• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.11.2003.tde-25022003-140356
Documento
Autor
Nombre completo
Marisa Azzolini
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2002
Director
Tribunal
Jacomino, Angelo Pedro (Presidente)
Durigan, Jose Fernando
Kluge, Ricardo Alfredo
Título en portugués
Fisiologia pós-colheita de goiabas 'Pedro Sato': estádios de maturação e padrão respiratório.
Palabras clave en portugués
etileno
fisiologia vegetal
goiaba
maturação vegetal
pós-colheita
respiração vegetal
Resumen en portugués
A goiaba apresenta elevado grau de perecibilidade necessitando de um manejo pós-colheita eficiente capaz de reduzir os processos de senescência. Para tanto, o conhecimento do padrão respiratório e dos processos envolvidos no amadurecimento é fundamental. O presente trabalho foi realizado com os objetivos de determinar os índices de maturação, a influência dos estádios de maturação na qualidade pós-colheita e o padrão respiratório de goiabas 'Pedro Sato' e avaliar as respostas dos frutos à aplicação do etileno exógeno e ao bloqueador da ação de etileno 1-MCP (1-metilciclopropeno). Na primeira fase determinaram-se os índices de maturação e a influência de três estádios de maturação na qualidade pós-colheita dos frutos. Os frutos foram selecionados em três estádios de maturação segundo a cor da casca: Estádio 1: cor da casca verde-escura; Estádio 2: cor da casca verde-clara; Estádio 3: cor da casca verde-amarela. Os frutos foram armazenados em câmara com temperatura controlada de 23 + 1 o C e 85 + 5 %UR e analisados quanto às mudanças físico-químicas e qualidade sensorial. Na segunda fase do trabalho foi determinado o padrão respiratório dos frutos analisando-se a atividade respiratória, a produção de etileno e as mudanças físico-químicas após a colheita. Analisou-se também a resposta dos frutos à aplicação de etileno (1000ml.l -1 ) e de 1- metilciclopropeno (300nl.l -1 ) também foi avaliada. A cor da casca e a firmeza da polpa foram considerados os melhores índices de maturação. As variáveis físico-químicas apresentaram pouca variação entre os estádios de maturação durante o amadurecimento Porém, foram observadas diferenças significativas em relação à análise sensorial, sendo as melhores notas atribuídas ao estádio 3. Na segunda fase observou-se aumento da atividade respiratória e da produção de etileno independente do estádio de maturação, determinando o padrão climatérico de amadurecimento. Verificou-se que a máxima atividade respiratória e a produção de etileno ocorrem após o completo amadurecimento. Os frutos não responderam a aplicação de etileno exógeno, não apresentando diferenças no amadurecimento em relação aos frutos do tratamento controle. Entretanto, o 1-MCP retardou sensivelmente o processo de amadurecimento dos frutos.
Título en inglés
Postharvest physiology of guava 'Pedro Sato': stages of maturation and respiratory pattern.
Palabras clave en inglés
ethylene
guava
maturation
plant physiology
post narvest
respiration vegetable
Resumen en inglés
The guava presents high perecibilidade degree needing a handling efficient postharvest capable to reduce the senescence processes. Therefore, it is essential to the knowledge of the respiratory pattern and of the processes involved in the ripening. The present work was accomplished with the objectives of determining the maturation indexes, the influence of the maturation stage in the quality postharvest and the respiratoy pattern of guavas 'Pedro Sato' as well as evaluating the fruit response to the application of the exogenous ethylene and to blocking the action of ethylene 1-MCP (1-metylcyclopropene). In the first phase it was determined the maturation indexes and the influence of three maturation stage in the quality postharvet of fruit. The guavas were selected in three maturation stages according to the color of the peel: Stage 1: dark green peel; Stage 2: light green peel; Stage 3: yellowish green peel. The fruit was stored in a chamber with controlled temperature of 23 + 1 o C and 85 + 5 % RH and analyzed for physicochemical changes and sensorial quality. In the second phase of the work the respiratory pattern of the fruit through the respiratory activity, the ethylene production, and the changes physicochemichal after harvesting. The fruit response to the aplication of exogenous ethylene (1000ml.l -1 ) and of 1-methylcyclopropene (300nl. l -1 ) was also evaluated. The color of the peel and the firmness of the pulp were considered the best maturation indexes. The physicochemical variables presented little variation among the maturation stages during the ripening. However, significantive differences were observed concerning the sensorial analysis, being the best grades granted to stage 3 fruit. In the second phase the fruit presented increse in respiratory activity in production of ethylene independent at the maturation stage, determining the climacteric standard. The maximum respiratory activity and the ethylene production were verified after complete ripening. The guavas did not to responses the application of exogenous ethylene, showing no ripening difference respond in the ripening in relation to the guavas in the control treatment. However, the 1-MCP has sensibly retarded the ripening process in guavas.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
marisa.pdf (757.67 Kbytes)
Fecha de Publicación
2003-02-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.