• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1984.tde-20210918-210937
Documento
Autor
Nome completo
Marcone César Mendonça das Chagas
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1983
Orientador
Título em português
Aspectos biológicos de Alabama argillacea (Hübner, 1818) (Lepidoptera-Noctuidae) em três estágios fenológicos de diferentes cultivares de algodoeiro
Palavras-chave em português
ALGODÃO
CURUQUERÊ
FENOLOGIA
VARIEDADES VEGETAIS
Resumo em português
Estudou-se a biologia de A. argillacea em diferentes cultivares do algodoeiro em três estágios de desenvolvimento das plantas, com o objetivo de conhecer alguns aspectos da relação inseto/planta que possam fornecer subsídios ao estudo de variedades resistentes. Os ensaios foram realizados em câmara climatizada mantida à 25 ± 1°C, UR 70 ± 10°C e fotofase de 14 horas, utilizando-se, como alimento, folhas de sete cultivares de algodoeiro herbáceo Gossypium hirsutum var. latifolium (IAC-17, IAC-18, IAC-19, PR-1, BR-1, CNPA-2 e SU-0450/8909) e uma de algodoeiro mocó G. hirsutum var. marie galante (Veludo C-71). Foram observados os seguintes parâmetros biológicos: duração e viabilidade larval, duração, peso e viabilidade pupal e longevidade dos adultos. Os resultados obtidos não permitiram detectar nenhuma cultivar resistente ao curuquerê nos três estágios de desenvolvimento do algodoeiro. As viabilidades larval e pupal não foram afetadas pelas diferentes cultivares, em qualquer dos estágios estudados. O maior peso de pupa foi registrado no estágio de florescimento para todas as cultivares, sendo o menor, observado durante a abertura das maçãs, enquanto que, na frutificação, foi obtido a menor duração das fases larval e pupal. Os maiores valores de longevidade média de adultos foram observados nos estágios de florescimento e abertura das maças.
Título em inglês
Biological aspects of Alabama argillacea (Hübner, 1818) (Lepidoptera-Noctuidae) on three phenological stages of different cotton cultivars
Resumo em inglês
This research deals with the biology of Alabama argillacea (Hübner, 1818) (Lepidoptera, Noctuidae) on different cotton cultivars and on three stages of plant development, aiming to study some aspects of the insect/plant relationship, thus providing data for studying resistant varieties. The experiments were carried out in climatic chambers (25° ± 1°C; 70 ± 10% RH; 14-hour photophase) and the larvae were fed with leaves of seven cultivars of herbaceous cotton Gossypium hirsutum var. latifolium (IAC-17, IAC-18, IAC-19, PR-1, BR-1, CNPA-2, SU-0450/8909) and one of perennial cotton G. hirsutum var. marie galante (Veludo C-71). The following parameters were observed: larval period and viability; pupal period, weight and viability, and adult longevity. The results obtained did not allow to detect any cultivar resistant to the cotton leaf worm on three stages of cotton development. The larval and pupal viabilities were not affected by the different cultivars in any of the stages studied. The highest pupal weight was observed in the blooming stage for all cultivars. The lowest one was observed during the boll opening, whereas the shortest periods of both larval and pupal phases were observed at the plant fruiting stage. The highest values of the mean longevity of adults were observed in the blooming and boll opening stages.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.