• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-172804
Documento
Autor
Nome completo
Maurício Antonio Coelho Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1998
Orientador
Título em português
Variabilidade espacial aplicada ao manejo da irrigação por microaspersão em lima ácida ‘Tahiti’ (Citrus latifólia Tanaka)
Palavras-chave em português
IRRIGAÇÃO POR MICROASPERSÃO
LIMA ÁCIDA TAHITI
MANEJO
VARIABILIDADE ESPACIAL
Resumo em português
O presente trabalho foi desenvolvido no campo experimental de irrigação do departamento de Engenharia Rural da ESALQ/USP, Piracicaba-SP, em um pomar de lima ácida 'Tahiti' com 5 anos de idade. A pesquisa objetivou: (a) estudar a variabilidade e avaliar a dependência espacial dos componentes granulométricos do solo, densidade do solo, potencial mátrico, e retenção de água, (b) mapear e identificar zonas com baixa variabilidade por meio de processo de interprelação por "Krigagem" e (c) definir um manejo racional de irrigação, associado as propriedades físicas do solo, com o consumo hídrico das plantas do pomar. O esquema de amostragem do solo foi em malha irregular, coletando-se 112 amostras indeformadas para a determinação das curvas de retenção e densidade do solo e 124 amostras deformadas para o estudo dos componentes granulométricos do solo. Para o estudo da sensibilidade do potencial mátrico e consumo hídrico, foram instaladas uma ou duas baterias de tensiômetros em cada planta, à profundidade de 0,2 e 0,4 m, distanciadas de 1,2m do tronco de cada árvore. Todas as propriedades avaliadas apresentaram dependência espacial, sendo possível mediante a "krigagem", definir zonas com baixa variabilidade na área experimental. Os resultados indicaram correlação entre as umidades e os teores de argila. A variabilidade das leituras de potencial mátrico mostrou-se dependente do valor médio, sendo necessários 70 tensiômetros para estimativa de média (30 KPa). Por meio do estudo sobre estabilidade temporal das leituras de potencial mátrico, identificaram-se 3 tensiômetros que apresentaram comportamentos médio independente do tempo. A variabilidade de potencial mátrico para tensiômetros instalados à mesma profundidade e na mesma planta apresentou-se, em alguns casos elevada, indicando que a amostragem deve ser intensificada para se obter um valor representativo. Os mapas "krigados" de potencial mátrico apresentaram zonas homogêneas, entretanto, essas zonas possuem variabilidade em armazenamento de água, não sendo recomendável a subdivisão de áreas com base nesse critério. O estudo do consumo hídrico das plantas possibilitou a subdivisão do pomar em sub-áreas de baixa variabilidade, o que permite a aplicação de água diferenciada com base no comportamento de consumo de cada sub-região
Título em inglês
Spatial variability applied to the irrigation management by micro-sprinkler in 'Tahiti' lime (Citrus latifolia Tanaka)
Resumo em inglês
This work was carried out at the experimental area of irrigation at the Departamento de Engenharia Rural - ESALQ/USP, in Piracicaba - SP, in a five years old 'Tahiti' lime orchard. The research aimed: (a) study the variability and evaluate the spatial dependence of the soil textural components, bulk density, matric potential and water retention, (b) identify zones with low variability, mapping by kriging and ( c) define a rational irrigation management according to soil properties and water uptake differentiated among plants inside the orchard. The soil sampling used was irregular, collecting 112 undisturbed samples in order to determine the retention curve and bulk density and 124 disturbed samples to study the soil textura components. The matric potential variability and water uptake studies were performed with one or two tensiometers sets in each plant (0,2 and 0,4 m depth), distant 1,2 m from the tree trunk. All the evaluated properties registered spatial dependence. The zones with low variability in the experimental area was defined by kriging. The results showed correlation between soil moisture and clay content. The matric potential variability was dependent on the mean value. It was necessary 70 tensiometers in order to estimate the average (30 KPa). The study about the temporal stability of the matric potential showed 3 tensiometers with mean values regardless the time. The matric potential variability was high in some cases, when the tensiometers were installed at the same depth and at the same plant. This fact indicated that the sampling must be intensified to get a representative value. The matric potential mapped by kriging showed homogeneous zones, however, these zones had variability in water storage, so it's not recommendable to subdivide the areas based in this criterion. The orchard subdivision in sub-areas of low variability was possible with the plant water uptake study. This fact permitted the water application based in the consumption behavior of each sub-region.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.