• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2016.tde-09082016-184549
Documento
Autor
Nome completo
João Paulo Ziotti Narita
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2016
Orientador
Banca examinadora
Vendramim, José Djair (Presidente)
Lopes, Joao Roberto Spotti
Lourenção, André Luiz
Título em português
Aspectos biológicos e comportamentais de Bemisia tabaci biótipo B (Genn.) (Hemiptera: Aleyrodidae) em genótipos de tomateiro e sua relação com o Tomato severe rugose virus
Palavras-chave em português
Atratividade
Electrical penetration graph
Mosca-branca
Resistência de plantas
Transmissão
Resumo em português
Insetos vetores de fitopatógenos são responsáveis por causarem perdas significativas na agricultura, principalmente por disseminarem microrganismos que provocam doenças nas plantas hospedeiras. A mosca-branca Bemisia tabaci biótipo B é um inseto praga de relevante importância na cultura do tomate, capaz de transmitir diversos vírus nessa cultura. Assim, os objetivos deste trabalho foram: verificar a resistência à transmissão do begomovírus Tomato severe rugose virus (ToSRV) por B. tabaci biótipo B em genótipos de tomateiro com e sem aplicação do inseticida sintético ciantraniliprole; conhecer melhor acerca das interações inseto-planta através de experimentos de atratividade quanto à alimentação e oviposição do inseto e de comportamento de prova de adultos virulíferos de B. tabaci biótipo B em genótipos de tomateiro monitorados por Electrical penetration graph (EPG). Foram selecionados cinco genótipos de tomateiro: 'Santa Clara' (suscetível à mosca-branca), 'Ivety' e 'Carina TY' (resistentes a ToSRV), LA1335 e LA716 (resistentes à mosca-branca), para um experimento inicial para selecionar o genótipo mais suscetível ao inseto e ao vírus, o mais resistente ao vírus, e o mais resistente ao inseto para condução dos demais experimentos. Selecionou-se 'Santa Clara' (suscetível a ambos os organismos), 'Ivety' (resistente a ToSRV) e LA716 (resistente ao inseto). No experimento de atratividade, ficou demonstrado que LA716 repeliu as moscas-brancas, sendo o menos atrativo, seguido de 'Ivety' e depois 'Santa Clara' que foi o genótipo que apresentou maior número de moscas-brancas. Os três genótipos tratados com o inseticida ciantraniliprole, e o genótipo LA716 não tratado (resistência genética isoladamente) conseguiram reduzir a inoculação de ToSRV pelas moscas-brancas e provocar alta mortalidade dos insetos. Ademais, os genótipos tratados com ciantraniliprole, e 'Ivety' não tratado apresentaram menor severidade de ToSRV do que 'Santa Clara', o mais suscetível. Através da técnica de EPG, ficou evidenciado que LA716 e o tratamento dos três genótipos com ciantraniliprole promoveram efeitos semelhantes em B. tabaci biótipo B, em que houve redução do número de eventos da onda np, de prova, da onda C e da onda G por inseto, além de reduzir significativamente a proporção de indivíduos que realizaram as ondas pd, E1, E2, F, G, ingestão no floema por tempo prolongado, provas curtas, e aumentar a duração da onda np e reduzir a duração do tempo de prova, onda C, número de provas curtas e número de E2 prolongado por inseto. Ainda, a integração da resistência de LA716 com ciantraniliprole promoveu efeitos adicionais, como a redução da proporção de moscas-brancas que realizaram prova, onda C e G, em relação aos genótipos não tratados com o inseticida, e aumento da duração da onda np, prova e C por evento. Pela análise dos resultados, pode-se concluir que LA716 é altamente resistente a B. tabaci biótipo B. Além de ser menos atrativo, o genótipo proporciona efeitos semelhantes ao inseticida ciantraniliprole quanto à alta mortalidade de moscas-brancas, à redução da incidência de ToSRV, e à ação negativa sobre o comportamento de prova do inseto. A associação da resistência genética de LA716 com ciantraniliprole é interessante para o manejo da transmissão de ToSRV, por promover efeitos adicionais.
Título em inglês
Biological and behavioural aspects of Bemisia tabaci B biotype (Genn.) (Hemiptera: Aleyrodidae) on tomato genotypes and its relation to Tomato severe rugose virus
Palavras-chave em inglês
Attractiveness
Electrical penetration graph
Plant resistance
Transmission
Whitefly
Resumo em inglês
Insect vectors of phytopathogens are responsible by significant losses in agriculture, especially by disseminating microorganisms that cause diseases in host plants. The whitefly Bemisia tabaci B biotype is an important pest in the tomato crop, capable to transmit several virus in this crop. Thus, this study aimed to: verify the resistance to the transmission of the begomovirus Tomato severe rugose virus (ToSRV) by B. tabaci B biotype in tomato genotypes treated and non treated with the insecticide cyantraniliprole; know about insectplant interactions through experiments of feeding and oviposition attractiveness by the insect and probe behaviour of viruliferous adults of B. tabaci biotype B in tomato genotypes monitored by Electrical penetration graph (EPG). It was selected five tomato genotypes: 'Santa Clara' (susceptible to the whitefly), 'Ivety' and 'Carina TY' (resistant to ToSRV), LA1335 and LA716 (resistant to the whitefly), to an initial experiment to select the most susceptible genotype to the insect and to the virus, the most resistant to the virus, and the most resistant to the insect for carry out the others experiments. Thus, it was selected 'Santa Clara' (susceptible to both organisms), 'Ivety' (resistant to ToSRV) and LA716 (resistant to the insect). The attractiveness experiment showed that LA716 repelled the whiteflies, which was considered the least attractive, followed by 'Ivety', and after 'Santa Clara' which had the largest total number of whiteflies. The three cyantraniliprole treated genotypes, and the nontreated genotype LA716 (genetic resistance isolated) were able to reduce ToSRV inoculation by the whiteflies and to cause high mortality of insects, moreover, the cyantraniliprole treated genotypes, and non-treated 'Ivety' had less ToSRV severity than 'Santa Clara', the most susceptible. Through the EPG technique, it was clear that LA716 and the treatment of the three genotypes with cyantraniliprole promoted similar effects in B. tabaci B biotype, in which there was reduction of the number of events of waveform np, probe, waveform C and waveform G per insect, besides of reducting significantly the proportion of individuals that performed the waveforms pd, E1, E2, F, G, ingestion into phloem for long time, short probes, and increase the duration of the waveform np and reduce the duration of probe, waveform C, number of short probes and number of sustained E2 per insect. Moreover, the integration of the LA716 resistance with cyantraniliprole promoted additional effects, such as the reduction of the proportion of whiteflies that performed probe, waveform C and G, in relation to the non-treated genotypes, and an increasing in the duration of waveform np, probe and waveform C per event. Analyzing the results, it can be concluded that LA716 is highly resistant to B. tabaci biotype B. Besides of being less attractive, the genotype promotes similar effects to the insecticide cyantraniliprole considering the high mortality of whiteflies, the reduction of ToSRV incidence, and the negative effects in probing behaviour of the insect. The association of LA716 genetic resistance with cyantraniliprole is interesting to the ToSRV transmission management by promoting additional effects.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-08-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.