• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-130828
Documento
Autor
Nome completo
Joao Francisco de Lima
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1993
Orientador
Título em português
Controle químico do capim-braquiária (Brachiaria decumbensStapf) na implantação de algumas gramíneas forrageiras
Palavras-chave em português
CAPIM BRAQUIÁRIA
CAPIM COAST-CROSS
CAPIM COLONIÃO
CAPIM ELEFANTE
HERBICIDAS
MATÉRIA SECA
Resumo em português
A pesquisa foi conduzida em condições de campo em Piracicaba, SP em um solo classificado como uma associação Brunizem avermelhado, textura argilosa com substrato diabásio (Typic Argiudoll) e em casa de vegetação em Piracicaba, SP, com o objetivo de verificar o controle químico do capim-braquiária na implantação de capim-colonião (Panicum maximum Jacq.), capim-napier (Pennisetum purpureum Schum), e do coast-cross (Cynodon dactylon L.). Foram realizados três experimentos de campo, utilizando-se uma área infestada de capim-braquiária, que foi arada uma vez e gradeada duas vezes para posterior plantio das forrageiras. Em um experimento de campo foi plantado o capim-colonião variedade aruana utilizando-se sementes, em outro experimento de campo foi plantado o capim-napier onde foram utilizados colmas e no terceiro experimento de campo foi plantado o coast-cross utilizando-se mudas. O delineamento experimental utilizado para os três experimentos de campo foi o de blocos ao acaso com 13 tratamentos e quatro repetições, sendo os mesmos tratamentos para os três experimentos. Os tratamentos utilizados com as respectivas doses do i.a. em kg/ha, são: a) testemunha; b) testemunha capinada; c) trifluralin (PPI) a 1,07; d) trifluralin (PRÉ) a 2,40; e) pendimethalin (PPI) a 1,50; f) pendimethalin (PRÉ) a 2,00; g) alachlor (PRÉ:) a 3,36; h) ametrin (PRÉ) a 4,00; i) diuron (PRÉ) a 3,20; j) metolachlor (PRÉ) a 2,88; k) oxyfluorfen (PRÉ) a 1,44; l) tebuthiuron (PRÉ) a 1,20 e m) clomazone (PRÉ) a 1,00, onde nos tratamentos com as letras c̠ e e̠ os herbicidas foram aplicados em condições de pré-plantio-incorporado (PPI) e os demais tratamentos em condições de pré-emergência (PRÉ). Devido a grande fitotoxicidade de todos os herbicidas utilizados para com o capim-colonião foi realizado um experimento em casa de vegetação. O objetivo foi verificar se alterando a profundidade de semeadura do capim-colonião, este poderia escapar ao efeito fitotóxico dos herbicidas. Foi realizado um experimento em casa de vegetação utilizando-se terra proveniente do mesmo solo onde foram realizados os experimentos de campo. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado com 12 tratamentos com 5 profundidades de semeadura e 4 repetições. Utilizou-se 0,5 g de sementes de capim-colonião variedade aruana por vaso com capacidade para 800 g de terra, onde cada vaso representou uma parcela. O capim-colonião foi semeado a profundidade de 2, 3, 4, 5 e 6 cm, sendo que todos os herbicidas utilizados no experimento de campo foram aplicados nestas diferentes profundidades de semeadura do capim colonião. A profundidade de incorporação dos herbicidas trifluralin e pendimethalin foi de 5cm. Deixou-se também uma testemunha para cada profundidade de semeadura, sem a aplicação de herbicida. Baseando-se nos resultados obtidos e nas condições em que foram desenvolvidas as pesquisas, conclui-se que: 1ª) Os herbicidas que causaram sintomas visuais de fitotoxicidade ao coast-cross não afetaram a sua produção; 2ª) Nenhum dos herbicidas utilizados influiu no número de perfilhos do capim-napier; 3ª) Os melhores tratamentos com relação a produção de matéria seca do capim-napier foram com o herbicida tebuthiuron e na testemunha capinada; 4ª) Todos os herbicidas utilizados diminuíram o número de perfilhos do capim-colonião; 5ª) Todos os herbicidas utilizados diminuíram drasticamente a produção do capim-colonião, mesmo este sendo semeado em diferentes profundidades (2, 3, 4, 5 e 6 cm); 6ª) O capim-braquiária foi controlado pelos herbicidas trifluralin (PPI), metolachlor e oxyfluorfen até o final dos experimentos, ou seja, até 90 dias após a aplicação (DAA); 7ª) O carrapichão (Xanthium cavanillesii Schouw), amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla L.), losna-branca (Parthenium hysterophorus L.) e a corda-de-viola (Ipomoea quamoclit L.) foram controlados pelos herbicidas oxyfluorfen e tebuthiuron até 90 DAA. O caruru (Amaranthus viridis L.) e a trapoeraba (Commelina benghalensis L.) foram controlados pelos herbicidas metolachlor, oxyfluorfen e tebuthiuron até 90 DAA.
Título em inglês
Chemical control of signal-grass (Brachiaria decumbens Stapf) in areas where other grass forages are being implanted
Resumo em inglês
The research was conducted in Piracicaba-SP, under field conditions in a soil classified as an association of reddish brunizem, clay, with diabase substrate (Typic Argiudoll), and under greenhouse conditions. The main objective was to test the efficiency of different herbicides on signal-grass control in areas where the forages guinea-grass (Panicum maximum Jacq), napier-grass (Pennisetum purpureum Schum.> and coast-cross (Cynodon dactylon L.> are implanted. Three field experiments were installed using a signal-grass infested area which was first plowed once and than harrowed twice and later planted with the three grasses using the following propagation system: seeds for guinea-grass variety aruana (first experiment>; stalks for napier-grass (second experiment) and plantlets for coast-cross (third experiment). The experimental design for the field experiments was randomized completely block with thirteen treatments and four replications. The treatments were the same for all three experiments as follow: a) check with weed competition; b) check without weed competition; c) trifluralin (PPI) at 1.07 kg of active ingredient (a.i.)/ha; d) trifluralin (PRE) at 2.40 kg a.i./ha; e) pendimethalin (PPI) at 1.50 kg a.i/ha; f) pendimethalin (PRE) at 2.00 kg a.i./ha; g) alachlor (PRE) at 3.36 kg a.i./ha; h) ametrin (PRE) at 4,0 kg a.i./ha; i) diuron (PRE) at 3.20 kg a.i./ha; j) metolachlor (PRE) at 2.88 kg a.i./ha; k) oxyfluorfen (PRE) at 1.44 kg a.i./ha; l) tebuthiuron (PRE) at 1.20 kg a.i./ha and m) clomazone (PRE) at 1.00 kg a.i./ha. The treatments c̠ and e̠ were sprayed under PPI (pre-planting-incorporated conditions) and the other herbicides (treatments d̠ and f̠ and to m̠) were sprayed in PRE (pre-emergence) conditions. One experiment was conducted under greenhouse conditions using the soil from the same place where the field experiments were set. Due to the high phytotoxicity observed in the field experiments over guinea-grass for all herbicides, it was decided to install an experiment under greenhouse conditions in order to study the influence of seed sowing depth on the herbicide phytotoxicity. The experimental design adapted was completely randomized with twelve treatments at five sail depth and four replications each. It was used 0.5 g of guinea-grass variety aruana seeds per 800 g soil capacity pot. The seed depth of guinea-grass was two, three, four, five and six centimeters, spraying the same herbicides used for the field experiment in pre-emergence conditions, except for the herbicides trifluralin and pendimethalin that were applied in pre-planting-incorporated at a depth of five centimeters, as well as one control for each sowing depth with no herbicides in it. The following conclusions can be drawn from the obtained results under the mentioned experimental conditions of the research: 1ª) Even though some herbicides caused slightly visual symptons of phytotoxicity to coast-cross none of them affected its production; 2ª) None of the used herbicides had influence over the number of shoots for the napier-grass; 3ª) The best treatments related to yield of dry-matter for the napier-grass were the herbicide tebuthiuron and control without weed competition; 4ª) All herbicides used reduced the number of shoots for guinea-grass; 5ª) All herbicides used affected guinea-grass, even when it was sowed in different depth (2,3,4,5 and 6 cm); 6ª) The signal-grass was controlled by the herbicides trifluralin (PPI), metolachlor and oxyfluorfen up to the and of the experiments, i. e., up until ninety days-after application (DAA); 7ª) Xanthium cavanilessii Schaum., Euphorbia heterophylla L., Parthenium hysterophorus L. and Ipomoea quamoclit L. were controlled by herbicides oxyfluorfen and tebuthiuron up to ninety DAA; however, Amaranthus viridis L. and Commelina benghalensis L. were controlled by the herbicides metolachlor, oxyfluorfen and tebuthiuron up to ninety DAA.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LimaJoaoFrancisco.pdf (20.87 Mbytes)
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.