• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.11.2009.tde-11022009-101652
Documento
Autor
Nombre completo
Tatiana Bistaco Farinha
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2008
Director
Tribunal
Peres, Lazaro Eustaquio Pereira (Presidente)
Kerbauy, Gilberto Barbante
Scortecci, Katia Castanho
Título en portugués
Envolvimento da giberelina na regulação do desenvolvimento vegetativo e reprodutivo de tomateiro (Solanum lycopersicum) cv Micro-Tom
Palabras clave en portugués
Desenvolvimento vegetal
Frutificação
Giberelina
Hormonios vegetais
Mutaçã vegetal
Reprodução vegetal
Tomate.
Resumen en portugués
As giberelinas (GAs) são bem conhecidas pelo seu papel no alongamento do caule, germinação de sementes, desenvolvimento dos frutos e florescimento em plantas de dia longo. Apesar de boa parte das plantas de interesse agronômico não possuírem resposta fotoperiódica, há poucos estudos sob a possibilidade dessa classe hormonal estar envolvida em processos de florescimento e frutificação em plantas de dia neutro, como é o caso do tomateiro. O principal objetivo do trabalho foi avaliar a importância da via de indução por giberelina para o crescimento vegetativo e reprodutivo em Solanum lycopersicum cv Micro-tom (MT). Para tal, foram utilizados tratamentos exógenos com GA ou um inibidor de sua síntese, paclobutrazol (paclo), em diferentes estágios do desenvolvimento de MT. Os mutantes pro e gib3, os quais são supersensíveis e deficientes a GA, respectivamente, também foram utilizados para análises comparativas. Avaliou-se o tempo para 50% das plantas apresentarem botões florais visíveis a olho nu, tempo para antese, altura e número de entrenós na antese, número de frutos, massa média e total dos frutos e brix. O tratamento com 5 aplicações de paclo ao longo do ciclo levou a uma extensão do desenvolvimento vegetativo, com um atraso significativo na floração. No tratamento que recebeu aplicação de paclo 16 dias após semeadura, mesmo com a planta apresentando uma redução na altura, houve um restabelecimento de seu desenvolvimento reprodutivo, tornando este superior ao controle em termos de tamanho do fruto. Para o tratamento com aplicação de GA aos 16 dias, obteve-se um aumento no brix comparado ao controle. Por outro lado, o mutante procera, por possuir um crescimento vegetativo (altura e número de entrenós na antese) bem superior ao controle MT, teve seu crescimento reprodutivo prejudicado. Estes resultados nos levaram a concluir que embora GA possa induzir diretamente o florescimento e a frutificação de tomateiro, ela também pode reprimir esses processos, provavelmente deslocando o dreno para o crescimento vegetativo. Sendo assim, tanto a aplicação de GA quanto de paclo, se feitas em determinado estágio do desenvolvimento, podem melhorar a qualidade do fruto de tomateiro, aumentando o tamanho dos frutos ou o brix.
Título en inglés
Involvement of gibberellin in regulating of vegetative and reproductive growth of tomato (Solanum lycopersicum L.) cv Micro-Tom
Palabras clave en inglés
Flowering
Fruit formation
Gibberellin
Hormones
Mutants.
Paclobutrazol
Productivity
Tomato
Resumen en inglés
The gibberellins (GAs) are well known for their roles in stem elongation, seed germination, fruit development and flowering induction in long day plants. Despite the fact that many plants of agronomic interest do not respond to photoperiod, there are few studies about the possibility of this hormonal class to be involved in the process of flowering and fruit formation in photoperiod-insensitive plants, such as tomato. The main objective of this study was to evaluate the importance of the GA induction pathway for the vegetative and reproductive growth of Solanum lycopersicum cv Micro-Tom (MT). To accomplish this, we performed exogenous application of GA, or an inhibitor of its biosynthesis, paclobutrazol (paclo), at different stages of MT development. The mutants pro and gib3, which are hypersensitive and deficient in GA, respectively, were also used for comparative analysis. It was evaluated the time spent for 50% of plants presenting visible flower buds, the time to anthesis, plant height and the number of internodes at anthesis, number of fruits, total and individual fruit weight and fruit brix. The treatment that received five paclo applications during the life cycle presented stunted vegetative growth, which also reflected in a significant flowering delay. In the treatment that received paclo at 16th day after sowing, there was a reduction in plant height, but its reproductive development was resumed yielding fruit size superior to the control. Conversely, the treatment that received GA at 16th presented fruits with higher brix, compared to the control. Furthermore, the mutant pro, which had a vegetative growth higher than the control (in terms of plant height and number of internodes at anthesis), showed a reduced reproductive growth. These results drove us to the conclusion that although GA can directly induce flower and fruit development in tomato, it also can arrest these processes, probably redirecting the sink for vegetative growth. Thus, both GA and paclo applications, if made in a certain stage of plant development, can improve the quality of tomato fruit, increasing fruit size or brix.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Tatiana_Farinha.pdf (2.10 Mbytes)
Fecha de Publicación
2009-02-27
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.