• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2019.tde-20191220-111207
Documento
Autor
Nombre completo
Carlos Ricardo Fietz
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1998
Director
Título en portugués
Variabilidade espacial do armazenamento de água no solo visando o manejo da irrigação por aspersão
Palabras clave en portugués
ÁGUA DO SOLO
ARMAZENAMENTO
IRRIGAÇÃO POR ASPERSÃO
MANEJO
Resumen en portugués
O conhecimento do armazenamento de água no solo tem importância fundamental para as práticas agrícolas. Quando se deseja dimensionar sistemas ou definir o manejo da irrigação, o procedimento usual é utilizar valores médios assumidos como representativos de toda a área irrigada. No entanto, a variabilidade espacial é uma característica de maioria dos atributos. Neste trabalho, valores de umidade do solo em tensões de interesse agronômico e de lâmina aplicada foram avaliados com os seguintes objetivos: a) analisar a magnitude de variabilidade, identificar a distribuição estatística e analisar dados discrepantes; b) verificar a existência de dependência espacial e localizar áreas de menor variabilidade; c) definir o padrão espacial dos valores de lâmina real necessária e de lâmina aplicada e d) avaliar o efeito da variabilidade espacial do armazenamento de água no solo na qualidade da irrigação. O ensaio foi realizado na EMBRAPA/CPAO de Dourados, MS, numa área cujo solo é classificado como latossolo roxo argiloso. A área cultivada com trigo (Triticum aestivum, L.) era dotada de um sistema de irrigação por aspersão autopropelido. Demarcaram-se 144 pontos amostrais com espaçamento regular de 5m, resultando numa malha regular de 8 colunas e 18 linhas. Em cada ponto foi instalado um pluviômetro e retiradas amostras de solo indeformadas que foram submetidas às tensões de 10,33,50,100,500 e 1500 kPa em câmara de pressão de Richards. A curvas de retenção, após serem ajustadas foram utilizadas para determinar a umidade na tensão 60 kPa, recomendada para a irrigação do trigo. Os semivariogramas dos dados da umidade nas tensões 10 e 60 kPa e de lâmina aplicada foram utilizados para construir uma malha de 35 colunas e 85 linhas separadas por 1m, composta de 3096 pontos. Com os valores de lâmina real necessária e aplicada, determinou-se, para cada ponto da malha 1 x 1m, o excesso ou déficit hídrico e calculou-se a drenagem profunda e o grau de adequação. Esses parâmetros de desempenho também foram estimados pelo modelo linear. O solo apresentou pequena disponibilidade hídrica, provavelmente, devido ao fenômeno da microagregação da fração argila. Os dados e umidade do solo apresentaram distribuição normal, baixa variabilidade e estrutura de dependência espacial com valores de efeito pepita de 14 a 56% da variação total e alcance de 22m. Os valores de lâmina de irrigação não se ajustaram à distribuição normal, mas apresentaram um nível médio de variabilidade e forte dependência espacial com efeito pepita da ordem de 3% da variação total e alcance de 28m. As técnicas geoestatísticas detectaram e descreveram a variabilidade espacial do armazenamento de água no solo e da lâmina aplicada pelo sistema de irrigação. A variabilidade do armazenamento de água no solo não influenciou de forma relevante os índices de drenagem profunda e o modelo linear foi pouco sensível em diferenciar áreas deficientemente e adequadamente irrigadas
Título en inglés
Spatial variability of soil water storage for sprinkler irrigation management
Resumen en inglés
The knowledge on soil water storage is fundamental to agricultural practices. When system designing or irrigation management definition are intended the usual procedure is to use average values assumed as representative of the entire irrigated area. The spatial variability, however, is a characteristic of most attributes. ln this work, soil moisture at agriculture suitable tensions and applied water depth were evaluated in order to: (a) analyze the magnitude of variability, identify the statistical distribution, and analyze discrepant data; (b) verify the existence of spatial dependence and locate areas of lesser variability; (e) define the soil water storage spatial pattern required and applied irrigation depth and (d) evaluate the effect of soil water storage spatial variability on irrigation quality. The experiment was conducted at the EMBRAPA/CPAO, in Dourados, Mato Grosso do Sul state, in a dusky red latosol. The area, cultivated with wheat (Triticum aestivum, L.), was equipped with a self-propelled sprinkler irrigation system. 144 sample spots with a regular 5-m spacing were delimited, resulting in a regular net of 8 columns and 18 rows. Each spot was provided with a rain gauge and nondeformed samples were withdrawn and submitted to tensions of 10, 33, 50, 100, 500, and 1500 kPa in a Richards pressure chamber. After adjustment, the resulting soil moisture retention curves were used to determine moisture at 60 kPa, as recommended for the wheat crop. Moisture data semivariograms in tensions of 10 and 60 kPa and of irrigation depth were used to construct a net of 35 columns and 85 rows with one meter spacing, totalling 3096 spots. Through required and applied depth values, the water excess or deficit for each spot of 1 x 1 m werw determined, and the deep drainage and adequacy of application were calculated. These performance parameters were also estimated by a linear model. The soil showed little water availability, probably due to the microaggregation phenomenon of the clay fraction. Soil moisture data had normal distribution, low variability and spatial structure dependence with nugget effect from 14 to 56% of total variation and range of 22 m. lrrigation depth values failed to adjust to the normal distribution, but, an average variability level and a strong spatial dependence were observed with nugget effect near of 3% of total variation and range of 28 m. Geostatistics techniques detected and described the spatial variability of the soil water storage and that of the water applied by the irrigation system. The variability of the soil water storage did not influence significantly the deep drainage indexes and the linear model was little sensitive for distinguishing deficient and adequately irrigated areas.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2019-12-20
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.