• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2000.tde-20210918-201435
Documento
Autor
Nome completo
Lúcio Valério Coutinho de Araújo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1999
Orientador
Título em português
Características silviculturais e potencial de uso das espécies moringa (Moringa oleifera Lam.) e nim indiano (Azadirachta indica A. Juss.): uma alternativa para o semi-árido paraibano
Palavras-chave em português
CARACTERÍSTICAS SILVICULTURAIS
ENERGIA DE BIOMASSA
MORINGA
NIM
POTENCIAL DE USO
QUALIDADE DA MADEIRA
Resumo em português
Neste trabalho foi feita uma extensa revisão de literatura a respeito das espécies moringa (Moringa oleifera Lam.) e nim indiano (Azadirachta indica A. Juss.). Com o objetivo de determinar o potencial de uso, a produção de biomassa e a qualidade da madeira para fins energéticos, foram localizados no país, plantios das duas espécies para coleta dos dados. As medições e amostras de madeira da espécie moringa, foram obtidas na região semi-árida da Paraíba (São Mamede-PB), em um plantio com 127 árvores. No caso da espécie nim indiano, o plantio com 586 árvores, localizava-se na região Centro-Oeste do país (Sto. Antônio de Goiás-GO), esta opção deveu-se ao fato de não existir, na ocasião plantios de nim na região semi-árida. Foi feita a cubagem rigorosa através do método de Smalian, e a pesagem dos componentes (lenha, ramos e folhas) de 18 árvores de moringa e 22 de nim indiano, além de coletadas amostras de madeira, a diversas alturas da árvore, para as análises de densidade básica, teor de extrativos totais, teor de lignina, teor de holocelulose, poder calorífico superior, rendimento de carvão, teor de carbono fixo, teor de cinzas e teor de materiais voláteis. As análises qualitativas foram feitas seguindo metodologia adotada pelo Laboratório do Setor de Química, Celulose e Energia da ESALQ/USP. Foram obtidos valores de 3,02 x 104 kg/ha e 2,65 x 104 kg/ha para biomassa total, 23,14 m3/ha e 15,52 m3/ha para volume de madeira e 0,19 g/cm3 e 0,57 g/cm3 para densidade básica, respectivamente para moringa e nim indiano. Os resultados obtidos permitem concluir que as espécies, dentro de suas limitações, podem contribuir para o setor florestal da região semi-árida, face aos múltiplos usos das mesmas. O nim indiano apresentou maior densidade básica e porcentagem de carbono fixo que a moringa, o que revela um maior potencial energético desta espécie. Recomendam-se estudos mais detalhados para ambas as espécies, principalmente, no que se refere à espécie nim indiano, tendo em vista que os dados não foram obtidos em região de características semi-áridas.
Título em inglês
Silvicultural response and potential of use of moringa (Moringa oleifera Lam.) and neem (Azadirachta indica A. Juss.): an alternative for semi-arid of Paraíba
Resumo em inglês
After an extensive literature review regarding moringa (Moringa oleifera Lam.) and neem (Azadirachta indica A. Juss.), data were collected with the objective to determine the potential of use, the biomass production and wood quality for energy purposes in plantations of these species. Part of the data was obtained in the semi-arid area of Paraíba (São Mamede-PB, north-east Brazil) in a plantation composed of 127 moringa trees. The other part of the data came from a 586 tree neem stand in Goiás (Santo Antonio de Goiás-GO, west-central Brazil) as no neem plantation was known to exist at that time in north-east Brazil. Tree trunk volume, obtained through the Smalian method, and firewood, fine branches and leaves weights were estimated from, respectively, 18 and 22 moringa and neem trees. Also, wood samples at several heights were collected to determine the respective basic density, calorific power, charcoal yield, and lignin, holocellulose, fixed carbon, ash, volatile material and total extractive contents. Qualitative analyses were run following the methodology adopted by the Laboratory of the Chemistry, Cellulose and Energy Section from ESALQ/USP. Results show a total biomass production of 3,02 x 104 kg/ha and 2,65 x 104 kg/ha, a wood volume of 23,14 m3/ha and 15,52 m3/ha, and wood basic density of 0,19 g/cm3 and 0,57 g/cm3, respectively for moringa and neem. These results allow to conclude that the two species, although presenting limitations of growth in the semi-arid region of Paraíba, may contribute to the forest activity due to their multiple use. Neem showed higher wood basic density and fixed carbon than moringa. This indicates that neem is more suitable for use as an energy source than moringa is. However, more studies are recommended for both species, specially on neem, as the data for this species presented in this dissertation were not obtained in a region of semi-arid characteristics.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.