• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1984.tde-20210919-105201
Documento
Autor
Nome completo
Julio Alberto Pavese
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1984
Orientador
Título em português
Os efeitos do Reservatório de Sobradinho sobre a estrutura sócio-econômica de uma Região do Médio São Francisco
Palavras-chave em português
ESTRUTURA SOCIOECONÔMICA
MÉDIO SÃO FRANCISCO
RESERVATÓRIO DE SOBRADINHO
Resumo em português
Em 1972, a Companhia Hidroelétrica do São Francisco, subsidiária da Eletrobrás, começava a construir a Barragem/Usina e o Reservatório de Sobradinho na Região Média do São Francisco. A Barragem, uma imensa muralha com uma extensão total de 13 km, represou um volume de água de aproximadamente 37 bilhões de metros cúbicos e formou um reservatório com 4.214 km2, na sua altura máxima. A construção desta obra ?revolucionou? toda a área em que foi implantada, não só nos seus aspectos econômicos, como também sociais, culturais e jurídicos. Na sua construção civil foram empregados, aproximadamente 25 mil operários, recrutados quase todos eles na área rural onde trabalhavam como pequenos agricultores, principalmente. O Reservatório submergiu quatro cidades importantes da região (Casa Nova, Sento Sé, Pilão Arcado e Remanso), dezenas de povoados e provocou a transferência de, aproximadamente, 70 mil famílias para outros locais. Um grande trecho do Rio São Francisco desapareceu, virou um grande lago e a população que ali vivia deixou de ser ribeirinha, perdendo as ricas margens do rio, para viver quase que exclusivamente da agropecuária na caatinga e da pesca no lago. Este trabalho disserta sobre os efeitos da construção e implantação da Barragem/Usina e do Reservatório de Sobradinho sobre a estrutura sócio-econômica da citada região, apontando como causas principais as mudanças ocorridas na sua base produtiva. Mostra como uma sociedade adormecida secularmente se desperta repentinamente e se envolve num esquema produtivo onde as regras fundamentais são inteiramente diferentes das existentes até então. Mais ainda, mostra a força com que o Capitalismo Moderno penetra e se desenvolve numa determinada área rural atrasada, subvertendo e transformando toda a sua ordem sócio-econômica vigente. Baseado, acima de tudo, numa experiência vivida por seu autor, que foi um dos responsáveis pelo reassentamento populacional do Projeto Sobradinho, este trabalho tem o propósito de colaborar com todos os que trabalham com as populações rurais do País e que são, de alguma forma, responsáveis pelo seu desenvolvimento e bem estar. Não se trata de uma Tese, mas sim do relato de uma experiência vivida e analisada do ponto de vista de um sociólogo rural.
Título em inglês
Not available
Resumo em inglês
ln 1972, the São Francisco Hidroelectric Company, affiliated with ELETROBRÁS, started the construction of a hidroelectric plant and a reservoire in Sobradinho, along the middle São Francisco River. The dam, an immense wall of 13 km, contains approximately 37 billion cubic meters and has formed a reservoire of 4,214 km2 at its maximum height. The construction provoked a ?revolution? in the area, not only in economic terms, but also in its social, cultural and juridical aspects. Its construction employed approximately 25000 workers, in their majority recruited from the rural areas where they used to work as small farmers. The reservoire flooded four important towns - Casa Nova, Sento Sé, Pilão Arcado, and Remanso and dozens of small villages. About 70000 families had to be transferred to other sites. The people were forced to give up the rich riverine soil for less fertile, semi-arid land. This paper discusses the effects of the Sobradinho Hidroelectric plant and reservoire on the social and economic structure of the region and examines in detail the changes in its productive base. It tries to show how a society dormant for centuries was suddenly awakened and became involved in a productive scheme, whose basic rules are entirely different from those already existing. Moreover, it shows the strong penetration and development of modern capitalism in a given rural area which was totally backwards, thus subverting and transforming its whole social and economic order. Based on the author?s personal and professional experience as one of these people in charge of population relocation for the Sobradinho Project, this paper?s purpose is to help all of those who deal with the rural population Brazil, and who are involved in their development. It is a report of an experience viewed and analyzed by a rural sociologist.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.