• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155826
Document
Auteur
Nom complet
Laerte Antonio Machado
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 1998
Directeur
Titre en portugais
Bioecologia e manejo da broca-dos-citros Diploschema rotundicolle (Serville, 1834) (Coleoptera: Cerambycidae)
Mots-clés en portugais
BIOLOGIA
BROCA-DOS-CITROS
CONTROLE BIOLÓGICO
LARANJA NATAL
MANEJO INTEGRADO
Resumé en portugais
O objetivo deste trabalho foi conhecer aspectos relacionados à bioecologia da broca-dos-citros, Diploschema rotundicolle, com a finalidade de estabelecer um sistema de manejo integrado, através da catação manual de ramos atacados pelo inseto na época da oviposição (controle cultural) associado ao fungo Metarhizium anisopliae (controle biológico). Para o estudo da bioecologia utilizou-se 32 plantas de citros, (Citrus sinensis, da variedade Natal com 18 anos de idade, nas quais consideraram-se 3 partes (baixa, média e alta), para verificar se havia preferência das fêmeas, na ocasião da oviposição, por uma destas partes do vegetal. Os levantamentos foram semanais, durante um período de 3 anos e todos os ramos retirados com os sintomas de ataques do inseto foram levados ao laboratório, onde foram abertos para a constatação da presença da larva e possíveis ocorrências de inimigos naturais. Comparou-se em 2 experimentos de campo, 1989 e 1990, a eficiência do controle cultural realizado pelo produtor com o da equipe de pesquisa, sempre associado ao controle biológico com M. anisopliae. No primeiro, o fungo foi aplicado mediante a introdução de lagartas de Galleria mellonella infectadas (inseto vetor), no interior do canal aberto pela larva da broca-dos-citros e no segundo, comparou-se o efeito do patógeno aplicado na forma de pó. Os estudos da flutuação populacional evidenciaram um período de oviposição para D. rotundicolle, com maior freqüência entre os meses de março a junho e que as fêmeas preferem as partes baixas e medianas da planta para ovipositar, sendo que nestes locais a espécie apresentou maior viabilidade larval. Os resultados das catações manuais realizadas pela equipe de pesquisadores, assim como o controle biológico mediante as 2 formas de aplicações do fungo, foram eficazes no controle de larvas de D. rotundicolle. Já o controle cultural realizado pelo citricultor não foi eficiente em nenhum dos experimentos.
Titre en anglais
not available
Resumé en anglais
not available
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2018-11-27
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.