• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155831
Document
Auteur
Nom complet
Imeuda Peixoto Furtado
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 1997
Directeur
Titre en portugais
Biossistemática e biologia de espécies de Euseius (Acari: Phytoseiidae) associadas à mandioca
Mots-clés en portugais
ÁCAROS PREDADORES
BIOLOGIA
CLASSIFICAÇÃO
CONTROLE BIOLÓGICO
MANDIOCA
Resumé en portugais
Euseius citrifolius Denmark & Muma e Euseius concordis (Chant) são ácaros predadores da família Phytoseiidae, comumente encontrados em agrossistemas da mandioca nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. A viabilidade do uso destes organismos como agentes de controle biológico em mandioca, para o controle do ácaro verde (Mononychellus tanajoa (Bondar)), requer um estudo básico de certificação das espécies, biologia e entendimento das relações destes predadores com o ácaro praga. A biologia de E. citrifolius coletado em campos de mandioca no município de Jaguariúna, São Paulo, foi estudada em laboratório. O período de desenvolvimento e a viabilidade das fases imaturas foram avaliados, quando este ácaro foi criado em 7 dietas diferentes (pólen de Typha angustifolia; pólen de Ricimus communis; uma combinação entre pólen de R. communis + ovos e larvas de M. tanajoa + exsudato de plantas de mandioca; ovos e larvas de M. tanajoa; ovos e larvas de Tetranychus urticae Koch; primeiros instares de Scirtothips manithoti (Bondar)), todos os estágios de Phyllocoptruta oleivora (Ashmead) e um tratamento testemunha, correspondente a ácaros predadores mantidos sem alimentação. Pólen de taboa, pólen de mamona, combinação, M. tanajoa e T. urticae produziram adultos viáveis. Pólen de taboa mostrou-se o melhor alimento para E. citrifolius, resultando em uma razão intrínseca de crescimento (rm) de 0,200. Embora E. concordis seja comum em diferentes regiões do país, tem-se observado uma considerável diferença em relação às plantas hospedeiras em que este é predominante. No Nordeste, este ácaro é raramente encontrado em plantas de mandioca, porém no Sudeste e Centro-Oeste, é uma das espécies predominantes nesta cultura. Acasalamento e inseminação foram observados em cruzamento heterogâmico entre fêmeas P x machos J, mas não oviposição. No cruzamento recíproco (fêmea J x machos P), ocorreram acasalamento, inseminação e oviposição, porém a progênie foi constituída somente por machos (machos JP). Sendo os machos de Fitoseídeos haplodiploides, concluiu-se que existe um isolamento reprodutivo entre estas populações. Os resultados destes estudos de cruzamento sugerem que as pequenas diferenças morfológicas entre indivíduos destas populações podem atualmente corresponder à existência de 2 espécies idênticas mas distintas do ponto de vista biológico
Titre en anglais
not available
Resumé en anglais
not available
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2018-11-27
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.