• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-111150
Documento
Autor
Nome completo
Adalton Raga
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1990
Orientador
Título em português
Uso da radiação gama na desinfestação de mangas destinadas à exportação em relação a Ceratitis capitata (wied., 1824), Anastrepha fraterculus (Wied., 1830) e Anastrepha obliqua (Macquart, 1835) (Diptera, Tephritidae)
Palavras-chave em português
DESINFESTAÇÃO
MANGA IRRADIADA
MOSCA-DAS-FRUTAS
MOSCA-DO-MEDITERRÂNEO
RADIAÇÃO GAMA
RESISTÊNCIA
Resumo em português
O objetivo da presente pesquisa foi estabelecer doses de radiação gama que atendam as exigências quarentenárias de países importadores, quanto a desinfestação de frütos de manga, em relação as espécies de moscas-das-frutas Ceratitis capitata (wied., 1824), Anastrepha fraterculus (Wied., 1830) e Anastrepha obliqua (Macquart, 1835). Pode-se concluir que há um aumento da radioresistência de ovos de C. capitata, no decorrer do desenvolvimento embrionário, sendo estimado para ovos de 48 horas, um DL 99, 9968 (Probit 9) de 24,67Gy. Não há influência significativa dos frutos de manga na irradiação de ovos e larvas de C. capitata. As doses de até 40 Gy para C. capitata e 100 Gy para A. fraterculus e A. obliqua não afetam o pupamento das larvas com 4, 5, 6 e 7 dias de idade, irradiadas "in vitro". As larvas de C. capitatasão mais radioresistentes do que ovos da mesma espécie. As larvas de A. fraterculus de 7 dias são mais resistentes que as de 4, 5 e 6 dias e apresentam um Probit 9 de 76,38 Gy ("in vitro") e 61,79 Gy (em frutos de manga). São requeridos 40 Gy para atender a segurança quarentenária para larvas de C. capitata em frutos de manga. De modo geral, as larvas de C. capitata são mais radioresistentes que as de A. obliqua e A. fraterculus, sendo estas as mais radiosensíveis. As larvas de 5 dias de A. obliqua são mais radioresistentes que 4, 6 e 7 dias e requerem um Probit 9 de 57,74 Gy ("in vitro") e 125,5 Gy (em frutos de manga). Esta dose atende ao critério de não emergência de adultos para as fases de ovos e larvas das 3 espécies estudadas.
Título em inglês
Use of gamma radiation against Ceratitis capitata (wied., 1824), Anastrepha fraterculus (Wied., 1830) and Anastrepha obliqua (Macquart, 1835) (Diptera, Tephritidae) for disinfestation of mangoes for exportation.
Resumo em inglês
The objective of this study was to determine gamma radiation doses to attend quarantine requirements of importing countries, by disinfesting mango fruits from Ceratitis capitata (wied., 1824), Anastrepha fraterculus (Wied., 1830) e Anastrepha obliqua (Macquart, 1835). An increase of radiation resistance of C. capitata eggs was observed during the embryonic development and a DL 99.9968 (Probit 9) of 24.67 Gy was estimated for 48-hour-old eggs, "in vitro". There was no significant influence of mangoes on the irradiation of eggs and larvae of C. capitata. Doses up to 40 Gy for C. capitata and up to 100 Gy for A. fraterculus and A. obliqua did not affect pupation of 4-, 5-, 6- and 7-day-old larvae, irradiated "in vitro". Larvae of C. capitata were more resistant than the eggs. Seven-day-old larvae showed to be more resistant than 4-, 5- and 6-day-old larvae, with a Probit 9 of 76.38 Gy ("in vitro") and 61.79 Gy (in mangoes). Larvae of C. capitata in magoes required 40 GY to ensure quarantine safety. Generally speaking, larvae of C. capitata were more resistant than A. obliqua and A. fraterculus. Larvae of A. obliqua were more resistant than A A. fraterculus. Five-day-old larvae of A. obliqua were more resistant than 4-, 6- and 7-day-old larvae, requiring a Probit 9 of 57.74 Gy ("in vitro") and 125.5 Gy (in mangoes). Therefore, 125.5 Gy fulfilled the criteria for efficacy, which prevented emergence of the adults of three fruit fly species studied
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RagaAdalton.pdf (5.85 Mbytes)
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.