• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2019.tde-20191220-131055
Documento
Autor
Nome completo
Marcone César Mendonça das Chagas
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1999
Orientador
Título em português
Phyllocnistis citrella Stainton , 1856 (Lepidoptera : Gracillariidae) : bioecologia e relação com cancro cítrico
Palavras-chave em português
XANTHOMONAS
BACTÉRIAS FITOPATOGÊNICAS
BIOLOGIA
CANCRO CÍTRICO
LIMÃO-CRAVO
MINADOR-DOS-CITROS
Resumo em português
A pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de se estudarem aspectos biológicos do minador-dos-citros, Phyllocnistis citrella Stainton, 1856 em diferentes temperaturas e umidades relativas do ar, bem como avaliar a sua relação com a bactéria do cancro cítrico, Xanthomonas axonopodis pv citri, a fim de se obterem informações básicas, passíveis de subsidiarem programas de manejo do minador-dos-citros, através da previsão da evolução da praga em diferentes regiões citrícolas do Estado de São Paulo. A pesquisa relacionada à bioecologia de P. citrella, foi desenvolvida nos laboratórios e casa-de-vegetação do Departamento de Entomologia, Fitopatologia e Zoologia Agrícola da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiróz” (ESALQ),da Universidade de São Paulo (USP). O estudo relacionado ao papel do inseto na disseminação da bactéria do cancro cítrico, X. axonopodis pv citri, foi conduzido na Estação Experimental do Instituto Biológico de SP, no município de Presidente Prudente, SP. A metodologia desenvolvida, utilizando-se plantas de limão-cravo (Citrus limonia), cultivadas em “tubetes”, como hospedeiro de P. citrella, mostrou-se adequada à criação contínua do inseto em laboratório. As condições térmicas favoráveis à P. citrella variaram com o seu estágio de desenvolvimento, sendo as temperaturas de 25, 30 e 32°C, favoráveis à postura, desenvolvimento embrionário e complementação das fases larval e pupal, respectivamente. Com base nas exigências térmicas do inseto, constatou-se uma variação de 12,1 a 14,1 gerações no período de setembro a abril (período de brotações) nas regiões representativas da citricultura do Estado de São Paulo. A alternância de temperaturas, durante o desenvolvimento das fases imaturas e adulta de P. citrella, não influenciou sua fecundidade, enquanto que, a umidade relativa de 70% foi a mais adequada ao inseto. O minador-dos-citros preferiu ovipositar na superfície abaxial e na nervura principal das folhas de citros com comprimento entre 0,6 e 2,0 cm, tais ovos foram colocados, em maior quantidade, no terço apical e porção mediana da área foliar. Ficou evidente que há uma estreita relação entre as lesões nas folhas, provocadas por P. citrella, e a infecção da bactéria do cancro cítrico, X. axonopodis pv citri
Título em inglês
Phyllocnistis citrella Stainton , 1856 (Lepidoptera : Gracillariidae) : bioecology and relation to citrus canker
Resumo em inglês
This research was carried out to study biological aspects of the citrus leafminer, Phyllocnistis citrella Stainton, 1856 in different temperatures and relative humidities, as well as to evaluate its association with the citrus canker bacteria, Xanthomonas axonopodis pv citri, in order to obtain basic information for management programs for the citrus leafminer in different citrus regions of the state of São Paulo, Brazil. The research related to P. citrella, bioecology was developed in laboratory and greenhouse of the Department of “Entomologia, Fitopatologia and Zoologia Agrícola”, University of São Paulo, in Piracicaba, State of São Paulo. The rearing methodology was designed by the authors and proved to be extremely suitable for the purposes of this research. The best temperature conditions for P. citrella were 25, 30 and 32 o C for egg laying, embrionary development and larval and pupal stages, development, respectively. Based on the insect thermal requirements, a variation of 12.1 to 14.1 generations from September to April (sprouting period) in representative citrus regions of São Paulo State was observed. The temperature combinations used during the development of P. citrella immature and adult stages, did not affect its fertility, while the relative humidity of 70% was the most suitable for the insect. The citrus leaf miner preferred to lay eggs on the abaxial surface and on the main nervure of citrus leaf measuring 0.6 to 2.0 cm length. Most of the eggs were laid on the apical third and on the leaf area middle portion. It was evident that there is a close relationship between the injuries on the leaves made by P. citrella and the infection caused by citrus canker bacteria, X. anoxopodis pv citri
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.