• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1981.tde-20220208-013845
Documento
Autor
Nome completo
Marco Antonio de Oliveira Garrido
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1981
Orientador
Título em português
Caracteres silviculturais e conteúdo de nutrientes no folhedo de alguns povoamentos puros e misto de espécies nativas
Palavras-chave em português
CARACTERÍSTICAS SILVICULTURAIS
ESPÉCIES NATIVAS
FOLHEDO
MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO
POVOAMENTO FLORESTAL
TEOR DE NUTRIENTES
Resumo em português
Foram estudadas as características silviculturais de cinco espécies indígenas plantadas em povoamentos florestais puros e misto. Determinou-se também a quantidade de folhas e nutrientes depositada no solo. O experimento foi instalado em dezembro de 1970 na Estação Experimental de Assis, do Instituto Florestal, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de são Paulo. O delineamento estatístico escolhido foi o de Blocos ao Acaso, contendo seis tratamentos e quatro repetições. As espécies estudadas foram as seguintes: angico - Anadenanthera falcata (Benth) Brenan; aroeira - Astronium urundeuva Engl.; cambará - Gochnatia polymorpha (Less.) Cabr.; ipê-roxo - Tabebuia impetiginosa (Mart.) Tol. e saguaragi - Colubrina rufa Reiss , as quais constituíram cinco tratamentos, e o sexto foi formado pela consorciação dessas espécies formando o povoamento misto. A altura e o DAP das árvores foram medidos anualmente a partir de 1972, visando acompanhar o ritmo de crescimento das espécies em estudo. Durante o ano de 1977 coletaram-se mensalmente, as folhas que se depositaram no solo, por meio de caixas coletoras, especialmente distribuídas nos vários povoamentos. O crescimento em diâmetro das diferentes espécies obedeceu à seguinte ordem decrescente: Anadenanthera falcata (Benth) Brenan, Gochnatia polymorpha (Less.) Cabr., Astronium urundeuva Engl., Colubrina rufa Reiss e Tabebuia impetiginosa (Mart.) Tol. Colubrina rufa Reiss destacou-se das demais pelo fuste retilíneo, apresentando excelente derrama natural mas foi susceptível à geada, a qual afetou drasticamente o seu crescimento dendrométrico. Anadenanthera falcata (Benth) Brenan cuja forma é pior do que a da Colubrina rufa, apresentou o crescimento mais rápido dentre as espécies estudadas e se mostra como promissora para o plantio em solos de cerrado. O incremento médio anual, de cada espécie (descrito na dissertação). Não foi constatada a influência da consorciação das espécies sobre o ritmo de crescimento nos povoamentos puros e no misto. A maior deposição de folhas no solo, ocorreu no povoamento do cambará (4751 kg/ha/ano) seguido pelos povoamentos do angico (4381 kg/ha/ano); misto (2616 kg/ha/ano); aroeira (2297 kg/ha/ano) e do ipê-roxo (980 kg/ha/ano). A análise de nutrientes das folhas decíduas mostrou uma maior concentração de nitrogênio no angico (2,06 %); potássio (1,34 %) e magnésio (0,30 %) no cambará e de cálcio (1,89 %} no ipê-roxo. O teor de fósforo (0,05 a 0,08 %) encontrado foi praticamente igual em todos os povoamentos estudados. As espécies mostraram um comportamento bem diferenciado quanto à época de deposição de folhas e somente a aroeira apresentou uma deposição de folhas nitidamente acentuada no período mais seco. Do ponto de vista ecológico, a queda uniforme das folhas durante o ano, verificado no povoamento misto propicia uma proteção mais efetiva do solo.
Título em inglês
Silvicultural patterns and leaf fall nutrient content in several native species growing in pure and mixed stands
Resumo em inglês
Silvicultural patterns and leaf fall nutrient content of five native species growing in pure and mixed stands were studied in an experiment trial carried out at Assis Forest Experiment Station of the São Paulo State Forest Institute. The native species: Anadenanthera falcata (angico), Astronium urundeuva (aroeira), Gochnatia polymorpha (cambará), Tabebuia impetiginosa (ipê-roxo) and Colubrina rufa (saguaragi) were planted in December 1970, performing five pure and one mixed stands. The mixed stand included all the species growing in pure stands. Tree growth patterns were observed until 1980 and leaf fall was monthly collected by several traps randomly distributed on the forest floor of the stands during 1977. Growth data including D.B.H. and height increments of the trees (10 years old) in the different stands are presented (described in the dissertation). Average height and D.B.H. of the trees growing in the mixed stand were not significantly different from the averages of trees growing in pure stands. The highest annual leaf fall was observed in G. polymorpha stand (4751 kg/ha) followed by A. falcata (4381 kg/ha), mixed (2616 kg/ha), A. urundeuva (2297 kg/ha) and T. impetiginosa (980 kg/ha). The highest concentration of nitrogen was found in the leaf fall of A. falcata, while G. polymorpha showed the highest concentration of potassium and magnesium (1.34 % and 0.30 %), calcium was more concentrated in the leaf fall of T. impetiginosa. Phosphorus concentration in the leaf fall was similar in all the stands. It was also observed different patterns of leaf fall over the year in each stand. However, only in the A. urundeuva stand it was observed a relationship between leaf fall and dry season. Upon an ecological point of view the leaf fall uniformity in the mixed stand, provides the best soil protection over the year.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.