes de E. grandis, quando observada a sua freqüência, carga de pólen transportada e movimentação entre flores e enxertos.
Título em inglês
Insect pollination in Eucalyptus grandis Hill ex Maiden seed orchard at Botucatu-SP
Resumo em inglês
An Eucalyptus grandis Hill ex Maid Seed Orchard located in Botucatu-SP, established to imoprove vigour stem form and resistance to stem canker was used to test the importance of in sects on pollination. The experimental design was composed of three stages: a) heterozygotic clone identification for albinism; b) insect populations survey present at flowering; c) quantification of insect role on E. grandis pollination. The number of heterozygotes for albinism were 6 out of 84 clones and 21 out of 217 grafts. Based on the frequency of albinitic seedlings the rate of natural selfing at the eeed orchard was estimated to be 5.57%, which was considered to be low and, therefore, an indicator that genetic variability is being efficiently maintained by insect pollination. The sistematic survey of insect populations showed 118 species captured by the end of the 4th day. Pollen load transport quantified by the "Neubauer" chamber, indentifyed 26 insect species as being E. grandis pollinators; among these, only 6 species were defined as important based on their frequencies and pollen loads. Apis mellifera contributed with 36.02% of the total number of insects at the Seed orchard and was responsable for 83.09% of the total pollen transported. Astylus variegatus was the second most important insect with 32.30% and 5.74% of frequency and pollen load respectively. Analysis of frequency data indicated a significant interaction (at α = 0.05) between periods and days of capture. Furthermore there were no differences: among places of insect sampling within the seed orchard, the interaction between places of insect sampling and periods of capture and the interaction between places of insect sampling and days. Therefore, it was concluded that pollination was uniform within the seed orchard in all periods and days. There was no significance between frequency and temperature of the periods for insect capture ; the same trend was observed between insect frequency and pollen loads which had a linear correlation coefficient of 0.76. To test the role of insect pollination for E. grandis 7 treatments involving 5 heterozygotic grafts associated with A. mellifera and A. variegatus or both were established to ensure selfing or cross pollination on exclusion cages with or without homozygotic clones. Seed of the above treatments showed that A. variegatus presented higler selfing rate (20.16%), when homozygotic clones were absent white the no caging treatment showed a lower selfing rate (1.24%). The lowest rate of selfing (0.8%) was obtained with caging of A. mellifera and homozygotic grafts. This value indicates that A. mellifera was the most important insect for E. grandis seed orchard in respect to frequency, pollen load transported and random visiting among flowers and grafts.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MaedaJorgeMitiyo.pdf (3.57 Mbytes)
Data de Publicação
2019-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.