• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-145057
Documento
Autor
Nombre completo
Rinaldo de Oliveira Calheiros
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2000
Director
Título en portugués
Efeito do manejo da água de drenagem na adaptação fisiomorfológica de plantas mesófitas ao encharcamento
Palabras clave en portugués
ADAPTAÇÃO FISIOLÓGICA
DRENAGEM
FEIJÃO
HIPÓXIA
INUNDAÇÃO
LENÇÓIS FREÁTICOS
MANEJO
SIMULAÇÃO
TRIGO
VÁRZEA
Resumen en portugués
Estudou-se o efeito de três manejos do lençol freático na indução de adaptações fisiomorfológicas à hipoxia de duas culturas, uma representando as gramíneas, utilizando-se os trigos Triticum aestivum L. e Triticum durum L., e, seqüencialmente, uma leguminosa, utilizando-se o Phaseolus vulgaris, L., caracterizando e inferindo-se a influência relativa dos principais fatores físicos e biológicos interferentes. O experimento foi conduzido na ESALQ/USP, Piracicaba, SP, simulando-se o máximo um meio físico/condição natural de uma várzea. Com o trigo, após a indução no período vegetativo através de períodos hipóxicos com duração progressiva, a eficiência dos manejos foi forçada à manifestar-se através de inundação permanente incluindo o florescimento/formação de grãos. Os resultados apontam que o potencial de água na folha foi afetado pela completa submergência da parte subterrânea, já em sua menor duração, não havendo, porém, correspondência com a manifestação fenotípica da cultura; a resposta diferenciada de exigência nutricional e/ou capacidade extração entre as duas espécies sob hipoxia indica que o sucesso produtivo do trigo sob hipoxia pode vir a ser condicionado à estudos específicos sobre suas exigências específicas e, consequentemente, à um plano de fertilização mais ajustado; a adubação foliar não contribuiu para suprir as deficiências nutricionais da planta decorrentes da limitação na absorção via sistema radicular, causada pela hipoxia no solo ou, se o fez, foi de forma insuficiente, sugerindo-se estudos específicos; a resistividade estomática mostrou-se o parâmetro de maior sensibilidade na planta de trigo sob encharcamento; os manejos empregando curtos períodos de hipoxia induziram adaptações fisio-morfológicas tais que permitiram a sobrevivência das plantas mesmo sob encharcamento contínuo por mais de 50 dias. Essas, porém, não o foram na intensidade ou eficiência que resultassem parâmetros de produção num nível adequado; o manejo do lençol freático mantido a 15 em de profundidade durante todo o ciclo feno lógico foi o que propiciou melhor performance do trigo; a submergência intermitente mostrou-se altamente prejudicial, com o efeito intensificando-se com o aumento da freqüência da submersão, não sustentando a tese da transmissividade ou acúmulo de induções adaptativas. No feijão, também estudou-se o efeito de três manejos do lençol freático utilizando-se a cultivar Bat 477. Após a indução no período vegetativo, a eficiência dos manejos foi forçada à manifestar-se através de inundação temporária no fim do florescimento/formação de vagens. - Os parâmetros biométricos de crescimento, embora acusando prejuízo da hipoxia, evidenciaram a utilização pela planta de mecanismos adaptativos morfológicos (raízes adventícias e lenticelas), biológicos (fixação de N) e fisiomorfológicos (resistividade estomática e transpiração); os parâmetros biométricos de produção mostraram que os manejos com o lençol freático mantido a 15 em e com sua elevação gradual foram efetivos, permitindo à planta completar seu ciclo, além de resultar menor comprometimento da qualidade de grãos; em plantas submetidas à hipoxia, o estudo da nodulação só será completo se respeitar a dinâmica de emissão de raízes adventícias, dado a gradativa substituição de raízes normais pelas adventícias; a alternância de vantagens relativas nos parâmetros biométricos de colheita entre os manejos de lençol estabilizado a 15 em e com elevação gradativa resultando na não diferença estatística no rendimento de grãos, leva-se à recomendação do uso de cultivares de ciclo mais longo nesse tipo de estudo.
Título en inglés
Effect of three different water table management on the physical-morphological adaptation of mesophyte plants to flooding tolerance.
Resumen en inglés
It was studied the effect of three different water table management on the physical-morphological adaptation to flooding tolerance of two representatives of the Gramineae groups: Triticurn aestivum, L. and Triticurn durum, L. and, in sequence, a Leguminosae, Phaseolus vulgaris, L. The relative influence of the main physical and biological factors interfering in the adaptation were studied and discussed. The trials were conducted at ESALQ/USP, Piracicaba, SP, under simulation of a natural low land condition. With the wheat, after induction of hipoxia at vegetative growth stage, the efficiency of management was enforced to show by a short-term waterlogging event at reproductive stage. The minor duration of complete submergence was enough to affect the leaf water potential, despite not having correspondence with phenotiphic manifestations; the different requirements and/or extraction capacities of nutrients between the two species demand specific fertilization studies to reach high leveIs of productivity; the fertilization on leaves was not enough to avoid nutrition deficits in wheat under hipoxia; the diffusion resistance was the most sensitive parameter; the water table managements used resulted in physical- morphological adaptations but these were not enough to reach adequate biometric parameters of productivity; the permanent water table at 15 cm management through all the cultural cycle resulted in the best performance; the intermittent inundation were highly detrimental, with its effects seen progressively to the frequency of inundation, not sustaining the hypothesis of transmissivity of the inducted adaptations. With the snap beans, cv. BAT 477, the effects of three different water table managements were also studied. After induction at vegetative growth stage, the efficiency of management was enforced to show by a short-term waterlogging event at reproductive stage. The biometric parameters of growth, although showing damage caused by hipoxia, showed the utilization by the plant of adaptive mechanisms, such as morphological (adventitious roots and lenticels), biological (N fixation) and physical-morphological (diffusion resistance and transpiration). On the other hand, the yield biometric parameters showed that the water table maintained at 15cm, as well as its gradual elevation, were effective in inducing adaptive mechanisms that allowed the plant finish its phenological cycle, besides to result minor damage on quality of the grain. In spite of that, there was not significant difference in the yield comparing to the absence inductive management. Nodulation studies only will be complete if in concordance with the adventitious root emission dynamics. The alternate biometric advantages between the two managements, resulted in no statistically significant differences in the yield, suggesting to be of advantage the use of longer cycle cultivars when in hipoxic conditions.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-01-11
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.