• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2012.tde-30102012-093744
Documento
Autor
Nome completo
Francisco de Assis de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2012
Orientador
Banca examinadora
Duarte, Sergio Nascimento (Presidente)
Dias, Nildo da Silva
Melo, Paulo Cesar Tavares de
Mendonça, Fernando Campos
Peres, Jose Geanini
Título em português
Cultivo de pimentão em ambiente protegido utilizando diferentes manejos de fertirrigação
Palavras-chave em português
Ambiente protegido (Plantas)
Concentração iônica
Condutividade elétrica
Fertirrigação - Manejo
Pimentão
Resumo em português
Em busca da máxima produtividade das culturas em ambiente protegido, muitos agricultores aplicam doses excessivas de adubos. Isto, na maioria das vezes, acarreta no aumento dos custos de produção, no baixo rendimento das culturas, contaminação ambiental e acúmulo de sais no solo, podendo torná-lo impróprio para o cultivo. Neste sentido, são realizados estudos para desenvolver um manejo da fertirrigação que propicie maior eficiência produtiva da cultura do pimentão em ambiente protegido. Neste contexto, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a eficiência de manejos da fertirrigação e níveis de nitrogênio e de potássio na cultura do pimentão em ambiente protegido. O delineamento utilizado foi blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 6, totalizando 18 tratamentos, com quatro repetições. Os tratamentos resultaram da combinação de três manejos de fertirrigação (M1 - Fertirrigação a partir da marcha de absorção de nutrientes pela cultura; M2 - Fertirrigação a partir do monitoramento da concentração de íons de N e K na solução do solo; M3 - Fertirrigação a partir do monitoramento da condutividade elétrica da solução do solo), com seis níveis de nitrogênio e de potássio (0, 50, 100, 150, 200 e 300% da recomendação padrão para a cultura cultivada no sistema hidropônico). Para o manejo M1 foi adotada como dose padrão de N e K a recomendação destes nutrientes para a cultura do pimentão em condições de campo (100% de NK, sendo N = 16,1 e K = 23,5 g planta-1). Para os manejos M2 e M3, utilizou-se como dosagem padrão a recomendação de N e K para o cultivo hidropônico no sistema NFT (100% NK, sendo N = 152 e K = 245 mg L-1). Ao longo do ciclo da cultura foi realizado o monitoramento da concentração dos íons de N e K (M2) e da condutividade elétrica (M3) da solução coletada. Os resultados eram analisados e utilizados na tomada de decisão quanto ao momento de se fazer a fertirrigação e as quantidades de N e K a serem aplicadas. Os parâmetros avaliados foram produtividade e qualidade de frutos, além do consumo de nutrientes e de água. Avaliaram-se também, ao final do experimento, as características químicas do solo, bem como os principais índices de eficiência nutricional de N e K na cultura do pimentão. Os resultados demonstraram que a resposta das plantas à adubação mineral depende do manejo de fertirrigação. Os tratamentos afetaram a absorção de nutrientes no tecido vegetal, mas, na maioria dos casos, as concentrações de nutrientes estavam dentro da faixa considerada adequada para a cultura. Observouse também que o manejo da fertirrigação a partir do monitoramento da concentração dos íons de N e K, ou da condutividade elétrica da solução do solo foi mais eficiente que a fertirrigação realizada com base na marcha de absorção de nutrientes da cultura do pimentão, proporcionando em plantas mais desenvolvidas, mais produtivas e com maior eficiência no uso de fertilizantes.
Título em inglês
Greenhouse Sweet Pepper production using different fertirrigation management
Palavras-chave em inglês
Bell pepper
Electric conductivity
Fertigation
Greenhouse
Ionic concentration
Management
Resumo em inglês
Looking for maximum crop yield in greenhouse, several growers apply excessive nutrient doses. This behavior frequently brings increase in production costs, lower crop yields, environmental contamination and salt buildup in the soil, which can became inappropriate for cropping. With this concern, studies are made for developing fertirrigation management that improves Sweet Pepper crop efficiency in greenhouse. For these reasons, this work was carried out with the objective of evaluating fertirrigation management efficiency as well as levels of nitrogen and potassium for Sweet Pepper grown in greenhouse. Experimental design was a randomized blocks in a 3x6 factorial scheme, totaling 18 treatments, with four replications. Treatments resulted from the combination of three fertirrigation managements (M1 - Fertirrigation based on the curve of nutrient absorption of the crop; M2 - Fertirrigation based on monitoring of ions N and K in soil solution; M3 - Fertirrigation based on monitoring of electrical conductivity of soil solution) with six levels of nitrogen and potassium (0; 50; 100; 150; 200 and 300% of standard recommendation for Sweet Pepper grown in hydroponics). Standard dose of N and K adopted for M1 management was the recommendation of these nutrients for Sweet Pepper in field conditions (100% NK was: N = 16.1 and K = 23.5 g plant-1). For M2 and M3, the standard dose was the N and K recommendation for hydroponics in the NFT system (100% NK was: N = 152 e K = 245 mg L-1). During crop cycle were monitored the concentrations of N and K ion (M2) and the electric conductivity of sampled solution (M3). After analyzed, results were used for decision making on the moment of application and amounts of N and K to be applied. Parameters evaluated were those related to fruit yield and quality, as well as nutrient and water consumption. At the end of the trial were also analyzed soil chemical characteristics and the main indexes of nutritional efficiency for N and K in Sweet Pepper crop. Results showed that plant response to mineral fertilization depended on fertirrigation n management. Treatments influenced absorption of nutrients by plant tissue, but, in most cases, nutrient concentrations were in the range considered adequate for the crop. It was also observed that fertirrigation managements based on monitoring of concentration of ions N and K, or of electrical conductivity of soil solution were more efficient than the management based on nutrient absorption curve of Sweet Pepper, because they provided plants more developed and productive, with higher fertilizer use efficiency.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.