• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2010.tde-20042010-105859
Documento
Autor
Nome completo
Osmar René Arías Ruíz Díaz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2010
Orientador
Banca examinadora
Zucchi, Roberto Antonio (Presidente)
Souza Filho, Miguel Francisco de
Uramoto, Keiko
Título em português
Espécies de moscas-das-frutas do gênero Anastrepha Schiner, 1868 (DIPTERA:TEPHRITIDAE) coletadas nos estados de Concepción e Misiones, Paraguai
Palavras-chave em português
Espécies animais
Moscas-das-frutas
Ocorrência - Paraguai.
Resumo em português
Foram estudas as espécies de Anastrepha coletadas pelo Servicio Nacional de Calidad y Sanidad Vegetal y de Semilla (SENAVE), no município de Concepción, estado de Concepción e no município de Santa Rosa, estado de Misiones. As moscas-das-frutas foram coletadas em armadilhas tipo McPhail com proteína hidrolisada (atraente alimentar), por um ano (maio de 2008 a maio de 2009). Foram coletadas 3.095 fêmeas de Anastrepha, pertencentes a 18 espécies: A. amita Zucchi, 1978; A. daciformis Bezzi, 1909; A. dissimilis Stone, 1942; A. elegans Blanchard, 1937; A. fraterculus (Wied., 1830); A. grandis (Macquart, 1846); A. montei Lima, 1934; A. nascimentoi Zucchi, 1978; A. pickeli Lima, 1934; A. punctata Hendel, 1914; A. serpentina (Wied., 1830); A. striata Schiner, 1868; A. sororcula Zucchi, 1978; A. turpiniae Stone, 1942; A. undosa Stone, 1942 e A. zernyi Lima, 1934, além de duas prováveis novas espécies. Oito espécies, Anastrepha amita, A. dissimilis, A. nascimentoi, A. pickeli, A. serpentina, A. striata, A. turpiniae e A. zernyi, estão sendo registradas pela primeira vez no Paraguai. Anastrepha fraterculus foi a espécie mais frequente (70,76%), seguida por A. punctata (11,11%), A. sororcula (9,73%) e A. pickeli (3,20%). As demais espécies apresentaram uma frequência inferior a 2%. Em Concepción, foram coletadas 1.273 fêmeas que correspondem a 13 espécies. Em Santa Rosa, foram capturadas 1.822 fêmeas pertencentes a 11 espécies. Sete espécies, A. montei, A. pickeli, A. serpentina, A. turpiniae, A. undosa e as duas prováveis novas espécies foram coletadas apenas em Concepción e outras cinco espécies, A. amita, A. daciformis, A. elegans, A. grandis e A. zernyi, foram capturadas somente em Santa Rosa. As espécies comuns para os dois municípios são A. dissimilis, A. fraterculus, A. nascimentoi, A. punctata, A. striata e A. sororcula. Dez espécies estavam registradas no Paraguai, mas considerando os dados aqui apresentados, 20 espécies são conhecidas atualmente no Paraguai. Alguns parâmetros faunísticos foram analisados e uma chave ilustrada para todas as espécies registradas no Paraguai foi elaborada.
Título em inglês
Fruit fly species of genus Anastrepha (Diptera: Tephritidae) collected in the states of Concepción and Missiones, Paraguay
Palavras-chave em inglês
Faunistic analysis
Illustrated key
Occurrence
Traps.
Resumo em inglês
Species of Anastrepha surveyed by Servicio Nacional de Calidad y Sanidad Vegetal y de Semilla SENAVE in counties of Concepción, state of Concepción, and in Santa Rosa, state of Missiones, were studied. Fruit flies were collected in traps MacPhail type baited with hidrolised protein throughout one year (from May 2008 to May 2009). In both counties were collected 3,095 females of Anastrepha belonging to A. amita Zucchi, 1978; A. daciformis Bezzi, 1909; A. dissimilis Stone, 1942; A. elegans Blanchard, 1937; A. fraterculus (Wied., 1830); A. grandis (Mcquart, 1846); A. montei Lima, 1934; A. nascimentoi Zucchi, 1978; A. pickeli Lima, 1934; A. punctata Hendel, 1914; A. serpentina (Wied., 1830); A. sororcula Zucchi, 1978; A. striata Schiner, 1868; A. turpiniae Stone, 1942; A. undosa Stone, 1942 and A. zernyi Lima, 1934, besides two probable new species. Eight species are being recorded for the first time in Paraguay such as Anastrepha amita, A. dissimilis, A. nascimentoi, A. pickeli, A. serpentina, A. striata, A. turpiniae and A. zernyi. Anastrepha fraterculus (70.76%) was the most frequent species, followed by A. punctata (11.11%), A. sororcula (9.73%) and A. pickeli (3.20%). Frequency of the other species was less than 2%. In Concepción, 1,273 females were collected belonging to 13 species and, in Santa Rosa were collected 1,822 females distributed in 11 species. Seven species, A. montei, A. pickeli, A. serpentina, A. turpiniae, A. undosa and two probable new species were collected only in Concepción and other five species, A. amita, A. daciformis, A. elegans, A. grandis and A. zernyi were captured only in Santa Rosa. Species more common in both counties were A. dissimilis, A. fraterculus; A. nascimentoi, A. punctata, A. strita and A. sororcula. Ten species were previously known in Paraguay, but considering the records herein presented, 20 species are currently recorded in Paraguay. Some faunistic parameters were studied and an illustrated key for all species recorded in Paraguay was elaborated.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Osmar_Diaz.pdf (2.96 Mbytes)
Data de Publicação
2010-04-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.