• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155908
Documento
Autor
Nombre completo
Francisco Lozano Leonel Junior
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1991
Director
Título en portugués
Espécies de Braconidae (hymenoptera) parasitóides de moscas-das-frutas (Diptera. Tephritidae) no Brasil
Palabras clave en portugués
BRACONÍDEOS
INSETOS PARASITOIDES
MOSCA-DAS-FRUTAS
Resumen en portugués
Com o objetivo de se estudar as espécies de parasitóides (Hymenoptera, Braconidae) de moscas-das-frutas(Diptera, Tephritidae) realizaram-se levantamentos em condições de campo nos municípios de Limeira e Piracicaba (Estado de São Paulo), além de identificações em exemplares procedentes de várias localidades do Brasil. As coletas dos parasitóides foram realizadas indiretamente pelo recolhimento dos frutos hospedeiras (26 espécies) nas plantas e/ou na solo infestados por larvas de moscas-das-frutas. As identificações foram feitas com base em trabalhos taxonômicos e confirmadas por comparação com exemplares da coleção da Fundação Oswaldo Cruz no Rio de Janeiro e pelo Dr. Robert A. Wharton (Texas A. & M. University, College Station, Texas). Para as espécies de braconídeos apresentou-se uma chave de identificação e a caracterização. Elaborou-se também um mapa de distribuição geográfica das espécies e uma tabela de ocorrência dos hospedeiros (frutos) durante os meses das coletas (outubro/1987 à novembro/1988), além da associação dos parasitóides com seus hospedeiros e frutíferas e o cálculo de parasitismo. Foram examinados 3578 parasitóides pertencentes à família Braconidae (duas subfamílias e seis espécies), Cynipidae (uma subfamília) e Diapriidae e 546 moscas-das-frutas da família Tephritidae (seis espécies). Os resultados permitem concluir que a subfamília Opiinae é a mais comum com as seguintes espécies: Doryctobracon arelatus (Szépligeti, 1911) , D. brasiliensis (Szépligeti, 1911), Opius bellus Gahan, 1930, Opius sp. (espécie próxima de bellus) e Utetes(Bracanastrepha) anastrephae (Viereck, 1913). Na subfamília Alysiinae ocorreu a espécie Phaenocarpa anastrephae Muesebeck, 1958, sendo esta a primeira referência no Brasil. D. areolatus foi a espécie mais frequente representando 68,89% de todos os exemplares examinados e ocorrendo em 91,3% das frutíferas amostradas. O parasitismo médio para todas as frutíferas foi de 2,9 (Opiinae) e 3,5% (Opiinae + Cynipidae + Diapriidae), sendo a variação de zero à 22,47%
Título en inglés
not available
Resumen en inglés
not available
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2018-11-27
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.