• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Hudson Santos Pimenta
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1991
Orientador
Título em português
Efeito do sódio trocável, da concentração salina e da relação de adsorção de sódio na condutividade hidráulica de um solo aluvial
Palavras-chave em português
ADSORÇÃO
CONDUTIVIDADE HIDRÁULICA DO SOLO
SALINIDADE
SÓDIO
SOLO ALUVIAL
Resumo em português
Com o objetivo de avaliar o efeito da percentagem de sódio trocável (PST) do solo, concentração salina e relação de adsorção de sódio (RAS) na condutividade hidráulica de um solo aluvial de textura franco arenosa do Perímetro Irrigado de São Gonçalo – PB, foi conduzido um experimento no Laboratório de Irrigação e Salinidade do Departamento de Engenharia Agrícola do Centro de Ciências e Tecnologia da Universidade Federal da Paraíba, em Campina Grande – PB, no período de março de 1990 à fevereiro de 1991. O experimento foi realizado utilizando-se amostras de solo não deformadas coletadas em anéis cilíndricos de PVC tipo Uhland (4,7cm de diâmetro interno e 5,0cm de altura). O experimento consistiu em determinar a condutividade hidráulica saturada da amostra de solo duas etapas. Na etapa 1 após saturação das amostras com agua destilada procedeu-se com determinação da condutividade hidráulica saturada (K0) utilizando-se um conjunto de permeâmetros de carga constante, sendo K0 calculado aplicando a lei de Darcy. Na etapa 2 do trabalho determinou-se a condutividade hidráulica (K1 da mesma amostra do solo após ajustar a PST do solo a nível desejado e utilizando-se água destilada ou água com CE = 2,5dS/m tendo RAS vaiáveis como solução percolante. Os tratamentos estudados forma: 4 níveis de PST (1,6; 10; 16 e 30) estabelecidos mediante saturação das amostras do solo com Na2CO3 de concentração adequada, utilizando-se como segundo fator 5 diferentes tipos de água (água destilada e água com CE =2,5dS/m, a 24ºC com os valores de RAS igual a 1,6; 8,5; 14 e 30 (mmoles/l1/2). Cada determinação foi feita em 3 repartições, sendo as amostras escolhidas aleatoriamente. Os resultados obtidos mostraram que devido a variabilidade espacial houve grande variação na condutividade hidráulica saturada das amostras tendo como 95,13% de coeficiente variação. A PST influenciou a Kr -condutividade hidráulica relativa (K1/K0.100) negativamente e de forma exponencial sendo reduzida a praticamente zero na PST de 30. A concentração eletrolítica da solução percolante mostrou um efeito positivo na condutividade hidráulica relativa do solo, resultando em valores de Kr de 249,28; 41,62; 33,47 e 36,83% para as respectivas PST de 1,6; 10; 16 e 30. A RAS da solução percolante afetou a Kr, sendo que melhores resultados foram obtidos para valores de RAS em equilíbrio com a PST; no entanto para alto valor de PST (30) com água de CE = 2,5dS/m a 25ºC e RAS de 30 não se verificou qualquer influência.
Título em inglês
Effect of exchangeable sodium percentage, saline concentration and sodium adsorption ratio on hydraulic conductivity of an alluvial soil
Resumo em inglês
With the objective to study the effect of exchangeable sodium percentage (ESP), saline concentration and sodium adsorption ration (SAR) on hydraulic conductivity of an alluvial sandy loam soil of irrigated perimeter of São Gonçalo – PB, an experiment was conducted at the Irrigation and Salinity Laboratory Agricultural Engineering Department of the Center of Sciences and Technology of the Federal University of Paraíba, Campina Grande (PB), Brazil, from March, 1990 to February, 1991. The experiment was carried out using undisturbed soil samples collected in Uhland type PVC plastic cylinders (4.7cm in diameter. 5.0cm long). The experiment consisted of determination of satured hydraulic conductivity of soil in two steps. In first step, after saturating the soil sample with distilled water, proceeded with the determination of satured hydraulic conductivity (K0) using a constant head water supply system. The K0 was calculated using Darcy’s equation. In the second step, after adjustment of desired ESP, the hydraulic conductivity (K1) was determined for the same soil sample using either distilled water or saline solution of EC = 2.5dS/m at 25ºC for percolation. The treatments studied were 4 (four) levels of ESP (1.6, 10, 16 and 30), estabilished by saturation of the soil sample with the appropriate concentration of Na2CO3 using as a second factor 5 (five) different types of water (distilled water and water with EC = 2.5dS/m at 25ºC with SAR values equal to 1.6, 8.5, 14 and 30 (mmoles/1/2). Each determination was replicated 3 (three) times and the soil samples were chosen at random. The results obtained show that due to spatial variability high variation in hydraulic conductivity of the soil samples was observed having a variation coefficient of 95.13%. The ESP influenced Kr - relative hydraulic conductivity (K1/K0.100) negatively and exponentially with sharp decrease to zero at ESP 30. The percolating solution with EC = 2.5dS/m showed a positive effect on relative hydraulic conductivity, resulting in values of Kr 249.28, 41.62, 33.47 and 36.83% at ESP of 1.6, 10, 16, and 30 respectively. The SAR of the percolating solution affected Kr negatively and the best results were obtained at values of SAR in equilibrium with ESP, although at a high value of ESP (30) with eater EC = 2.5dS/m 25ºC and SAR 30 no influence was verified.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.