• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1983.tde-20210919-105632
Documento
Autor
Nome completo
Helton Damin da Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1983
Orientador
Título em português
Biomassa e aspectos nutricionais de cinco espécies do gênero Eucalyptus, plantadas em solo de baixa fertilidade
Palavras-chave em português
BIOMASSA
EUCALIPTO
FERTILIDADE DO SOLO
NUTRIÇÃO VEGETAL
SOLO FLORESTAL
Resumo em português
A alta produtividade do gênero eucalyptus no Brasil, -tem grande importância do ponto de vista silvicultural e econômico. O potencial de crescimento entre espécies implica também numa maior exportação de nutrientes por ocasião da exploração florestal. Como a expansão da atividade reflorestadora vem sendo direcionada para solos de baixa fertilidade, a exploração florestal contínua pode provocar o empobrecimento ·excessivo desses solos. O conhecimento mais profundo do· balanço de nutrientes e das implicações ecológicas de uma exploração florestal, são parâmetros essenciais para quantificar os problemas da exportação de nutrientes das áreas utilizadas ·para o manejo intensivo de florestas plantadas. Com o objetivo de se estimar o acúmulo de nutrientes por parte de cinco espécies de eucaliptos em função da biomassa produzida, foi utilizado um ensaio de competição com 10 anos de idade, envolvendo: E. grandis, E. Saligna, E.propinqua, E. dunnii e E. robusta, todos de origem e procedências australianas, plantados em solos arenosos e de baixa fertilidade, em Itirapina - SP. Foram avaliadas as características dendrometrias e coletadas amostras de folhas, ramos, casca e lenho de 12 árvore por espécie, para se estimar a produção de biomassa do tronco (lenho + casca), concentração de nutrientes, Índices de eficiência de utilização de nutrientes para produção de biomassa no lenho e na casca e estimar a exportação de nutrientes por espécie. Os elementos potássio, cálcio, magnésio, ferro, zinco e manganês foram determinados com espectrofotômetro de absorção atômica, o f6sforo pelo método vanado-molibidato de amônio e o nitrogênio pelo método microkjeldahl. Os resultados demonstraram que as espécies que produziram maior quantidade de biomassa no tronco foram E. Saligna e E. grandis. Os nutrientes concentraram-se de forma 'de crescente nas folhas do ápice da copa, folhas da parte intermediária da copa, ramos, casca e lenho. Nas folhas, de um modo geral, o E. dunnii apresentou as maiores concentrações de nitrogênio e fósforo. destacaram--se pelas altas concentrações de manganês nas folhas nos ramos, o E. dunnii apresentou a maior concentração de nitrogênio e o E.propinqua, as mais altas concentrações de fósforo, potássio, cálcio e magnésio. Na casca, o E. Saligna, apresentou a maior concentração de ciclo e no lenho o E. grandis mostrou as menores concentrações de fósforo e potássio. Do ponto de vista de ?economia de nutrientes?, seria recomendável a utilização de espécies com maior índice de utilização. Individualmente, por elemento, o E. dunnii e o E.propinqua para a utilização de cálcio e magnésio. De maneira geral, para todos os nutrientes em ordem decrescente, os Índices de eficiência apresentados em kg de biomassa produzida por kg de cada nutriente utilizado (N, P, K, Ca e Mg) foram: E. grandis (54831); E. Saligna (36389); E. dunnii (33900); E.propinqua (23444) e E. robusta (22639). As correlações entre as concentrações dos diferentes elementos e o tamanho das arvores acusaram várias tendências de acordo com as espécies. Contudo, pode-se dizer que, de maneira geral, ocorreu um efeito de diluição dos elementos nitrogênio, magnésio e noticio em função do aumento do tamanho das árvores. O E. grandis evidenciou urna capacidade maior de translocação do fósforo do lenho para as folhas.O E. Saligna mostrou-se como uma espécie acumuladora de cálcio na casca.
Título em inglês
Biomass and nutritional aspects of five especies of Eucalyptus planted on soil with low fertility
Resumo em inglês
The high productivity of species belonging to the genus Eucalyptus in Brazil has a great silvicultural and economic importance. The potential growth of these species also implies á more intensive nutrient exportation by loggjrig. Due to the fact that the reforestation activities have been directed to the utilization of soil with very low fertility, the continuas forest exploitation tends to cause excessive impoverishment of these soils. A more profound knowledge of nutrient balance and the ecological implications of man-made forests exploitation are essential for an appropriate management. A competition trial was undertaken to estimate tree growth and nutrient accumulation of the following species: Eucalyptus grandis, E. Saligna, E.propinqua, E. dunnii and E. robusta, established on a poor and sandy soil near by Itirapi na (State of Sio Paulo, Brazil). The dendrometric caracteristics of the stands 10 years old were evaluated, and samples were taken from leaves, twigs, bark and wood of twelve trees of each species, to estimate trunk phytomass (woody, and bark), nutrient concentration in the tissues and utilization efficiency of nutrients. The results showed that the species with the highest trunk phytomass were E. Saligna and E. grandis. Nutrient concentration in the tree tissues were observed decreasing in the following arder: crown apex leaves, middle crown leaves, twigs, bark and wood. E. dunnii generally showed the highest nitrogen and phosphorus concentration in the leaves and the highest nitrogen level in the twigs. This species and E. robusta exhibited the highest levels of manganese in the leaves. E.propinqua showed the highest concentration of phosphorus, potassium, calcium and magnesium in the twigs, while E. Saligna presented the highest calcium concentration in the bark and E. grandis the lowest of phosphorus and potassium in the wood. ln terms of ?nutrient conservation in the site?, the utilization of species with the highest efficiency index would be recomendahle. Individually, for each nutrient treated separatelly, E. dunnii the more efficient for nitrogen utilization, E. grandis for phosphorus and potassium and E.propinqua for calcium and magnesium. ln general, the '?efficiency indexes? presented as phytomass produced (in kg) in relation to each kg used (N, P, K, Ca and Mg) were in decreasing arder: E. grandis (54831); E. Saligna (36389); E. dunnii (33900); E.propinqua (23444) and E. robusta (22639). The correlation coeficients between the concentrations of the various nutrients and the size of the trees showed different trends according to the species. However, in general it was noted a dilution effect of nitrogen, magnesium and potassium according, to the increases in the size of the trees. E. grandis exhibited an higher capacity of translocating the phosphorus from the wood to the leaves in the bigger trees. E. Saligna appears as a species accumulator of calcium in the bark.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.