• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-132157
Documento
Autor
Nome completo
Gerbson Azevedo de Mendonça
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Título em português
Polinização entomófila do coqueiro (Cocos nucifera L.)
Palavras-chave em português
ABELHAS
COCO
INSETOS POLINIZADORES
POLINIZAÇÃO
VESPAS
Resumo em português
O coqueiro apresenta importantes características de interesse econômico para o Brasil, onde são plantados 300.000 ha. Os estudos direcionados ao conhecimento da planta, visando aumentos de produtividade, ainda são poucos em condições brasileiras. Com o objetivo de conhecer a ecologia das interações polinizadores-coqueiro; verificar a influência da polinização entomófila na produção da cultura; dos fatores climáticos sobre as formas de polinização e determinar a densidade ótima de colmeia/ha, foram desenvolvidos estudos em plantios de três variedades de coqueiro (anão, híbrido e gigante), entre junho de 1999 e dezembro de 2001, em Parnamirim, RN. Foi observado que ocorre autopolinização apenas em coqueiros anões e polinização anemófila nas três variedades. As abelhas Scaptotrigona postiça, S. depilis e, principalmente Apis mellitera, melhoram a polinização das plantas. As vespas Polistes canadenses, Agelaia pallipes, A. vicina, Polybia sericea, P. ignobilis e P. occidentalis, não apresentaram importância como polinizadores. O raio de ação de A mellitera foi mais efetivo até 100 m nos coqueiros anões e híbridos e até 120 m nos gigantes. A densidade de uma colmeia/ha aumentou o número de frutos em 7,0; 10,9 e 16 % nas variedades anã, híbrida e gigante, respectivamente.
Título em inglês
Pollination entomophile of coconut palm (Cocos nucifera L.)
Resumo em inglês
The coconut palm presents important characteristics of economic interest to Brazil, where 300.000 ha are planted there is. The studies addressed to the knowledge of the plant, seeking productivity increases, they are still few in Brazilian conditions. With the objective of knowing the ecology of the interactions pollinators-coconut tree; to verify the influence of the pollination by insects in the production of the culture; of the climatic factors on the pollination forms and to determine the best density of bee hive/ha, studies were developed in plantations of three coconut tree varieties (dwarf, hybrid and tall), among June of 1999 and December of 2001, in Parnamirim, RN, Brazil. lt was observed that just happens self-pollination of the same inflorescence in dwarf coconut trees and pollination by insects in the three varieties. The stinglees bees Scaptotrigona postica and S. depilis and, mainly honeybee, Apis mellitera, improves the pollination of the plants. The wasps Polistes Canadensis, Agelaia pallipes, A. vicina, Polybia sericea, P. ignobilis and P. occidentalis, didn't present importance as pollinators. The ray of action of A. mellifera was more effective up to 100 m in the dwarf and hybrid coconut trees and until 120 m in the tall variety. The density of a hive/ha increased the number of fruits in 7,0; 10,9 and 16,0% in the varieties dwarf, hybrid and tall, respectively.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.