• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2019.tde-20191220-131246
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Marçal Fernandes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1990
Orientador
Título em português
Controle microbiano de Cornitermes cumulans (Kollar, 1832) (isoptera - termitidae) utilizando Beauveria bassiana (bals.) Vuill e Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorok
Palavras-chave em português
CUPIM DE MONTÍCULO
CONTROLE BIOLÓGICO
FUNGOS ENTOMOPATOGÊNICOS
PASTAGENS
Resumo em português
Controle microbiano de Cornitermes cumulans (Kollar, 1832) (Isoptera - Termitidae) utilizando Beauveria bassiana (Bals.) Vuill e Metarhizium anisopliae(Metsch.) Sorok Estudou-se em laboratório e campo a potencialidade dos fungos Beauveria bassiana (Bals.) Vuill e Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorok. como alternativa biológica no controle de colônias de Cornitermes cumulans (Kollar.1832), importante praga das pastagens no Brasil. Em bioensaios de laboratório selecionaram-se isolados de B. bassiana e M. anisopliae com alta virulência a C. cumulans os quais foram, posteriormente, comparados em testes de campo, obtendo-se dois isolados (1 de B. bassiana e 1 de M. anisopliae) que provocaram 100% de mortalidade e elevado índice de conidiação sobre os cadáveres. Foram feitos outros testes no campo para estudo de doses, formulações, métodos e épocas de aplicação e sobrevivência dos fungos no interior dos cupinzeiros de C. cumulans. A dose de dois gramas de conídios puros, aplicada com uma polvilhadeira manual, provocou mais de 90% de mortalidade das colônias pelas 2 espécies de fungos. A espécie B. bassiana foi mais eficiente no inverno e M. anisopliae no verão. Conídios de M. anisopliae se mantiveram viáveis e virulentos a C. cumulans, no mínimo, por 90 dias no interior dos cupinzeiros, enquanto B. bassiana perdeu a viabilidade em menos de 45 dias. Comprovou-se também, em bioensaios de laboratório e teste de campo, a patogenicidade e eficiência desses fungos no controle das seguintes espécies de cupins: Cornitermes snyderi Emerson, Syntermes sp., Cryptotermes sp., Coptotermes havilandi Holmgren, Heterotermes sp. e Nasutitermes sp. Na comparação de custos de controle entre B. bassiana, M. anisoppliae e três inseticidas químicos, ficou evidente que os fungos são mais econômicos que os inseticidas químicos para o controle de C. cumulans.
Título em inglês
Microbial control of Cornitermes cumulans (Kollar, 1832) (Isoptera, Termitidae) with Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. And Metarhizium anisopliae (Metsch,) Sorok
Resumo em inglês
This research deals with the use of Beauveria bassiana (Bals.) Vuill, and Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorok. as a biological alternative on the control of Cornitermes cumulans (Kollar), an important pest of pastures in Brazil. Isolates of B. bassiana and M. anisopliae highly virulents to C. cumulans were selected by laboratory bioassays and compared in field tests. From these field tests two isolates were selected, one of B. bassiana and one of M. anisopliae, which caused 100% of mortality and a high index of conidiation on the dead termites. Field tests were also carried out to determine dosages, formulations, methods and time of application, as well as the survival of the fungi inside the nests of C. cumulans. The dosage of 2g of pure conidia, applied by dusting, caused more than 90% of mortality of the termite nests by the two species of fungi. B. bassiana was more effective in the wintertime while M. anisopliae was more effective in the summertime. The M. anisopliae conidia were viable and virulent to C. cumulans for at least 90 days inside the termite nests, whereas the B. bassiana ones lost the viability in less than 45 days. The laboratory bioasssays and the field tests also confirmed the pathogenicity and efficiency of these fungi on the control of the following species of termites: Cornitermes snyderi Emerson, Syntermes sp., Cryptotermes sp., Coptotermes havilandi Holgren, Heterotermes sp. and Nasutitermes sp. The comparison of costs of control among B. bassiana, M. anisopliae and three chemical insecticides indicated that the fungi are more economical than the chemical insecticides on the control of C. cumulans
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.