• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2015.tde-17092015-173300
Documento
Autor
Nome completo
Matheus Rôvere de Morais
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Yamamoto, Pedro Takao (Presidente)
Paiva, Paulo Eduardo Branco
Parra, José Roberto Postali
Título em português
Efeito letal e subletais de inseticidas à Ageniaspis citricola Longvinovskaya (Hymenoptera: Encyrtidae)
Palavras-chave em português
Controle biológico
Minador-dos-citros
MIP
Parasitoide
Seletividade
Resumo em português
O parasitoide Ageniaspis citricola Logvinovskaya é o principal agente de controle biológico do minador-dos-citros Phyllocnistis citrella Stainton. No entanto, com a detecção do huanglongbing houve um aumento no uso de inseticidas nos pomares cítricos e não se conhece seus efeitos à A. citricola. Desta maneira, estudou-se o efeito letal de cinco inseticidas e a persistência aos 3, 7, 10, 17 e 24 dias após a pulverização em mudas de citros mantidas em casa de vegetação ao parasitoide A. citricola, nas dosagens especificadas (g i.a. L-1): imidacloprido 0,04 (Provado® 200 SC), clorpirifós 0,72 (Lorsban® 480 BR), bifentrina 0,02 (Talstar® 100 EC), beta-ciflutrina 0,0125 (Turbo® 50 EC), abamectina 0,0054 (Vertimec®), bem como o efeito subletal no parasitismo em fêmeas expostas por 24 horas aos resíduos de abamectina. Imidacloprido, clorpirifós, bifentrina e beta-ciflutina foram considerados nocivos para adultos de A. citricola (M > 75%), enquanto que, abamectina foi considerado inócuo (M < 25%). Com base na duração do efeito nocivo, clorpirifós e beta-ciflutrina foram considerados de vida curta (< 5 dias), enquanto que, imidacloprido foi levemente persistente (5-15 dias) e bifentrina moderadamente persistente (16-30 dias). Abamectina não alterou a taxa de parasitismo de A. citricola, mas alterou substancialmente a razão sexual (0,11) quando comparado ao tratamento controle (0,5). Os resultados indicam que deve-se ter cautela em recomendar os produtos avaliados, observando-se o efeito residual daqueles produtos considerados nocivos à A. citricola, de forma a explorar a seletividade ecológica. Abamectina, embora inócua a adultos do parasitoide, pode levar a uma redução populacional de A. citricola, devendo-se realizar estudos de campo para elucidar essa questão.
Título em inglês
Lethal and sublethal effects of insecticides to Ageniaspis citricola Longvinovskaya (Hymenoptera: Encyrtidae)
Palavras-chave em inglês
Biological control
Citrus leafminer
IPM
Parasitoid
Selectivity
Resumo em inglês
Ageniaspis citricola Logvinovskaya is the main biological control agent of Phyllocnistis citrella Stainton. However, with the huanglongbing report, there was an increase in the use of insecticides in citrus orchards and the effects on A. citricola are not known. Thus, we studied the lethal effects of five insecticides and the persistence on 1, 3, 7, 10, 17 and 24 days post application in seedlings of citrus kept in greenhouse, using the specified dosages (g a.i. L-1): imidacloprid 0.04 (Provado® 200 SC), chlorpyriphos 0.72 (Lorsban® 48 BR), bifenthrin 0.02 (Talstar® 10 EC), beta-cyfluthrin 0.0125 (Turbo® 5 EC), abamectin 0.0054 (Vertimec® 18 EC), as well as the sublethal effect on the parasitism by females exposed to residues of 24 hours of abamectin. Imidacloprid, chlorpyriphos, bifenthrin and beta-cyfluthrin were considered harmful to A. citricola (M > 75%) and abamectin were considered harmless (M < 25%). Chlorpyriphos and beta-cyfluthrin were considered of short life (< 5 days), imidacloprid slightly persistent (5-15 days) and bifenthrin moderately persistent (16-30 days). Abamectin did not affect the parasitism by A. citricola, but the sex ratio, with a sex ratio of 0.11 against 0.5 of the control. The results indicate that we must be careful to recommend the evaluated insecticides, observing the persistence of those classified as harmful to A. citricola, as a manner to explore the ecological selectivity. Even though considered harmless to adult parasitoids, abamectin can lead to population reduction of A. citricola, being necessary field studies to confirm that situation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.