• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-110329
Documento
Autor
Nome completo
Ana Claudia Araujo Mello
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1992
Orientador
Título em português
Efeito do dossel vegetativo na estimativa do consumo de água e coeficiente de cultura da ervilha (Pisum sativum L.)
Palavras-chave em português
COEFICIENTE DE CULTURA
CONSUMO DE ÁGUA
DESENVOLVIMENTO
DOSSEL
ERVILHA
ÍNDICE DE ÁREA FOLIAR
Resumo em português
O presente trabalho teve como objetivo investigar o coeficiente de cultura basal (kcb) (BURMAN et ali i ,1980; WRIGHT, 1982) da ervilha (Pisum sativum L.) cv Majestic, em relação ao desenvolvimento do dossel vegetativo da cultura, medido através do índice de área foliar (IAF) e porcentagem de cobertura vegetal (%CVeg.). Um ensaio de campo com quatro populações (36, 50, 81 e 146 plantas/m2) foi conduzido no Centro Experimental de Campinas - Instituto Agronômico do Estado de São Paulo (IAC), durante o inverno de 1991, Em área de superfície plana de latossolo roxo, série taquaral. Inicialmente, determinaram-se os parâmetros físico - hídricos do solo, e ao longo do ciclo da cultura, foram medidos os seguintes parâmetros: cobertura vegetal, índice de área foliar, altura de plantas, fitomassa e produção final nos tratamentos de diferentes densidades populacionais. O consumo de água foi determinado para os tratamentos de densidades populacionais de 36, 50 e 146 plantas/m2. As irrigações foram realizadas quando a tensão de água no solo atingia 60kPa, a 15cm de profundidade, baseado no tratamento de maior densidade populacional, 146 plantas/m2. A evapotranspiração real (ETr) da cultura foi determinada pela técnica do balanço hídrico de campo, para períodos entre duas irrigações. A evapotranspiração de referência (ETo) foi estimada pelos métodos do tanque Classe A e Penman modificado, com vistas à obtenção do coeficiente de cultura basal. Os resultados mostraram que houve acentuado efeito positivo da densidade populacional sobre a produtividade da ervilha cv Majestic; porém, também aumentou a ocorrência de acamamento. O consumo de água pela cultura, assim como os valores do kcb, variaram com o desenvolvimento da cultura, de acordo com as diferenças de densidades populacionais, e com o método de cálculo da evapotranspiração de referência (ETo). Os valores médios do coeficiente de cultura (kc), propostos pela FAO (DOORENBOS & PRUITT, 1977). são superiores aos valores de kcb determinados neste estudo, Sobretudo, para o período do início do florescimento até o final da formação da produção. O coeficiente de cultura basal mostrou-se correlacionado ao índice de área foliar (r = 0,78) e à porcentagem de cobertura vegetal (r = 0,85). A obtenção de resultados mais consistentes com a cobertura vegetal permitiram o estabelecimento da seguinte relação: kcb = 0,36 + 0,012 (%CVeg.) - 0,000063 (%CVeg.)2 Esta equação possibilita a estimativa de kcb pela avaliação do dossel vegetativo da cultura diretamente do campo. Os resultados obtidos no presente trabalho e a sua concordância com a literatura internacional demonstram a necessidade de mais investigações neste assunto, para a sua generalização em aplicações de campo.
Título em inglês
Effect of canopy development on water consumption and crop coefficient of pea (Pisun sativum L.>)
Resumo em inglês
This work investigates basal crop coefficient, kcb (JENSEN, 1976; WRIGHT, 1982), of irrigated pea (Pisun sativum L.) cv. Majestic to canopy development measured as leaf area index (LAI) and percentage ground cover (%GC). A field experiment was carried out with four population densities (36, 50, 81 and 146 plants per m2) during the winter of 1991, on a flat, well drained dusky latosol, at the Experimental Center of Campinas, Instituto Agronômico, State of São Paulo. Irrigation was applied whenever soil water tension achieved 60 kPa, at 15cm, based on higher population treatment of 146 plants per m2. Real evapotranspiration (ETr) was determined between irrigations by field water balance technique. Reference evapotranspiration (ETo) was estimated by modified Penman equation and Class A pan evaporation. Crop production increased with population density close to a linear relation. However, population density also increased lodging. Water consumption, as well as kcb, were close related to crop development and population densities. Basal crop coefficient was also affected by the methodology used for ETo calculation. The kc values indicated by FAO (DOORENBOS & PRUITT, 1977) for pea are higher than those found in this research, specially from flower iniciation till the end of reproductive phase. Basal crop coefficient was correlated to LAI (r=0.78) and to %GC (r= 0.85). The more consistent results with ground cover, produced the following relation: kcb= 0.36 + 0.012(%GC> - 0.000063(%GC)2. That equation allows kcb estimation from canopy evaluation directly from the field. The present results, and its agreement with the international literature, indicates a necessity of more research on this subject, for general field application .
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.