• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Brioschi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2001
Orientador
Título em português
Resíduos de clorotalonil em frutos e folhas de tomate de cultura estaqueada (Lycopersicon esculentumMill.)
Palavras-chave em português
ESTAQUIA
FOLHAS
INSETICIDAS
RESÍDUOS DE FUNGICIDAS
TOMATE
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi estudar a degradação e persistência dos resíduos de clorotalonil em frutos e folhas de tomate de uma cultura estaqueada. O experimento foi instalado no município de Mombuca - SP, e constou de quatro tratamentos (com três repetições): A - uma aplicação de clorotalonil em dosagem simples de 150 g i.a./100 L água; B - uma aplicação em dosagem dobrada de 300 g i.a./100 L água; C - 4 aplicações na dosagem simples de 150 g i.a./100 L água e o último tratamento D - testemunha. A aplicação nos tratamentos com apenas uma pulverização foi realizada no mesmo dia da última aplicação do tratamento C. As amostras de frutos e folhas foram colhidas um dia antes da aplicação conjunta (-1) e aos zero, 1, 2, 3, 5, 7 e 14 dias após. Os valores médios de meia-vida de degradação dos resíduos de clorotalonil em frutos e folhas, foram: 1,6 e 2,0 dias, respectivamente, mostrando redução mais lenta dos resíduos em folhas. As meias-vida de persistência para os dois substratos foram: 11,6 e 11,1 dias, respectivamente. Os resíduos encontrados nos frutos logo após a aplicação foram menores que a tolerância oficial (1 mg/Kg) para o tratamento A, que consistiu de uma aplicação na dosagem simples de 150 g i.a./100 L água (dosagem recomendada). Já para os tratamentos B (300 g i.a./100 L água) e C (4 x150 g i.a./100 L água) após sete dias de aplicação (intervalo de segurança) se encontravam em níveis acima da tolerância oficial
Título em inglês
Chlorothalonil residues in fruits and leaves in a staked tomato crop (Lycopersicon esculentumMill.)
Resumo em inglês
The objective of this work was to study the chlorothalonil residues behaviour in fruits and leaves in a staked tomato crop. The experiment was carried out in Mombuca - SP township, and consisted of four treatments (with three replications each): A - one application of chlorothalonil in single dos age of 150 g i.a./100 L of water; B - one application of chlorothaloníl in double dosage of 300 g i.a./100 L of water; C – four applications of chlorothalonil in single dosage of 150 g i.a./100 L of water and D - the control. The spray of treatments A and B was in the same day of the last application of treatment C. Sample of fruits and leaves were collected one day before the concomitant application -1, zero, 1, 2, 3, 5, 7 and 14 days after. The average half-lives degradation values of chlorothalonil residues in fruits and leaves, were: 1,6 and 2,0 days, respectively, showing a slower residual decrease in leaves. The persistence half-lives for both substracts were: 11,6 and 11,1 days, respectively. The residues found in fruits five days after application were lower than the adopted legal tolerance (1 mg/kg) for the treatment which utilized 150 g i.a./100 L water in a single application. One application of 300 g i.a./100 L water (treatment B) and four applications of 150 g i.a./100 L water (treatment C), seven days (security interval) after application were above of tolerance official leveI
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
BrioschiDaniela.pdf (1.92 Mbytes)
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.