• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Claudia A. Macedo Reis
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2000
Orientador
Título em português
Biologia reprodutiva e propagação vegetativa de Vanilla chamissonis Klotzsch: subsídios para manejo sustentado
Palavras-chave em português
ORQUÍDEA
PROPAGAÇÃO VEGETAL
REPRODUÇÃO VEGETAL
Resumo em português
A Vanilla chamissonis Klotzch é uma orquídea de ocorrência natural nas restingas do Estado de São Paulo. Os frutos desta espécie possuem, após processamento, sabor e aroma adequados para uso alimentício e aromático, com um mercado interno e externo promissor. Este trabalho apresenta estudos sobre a biologia reprodutiva de povoamentos naturais da V.chamissonis K. do litoral e sobre a propagação vegetativa da espécie. A biologia floral foi estudada através de observações diurnas e noturnas das flores, monitorando-se todos os eventos desde a ântese até a senescência. Não foi constatado nenhum polinizador efetivo das flores da V.chamissonis, apenas pilhadores e visitantes. Para estudo do sistema reprodutivo da espécie foram aplicados quatro diferentes tratamentos às flores, obtendo-se como resultado 78% de sucesso na autogamia induzida, contra 6,06% na autogamia sem indução. Obteve-se ainda 75,76% de sucesso na alogamia induzida e 15, 16% na alogamia não induzida. O resultado corrobora dados de Childers (1959), Hoehne et al. (1949), e Dessler (1990), que indicam a baixa taxa natural de produção de frutos e a predominância de propagação vegetativa como estratégia desenvolvimento dos povoamentos da espécie estudada. Tais valores indicam ainda o grande potencial para produção, de frutos, desde que a polinização seja induzida. Os valores de sucesso na obtenção de frutos para o lote de flores testemunha indicam a taxa natural de produção de frutos, para os povoamentos estudados. Esta taxa pode servir de referência para definição da intensidade de exploração deste recurso, sob manejo sustentado. Os frutos maduros, colhidos 10 meses após a polinização, indicam um bom percentual de sobrevivência, com valores próximos a 80% para os tratamentos reprodutivos com alta taxa de produção. Os frutos resultantes da alogamia induzida possuem maiores dimensões (comprimento médio de 1 8 em e diâmetro médio de 3 cm) do que os demais. O estudo de propagação vegetativa da V.chamissonis teve por objetivo o aumento na produção de raízes pelas estacas, de forma a garantir sua sobrevivência e otimização do desenvolvimento de novos plantios. Foram realizados testes com estacas da V.chamissonis, mediante a aplicação de AIA e AIB, em pasta , na concentração de 3000 ppm. Desenvolveram-se raízes aéreas e terrestres nas estacas, sem entretanto mostrar resultados estatisticamente diferentes entre si. A porcentagem de morte no experimento foi acentuada, com valores próximos à 50%. A contribuição ao conhecimento das características da Vanilla chamissonis K. indicou a possibilidade biológica de realização de um manejo sob rendimento sustentável desta espécie, desde que equacionadas pendências de ordem social e legal.
Título em inglês
Reproductive biology and vegetative propagation of Vanilla chamissonis Klotzsch: subsidies for the sustained harvest
Resumo em inglês
The Vanilla chamissonis Klotzch is an orchid that occurs at sandplain rain forest vegetation of the São Paulo State. The fruits of this species possess, after processing, flavor and aroma adapted for nutritious and aromatic use, with an internaI and externaI market promising. Studies on the reproductive biology of natural coastal settlements of the V. chamissonis K. and about the vegetative propagation of the species were made. The floral biology was studied through both diurnal and nocturnal observation of the flowers, being monitored all the events from the anthesis to the senescence. Any effective pollination agent of the flowers of the V. chamissonis was not verified, just plunderers and visitors. In order to study the reproductive system of the species, 4 different treatments were applied to the flowers. As result 78% represents the success in the induced autogamy, against 6,06% in the autogamy without induction. It was still obtained 75,76% in the induced allogamy and 15,16% in the allogamy. The result corroborates information of Childers (1959), Hoehne et al. (1949), e Dessler (1990), the drop natural rate of fruits production and the predominance of vegetative propagation as strategy to the development of the settlements of the species. Such values still indicate the great potential for production of fruits, since the pollination is induced. The success values for the fruits acquisition for the lot of testimony flowers can serve as reference for definition of the intensity of exploration of this resource, under sustained harvest, as the natural rate of production of fruits; in those settlements The ripe fruits, picked 10 months after the handling, indicate great rate of survival, with close values to the 80%. The resulting fruits of the induced allogamy possess larger dimensions (medium length of 18 cm and medium diameter of 3 cm) than the others. The aim of the study of vegetative propagation of Vanilla was to increase production the roots by the stakes, in way to guarantee their survival and optimization of the development of new plantings. Tests were accomplished with stakes in the V. chamissonis, by the application of AIA and AIB, in paste, in the concentration of 3000 ppm. Aerial and terrestrial roots had developed along the stakes but statistical tests had showed however that there are no significant differences to each other. The death percentage in the experiment was accentuated (50%). The contribution to the knowledge of the characteristics of the V. chamissonis K. indicated the biological possibility of accomplishment of a harvest under maintainable revenue of this species, since solved disputes of social and legal order.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.