• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1998.tde-20220208-110800
Documento
Autor
Nome completo
Jorge Anderson Guimarães
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1998
Orientador
Título em português
Espécies de Eucoilinae (Hymenoptera: Figitidae) parasitóides de larvas frugívoras (Diptera: Tephritidae e Lonchaeidae) no Brasil
Palavras-chave em português
CONTROLE BIOLÓGICO
EUCOILÍNEOS
INSETOS PARASITOIDES
MOSCA-DAS-FRUTAS
Resumo em português
Os Eucoilinae e os Opiinae (Braconidae), são os mais importantes parasitóides de larvas de moscas da superfamília Tephritoidea. No sentido de se conhecer as espécies de eucoilíneos no Brasil, sua distribuição geográfica, hospedeiros associados e percentagem de parasitismo, 170 amostras de parasitóides provenientes de 51 municípios das cinco regiões do Brasil foram examinadas. Obtiveram-se 2025 eucoilíneos, dos quais seis espécies (42,82%) estão associadas às larvas de moscas da superfamília Tephritoidea. Foi possível associar os parasitóides à seis espécies de moscas e à 34 espécies de frutíferas de 15 famílias. As espécies de eucoilíneos identificadas são generalistas, parasitando tanto as espécies do gênero Anastrepha (Tephritidae) quanto as da família Lonchaeidae. Aganaspis pelleranoi (Brèthes) é o eucoilíneo mais abundante (29,93%) e com a mais ampla distribuição no Brasil. Dicerataspis flavipes (Kieffer) só foi obtido no Estado de São Paulo, associado às espécies do gênero Anastrepha. Esse parasitóide é mais atraído por carambola, pois 96,34% das espécies de D. flavipes foram obtidas de larvas de moscas nesse fruto. Lopheucoila anastrephae (Rhower) foi associada à Anastrepha pseudoparallela (Loew) e a Neosilba spp. em Passifloraceae (primeiros registros). Aganaspis nordlanderi Wharton foi associada à Anastrepha bahiensis Lima no Estado do Amazonas (primeiros registros de localidade e de mosca hospedeira) e à Neosilbasp. em Pouteria torta (Mart.) no Estado de São Paulo. Aganaspis pelleranoi, D. flavipes e L. anastrephae foram associados à Anastrepha amita Zucchi em pombeiro (Citharexylum myrianthum Cham.) no Estado de São Paulo (primeiros registros de localidade e de mosca hospedeira). Trybliographa sp. que parasita principalmente lonqueídeos, é registrado pela primeira vez no Estado de São Paulo. A percentagem de parasitismo variou de 0,07 a 42,86%, em razão do local da coleta, espécies de frutos e moscas hospedeiras. Foi elaborada uma chave ilustrada de identificação e as seis espécies obtidas neste trabalho foram caracterizadas.
Título em inglês
Species of eucoilinae (Hymenoptera: Figitidae) parasitoids of frugivorous larvae (Diptera: Tephritidae and Lonchaeidae) in Brazil
Resumo em inglês
The Eucoilinae and the Opiinae (Braconidae) are considered the most importante parasitoids of the larvae of the superfamily Tephritoidea. ln order to provide knowledge on the Eucoilinae species in Brazil such as geographic distribution, hosts and parasitismo levels, 170 samples of parasitoids from 51 counties of the five Brazilian regions were examined. A total of 2025 Eucoilinae were obtained. From this total, six species (42,82%) were associated to Iarvae of Tephritoidea. The parasitoids were associated to seven species of larvae, which feed on the fruits of 34 species belonging to 15 families. The Eucoilinae species are generalists; they can parasite Anastrepha species (Tephritidae) as well as Neosilba spp. (Lonchaeidae). Aganaspis pelleranoi (Brèthes) was the most abundant Eucoilinae (29,93%) and with the broadest distribution in Brazil. Dicerataspis flavipes (Kieffer) was collected only in São Paulo State, associated to Anastrepha species. This parasitoid is attracted to star fruits (Averrhoa carambola L.), since 96,34% of D. flavipes was obtained in larvae into this host fruit. Lopheucoila anastrephae (Rhower) were associated to Anastrepha pseudoparallela (Loew) and to species of Neosilba in Passifloraceae (first records). Aganaspis nordlanderi Wharton was recorded in Amazonas State associated to Anastrepha bahiensis Lima (first records) and to Neosilba sp. in Pouteria torta (Mart.) in São Paulo State. Aganaspis pelleranoi, D. flavipes and L. anastrephae were associated to Anastrepha amita Zucchi in "pombeiro" (Citharexylum myrianthum Cham.) in São Paulo State (first records). Trybliographa sp. parasites mainly lonchaeids larvae. It was recorded for the first time in the State of São Paulo. The parasitism levels varied from 0.07 to 42.86%, depending on collection sites, fruit types and host flies. An illustrated key to Eucoilinae species was elaborated and six species associated to frugivorous larvae were characterized in this study.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.