• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2008.tde-18072008-104004
Documento
Autor
Nome completo
Leticia Mika Tiba
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2008
Orientador
Banca examinadora
Nakano, Octavio (Presidente)
Omoto, Celso
Papa, Geraldo
Título em português
Efeito de alguns inseticidas sobre a mariposa Plutella xylostella (L., 1758) (Lepidoptera, Plutellidae) por meio de iscas esterilizantes.
Palavras-chave em português
Inseticidas
Iscas
Reguladores de crescimento
Reprodução animal
Traças.
Resumo em português
A mariposa Plutella xylostella (L., 1758) (Lepidoptera, Plutellidae), conhecida popularmente como traça das crucíferas, é uma importante praga da cultura das brássicas no Brasil e em diversos países. Seu controle normalmente é realizado com aplicações freqüentes de inseticidas convencionais, porém esse controle tem se mostrado ineficiente, além dos problemas ambientais, econômicos e de resistência de insetos que pode causar. A quimioesterilização apresenta-se como uma alternativa para o manejo desta praga, utilizando inseticidas modernos, mais seletivos aos inimigos naturais e de menor impacto ambiental. O objetivo deste trabalho foi estudar o emprego de alguns inseticidas com propriedades esterilizantes sobre a fase adulta de Plutella xylostella determinando as dosagens adequadas que atuaram sobre sua reprodução. Os produtos foram fornecidos às mariposas em forma de iscas que consistiram em: solução do produto + melaço 10%. Os inseticidas utilizados e suas respectivas dosagens foram abamectina (0,0025 g i.a./L calda), diflubenzurom (0,005 g i.a./L calda), lufenurom (0,005 g i.a./L calda) e piriproxifem (0,01 g i.a./L calda), além da testemunha. Apenas o tratamento com abamectina afetou a fecundidade de Plutella xylostella, apresentando 10,23 ± 4,41 ovos em média, enquanto na testemunha obteve-se 64,54 ± 15,11 ovos, porém a fertilidade foi afetada por todos os produtos. A viabilidade média dos ovos dos tratamentos com abamectina, diflubenzurom, lufenurom e piriproxifem foi, respectivamente 3,35%; 46,69%; 9,31% e 12,47%; todos diferiram estatisticamente da testemunha que apresentou viabilidade de 83,89%. A longevidade dos insetos tratados com os produtos não diferiu dos não tratados, com exceção dos indivíduos tratados com abamectina que apresentaram uma redução no tempo de vida. Quando os produtos testados foram oferecidos isoladamente para machos e fêmeas, a ação esterilizante apenas pode ser observada em fêmeas desta espécie, os machos não apresentaram nenhuma diferença com relação à testemunha quando alimentados com as iscas esterilizantes.
Título em inglês
Inseticide effects on the diamondback moth Plutella xylostella (L., 1758) (Lepidoptera, Plutellidae) by using sterilizing baits.
Palavras-chave em inglês
Avermectin
Chemosterilization
Diamondback moth
Insect growth regulators
Reproduction.
Resumo em inglês
Plutella xylostella (L., 1758) (Lepidoptera, Plutellidae), commonly known as diamondback moth, is an important pest of Brassicaceae in Brazil and several other countries. Its control is usually done with frequent applications of conventional insecticides. However, this approach is sometimes ineffective, besides some drawbacks such as environmental contamination, the high cost of application and the development of insecticides resistance. Chemosterilization using modern insecticides presents an alternative for this pest management. The aim of this study was to evaluate a range of insecticides with sterilizing properties on the adult reproduction of Plutella xylostella. Pesticides were provided to moths in baits, diluted in 10% molasses water solution. The insecticides used and respective doses were: abamectin (0.0025 g a.i./L), diflubenzuron (0.005 g a.i./L), lufenuron (0.005 g a.i./L) and pyriproxyfen (0.01 g a.i./L). A 10% molasses solution was used as a control treatment. Only abamectin affected the fecundity of Plutella xylostella, with a reduction from 64.54 ± 15.11 eggs/moth obtained in the control treatment to 10.23 ± 4.41 eggs/moth, when adults were fed this pesticide. However, fertility was affected by all pesticides. Egg viability when adults were feed abamectin (3.35%), diflubenzuron (46.69%), lufenuron (9.31%) and pyriproxyfen (12.47%) were reduced when compared to the control (83.89%). Only adults that were abamectin fed had their longevity reduced as compared to all other treatments. When the tested pesticides were offered isolated to males or females, their sterilizing activity was observed only when females had access to treated baits.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
leticia.pdf (363.53 Kbytes)
Data de Publicação
2008-07-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.