• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.1995.tde-20210104-193123
Documento
Autor
Nombre completo
Rodolfo Bianco
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1995
Director
Título en portugués
Construção e validação de planos de amostragem para o manejo da lagarta do cartucho - Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797 ) (Lepidoptera, Noctuidae ), na cultura do milho
Palabras clave en portugués
AMOSTRAGEM
LAGARTA-DO-CARTUCHO
MANEJO
MILHO
Resumen en portugués
A principal praga na cultura do milho é Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera, Noctuidae). Problemas no uso abusivo de inseticidas são devidos, entre outros fatores, à falta de métodos de amostragens simples para a tomada de decisão de controlar ou não a praga. Por isso, o objetivo deste trabalho foi o de desenvolver planos de amostragem para subsidiar a implementação do manejo dessa lagarta. Amostragens foram realizadas em áreas experimentais e comerciais nos principais estados produtores de milho no Brasil. Avaliações foram realizadas em plantas que apresentavam 30 - 40 dias de idade (8 - 10 folhas abertas), em áreas uniformes, com densidade de cinco plantas/metro linear. Em cada área, foram tomadas 40 amostras sistematizadas, aplicando uma escala de notas de dano que variou de 0 a 5. Para efeito de computação dos dados, foram consideradas plantas danificadas somente as que apresentavam notas maiores ou iguais a três (dano no cartucho). Tamanho da unidade amostral, quantidade e modo de alocação das amostras, tipo de disposição espacial das plantas danificadas, praticidade, confiabilidade e economicidade foram considerados para desenvolver os planos de amostragem. Unidades amostrais de cinco plantas em sequência foram as que apresentaram uma melhor relação custo / beneficio (precisão / tempo ). Não houve diferenças significativas entre avaliadores, quanto à forma de distribuição das amostras no espaço (ao acaso ou sistemática). Entretanto, a amostragem sistemática levou vantagens quanto a tempo gasto, facilidade e repetitividade. Mediante avaliação visual (16 dos 20 mapas construídos), a disposição das plantas danificadas foi ao acaso. A variável número de plantas danificadas / amostra apresentou uma distribuição típica de Poisson, mediante utilização do teste qui-quadrado (𝒳2) e pela análise dos coeficientes de regressão do modelo de IWAO (β), da lei da potência de TAYLOR (b) e pelo modelo da exponencial negativa (B1 - não linear). Unidades amostrais de cinco plantas distribuídas sistematicamente foram utilizadas para desenvolver os planos de amostragem. Foram construídas as linhas de decisão dos planos de amostragem sequencial enumerativo com base na Poisson, (m0 = 0,7 e m1 = 1,3 plantas danificadas / amostra) e binomial (p0 = 0,5 e p1 = 0,72 proporção de amostras infestadas) com α = β = 0,10 e poder do teste de 90%, para tomada de decisão de controlar ou não S. frugiperda em lavouras de milho. Comparações dos planos desenvolvidos com a amostragem convencional (número fixo de 40 amostras) mostraram 98% e 96% de acertos na decisão, e 94% e 91% de decisões definitivas, com o número máximo de 20 amostras, respectivamente, para os planos sequencial enumerativo e binomial. A economia de tempo foi de 56% e 62%, respectivamente. Foram incorporadas adaptações nas tabelas, que comumente são construídas, para facilitar o entendimento e a sua utilização. A aplicabilidade dos planos de amostragem foi aprovada para grandes áreas, com um rendimento que pode ultrapassar os 200 ha / homem / dia, dependendo da organização do trabalho.
Título en inglés
Development and validation of sampling plans for management of fall armyworm Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera, Noctuidae) in maize
Palabras clave en inglés

Resumen en inglés
The most important insect pest of maize is the fall armyworm Spodoptera frugiperda (J.E. Smith, 1797) (Lepidoptera, Noctuidae). The indiscriminated use of insecticides to control this pest occurs, among other factors, because there is not a simple sampling decision rule for its management. Therefore, the main objective of this work has been to develop such sampling plans. Samples were taken in experimental and commercial areas in the most important states of the com belt in Brazil, in uniform cornfields 30 - 40 days old (8 - 10 open leaves), with a density of five plants / linear meter. In each cornfield 40 samples were taken, following uniform distribution, and plant damage was assessed through a scale ranging from 0 to 5. Damaged plants were considered only those with grade 3 or higher. Other factors taken into consideration were the size of the com field, number and disposition of samples, spatial distribution of damaged plants, simplicity of the sampling, procedure reliability, and low cost of sampling. The sampling unit was set to five consecutive plants, because that was the best sampling unit tested in the relationship cost-benefit. There were not significative differences among scouters during sampling relative to the disposition of the points of the sampling units in the cornfield (random or uniform). However using uniform sampling, the time of sampling was lower and easier to carry. Based on visual evaluation (16 out of 20 constructed maps) damaged plants showed a random distribution. The number of damaged plants per sample was tested using the chi-square test (𝒳2), IWAO model (β), the power law of Taylor (b) and the negative exponential model (B1 non linear); all these models have shown that the data of plant damage fit a typical Poisson distribution. Uniform sampling of five plants in the cornfield was used to develop the sampling plans. The Poisson distribution was used to construct the decision lines for an enumerative sequential sampling plan (m0 = 0.7, m1 = 1.3 damaged plant per sample) and a binomial plan (presence - absence) (p0 = 0.5, p1 = 0.72 proportion of damaged samples), with α = β = 0.10 and an accuracy level of 90% to take the decision of spray or not with insecticides. When comparing the two developed sampling methods with the current sampling procedure (fixed number of 40 samples), 98% and 96% of the right decision, and 94% and 91% of the decision using a maximum of 20 samples were obtained, using the enumerative sequential sampling plan and the binomial, respectively. Time saving during sampling was up to 62%. The sampling plans were developed for easy understanding and utilization by scouters and farmers. The plans were tested in big farms and in the best of the cases a scouter can cover more than 200 ha per day.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
BiancoRodolfo.pdf (5.92 Mbytes)
Fecha de Publicación
2021-01-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.