• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-140703
Documento
Autor
Nome completo
Jose Celso Martins
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1986
Orientador
Título em português
Aspectos biológicos de Anastrepha fraterculus (Wied., 1830) (Diptera, Tephritidae) em dieta artificial sob diferentes condições de laboratório
Palavras-chave em português
BIOLOGIA
CRIAÇÃO MASSAL
DIETA ARTIFICIAL
MOSCA-DAS-FRUTAS
Resumo em português
O objetivo da presente pesquisa foi desenvolver uma técnica de criação para Anastrepha fraterculus (Wied., 1830), utilizando-se dietas artificiais. Avaliou-se o efeito de diferentes dietas, temperaturas e fotoperíodos na biologia do inseto, procurando desenvolver uma técnica de criação que fornecesse subsídios a novos métodos de controle de praga e que facilitasse estudos ecológicos e etológicos desta importante espécie de mosca-das-frutas. Pode-se concluir que a dieta artificial à base de bagacilho de cana, germe de trigo e levedura é promissora para criação de A. fraterculus, muito embora tenha proporcionado uma baixa viabilidade total. A temperatura de 25°C foi a mais adequada para criação desta espécie, sendo que nesta temperatura a longevidade dos machos foi significativamente maior do que a das fêmeas. A capacidade de postura e a viabilidade dos ovos decresceram com a idade das fêmeas, sendo que os valores da taxa líquida de reprodução e da razão finita de aumento atestaram a adequação nutricional da dieta artificial à base de bagacilho de cana, germe de trigo e levedura. A temperatura base para a fase de ovo de A. fraterculus foi de 6,3°C com uma constante térmica de 61,26 GD. O substrato de cor vermelha, nº 93 do Código Universal de Cores de Seguy (1936), foi o mais adequado como local de postura, sendo que para haver eclosão, os ovos devem estar em contato direto com a água. Apesar disto, o excesso de água na dieta prejudica o desenvolvimento de A. fraterculus. A melhor combinação de fotofase:escotofase para criação desta espécie foi 14:10.
Título em inglês
Biological aspects of Anastrepha fraterculus (Wied., 1830) (Diptera, Tephritidae) on artificial diet under different laboratory conditions
Resumo em inglês
The objective of this study was to develop a technique for rearing Anastrepha fraterculus (Wied., 1830), using artificial diets. The effect of different temperature and photoperiods on this insect's biology was evaluated in an attempt to develop a rearing technique which provided subsidies for new methods of pest control and which facilitated ecological and ethological studies on this important fruit fly species. It was concluded that an artificial diet consisting of sugarcane bagasse, wheat germ and yeast is promising for rearing A. fraterculus although it rendered a low total viability. The most adequate temperature for rearing this species was 25°C; at this temperature the longevity of males was significantly higher than that of females. Egg laying capacity and viability decreased with age of females, and the net reproduction rate values and the values of the finite ratio of increase attested to the nutritional adequateness of the artificial diet consisting of sugarcane bagasse, wheat germ and yeast. The threshold of temperature for the egg phase of A. fraterculus was 6.3°C with a thermal constant of 61.26 degree days. The red color, nº 93 on Seguy's color code (1936), was the most adequate egg laying substrate. The eggs should be in direct contact with water for hatching, however, excessive water in the diet jeopardizes the development of A. fraterculus. The best photophase:scotophase combination for rearing this was 14:10.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MartinsJoseCelso.pdf (7.57 Mbytes)
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.