• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-171104
Documento
Autor
Nome completo
Edson Seizo Mori
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1987
Orientador
Título em português
Efeitos da competição intra-específica na seleção de árvores superiores de Eucalyptus saligna Smith
Palavras-chave em português
COMPETIÇÃO
EUCALIPTO
SELEÇÃO
Resumo em português
Este trabalho trata do estudo das relações competicionais existentes entre a árvore candidata e suas vizinhas em seleção de árvores superiores. As árvores candidatas foram selecionadas na proporção de 1:10.000, em três populações-base de Eucalyptus saligna Smith da procedência de Itatinga - SP, nas idades de 4, 5 e 6 anos, localizadas respectivamente em Itapeva - SP, Buri - SP e São Miguel Arcanjo - SP. Considerou-se para o estudo das características de vigor (altura, DAP e volume cilíndrico). Utilizou-se o delineamento estatístico em blocos casualizados para o estudo dos efeitos competicionais e as comparações de médias foram realizadas através dos testes Tukey e t pareado. O estudo foi subdividido em duas etapas: na primeira, utilizaram-se como tratamentos, a árvore candidata com 10 intervalos de distâncias, com o primeiro apresentando 2,0 m e os demais 1,0 m; na segunda consideraram-se a árvore candidata e 3 intervalos de distâncias, sendo o primeiro de 4,0m, o segundo de 4,1 a 9,0m e o terceiro de 9,1 a 11,0 m. As análises de variância individuais detectaram efeitos competicionais entre a árvore candidata e os diferentes sub-estratos para todas as idades e características. Através da análise conjunta demonstrou-se que os efeitos competicionais foram muito semelhantes entre as idades. Na idade de 4 anos os efeitos de competição atingiram até 2,0 m da árvore candidata, aos 5 anos evoluíram para 4,0 m e aos 6 anos para 5,0 m, em relação a todas as características. Houve supressão das árvores até 2,0 m da candidata e a partir de 9,0 m não se detectou sua influência direta. Os coeficientes de variação fenotípica da população podem fornecer bons indicativos do padrão do comportamento competicional; maiores coeficientes mostram maiores efeitos competicionais entre árvores fenotipicamente superiores sobre inferiores ocorrendo lado a lado. Quanto maior a herdabilidade de uma característica, menor é o efeito da competição na mesma. A altura foi a menos influenciada e o volume cilíndrico foi a que sofreu maior influência. Verificou-se que o modelo competiconal predominante, para todas as idades, foi aquele em que a árvore candidata suprimiu as árvores imediatamente ao redor (sub-estrato I), levando a concluir que, por esta razão o sub-estrato II tenha sido beneficiado e ocorrido estabilização no sub-estrato III. Para as idades mais precoces os efeitos competicionais foram menores e a prática de seleção fenotípica pode ser mais efetiva. Para idades mais avançadas é essencial que os efeitos competiconais sejam considerados nas metodologias de seleção.
Título em inglês
Intra-specific competitional effects on selection of Eucalyptus saligna Smith superior trees
Resumo em inglês
The objetive of this work was to study the existing competitional relations among the candidate tree and its neighbours in the superior tree selection. Based on the vigour (height, dbh and cylindric volume), the candidate trees were selected in the proportion of 1:10.000 in three populations of Eucalyptus saligna Smith from Itatinga (SP) provenances at the ages of 4, 5 and 6 years. The three populations were located in Itapeva (SP), Buri (SP) and São Miguel Arcanjo (SP). The statistical design utilized was a randomized block for the study of the competitional effects and the mean comparisons were made by the Tukey and the t tests. The study was subdivided into two steps. Firstly, each treatment consisted of the candidate tree and the neighbouring trees within 10 concentric belts. Where, the first had 2,0 m radius and the others varied 1,0 m in width from each other. Secondly, each treatment consisted of the candidate trees and the trees within the concentric belts. Where, the first had 4,0 m radius distance and the other two varied in width from 4,l m to 9,0 m and 9,l m to 11,0 m. The individual analysis of variance showed competitional effects among the candidate tree and the different belts for all trees ages and growth characteristics. Through the joint analysis, it was demonstrated that the competitional effects were very similar among all ages. In relation to the growth characteristics, the competitional effects of the candidate trees reached the neighbouring trees within the belts until 2,0 m at the age of 4 years, until 4,0 m at the age of 5 years and until 5,0 m at the age of 6 years. There was a supression of the neighbouring trees until the distance of 2,0 m from the candidate tree. At a distance of 9,0 m from the candidate tree its direct influence was not detected. The phenotipic variation coefficients of population gives a good indication of competitional effect patterns; higher coefficients present higher competitional effects between phenotipic superior and inferior trees occurring side by side. The higher the heritability value of a trait, the smaller are the effects of competition. The height had less influence than the volume. It was verified that the most frequent competitional model for all the ages was that when the candidate tree supressed the closed trees (first belt). Due to this verification, the conclusion was reached that second inner belt was favoured and there was a stabilization in the third inner belt. At earlier ages, the competitional effects were less intensive and the phenotypic selection practice could be more effective. At more advanced ages, it is necessary to consider the competitional effects in the selection methodologies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MoriEdsonSeizo.pdf (4.63 Mbytes)
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.