• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Vinicius Cantori
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Parra, José Roberto Postali (Presidente)
Bueno, Regiane Cristina Oliveira de Freitas
Pinto, Alexandre de Sene
Yamamoto, Pedro Takao
Título em português
Potencial do ectoparasitoide Habrobracon hebetor Say, 1857 (Hymenoptera: Braconidae) para controle biológico de treze espécies de lepidópteros-praga
Palavras-chave em português
Controle biológico
Ectoparasitoide
Parasitismo
Parasitoide larval
Resumo em português
Dentre os parasitoides utilizados no controle biológico de pragas está Habrobracon hebetor Say, 1857 (Hymenoptera: Braconidae), um ectoparasitoide frequentemente encontrado em armazéns de grãos e que parasita espécies de lepidópteros que atacam produtos armazenados. Dada a sua agressividade e pela sua ação em laboratório é um potencial agente de controle biológico de diversas espécies de lagartas que causam prejuízos econômicos. Portanto, no presente trabalho buscou-se avaliar o potencial de parasitismo de H. hebetor, parasitoide já existente no Brasil, sobre diferentes pragas agrícolas pertencentes às famílias Noctuidae (9 espécies), Erebidae e Crambidae, em relação à duas espécies de Pyralidae (controles), com base na paralisação e no tempo de tal paralisação em lagartas de diferentes tamanhos, com diferentes densidades do parasitoide, bem como seu desenvolvimento nas espécies escolhidas pelo potencial observado. Foram estudadas as espécies Anagasta kuehniella (Zeller, 1879) (Lepidoptera: Pyralidae) (controle 1), Corcyra cephalonica (Staiton, 1865) (Lepidoptera: Pyralidae) (controle 2), Helicoverpa armigera (Hübner, 1809) (Lepidoptera: Noctuidae), Chloridea virescens (Fabricius, 1777) (Lepidoptera: Noctuidae), Spodoptera cosmioides (Walker, 1858) (Lepidoptera: Noctuidae), Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae), Chrysodeixis includens (Walker, 1858) (Lepidoptera: Noctuidae), Spodoptera albula (Walker, 1857) (Lepidoptera: Noctuidae), Spodoptera eridania (Cramer, 1782) (Lepidoptera: Noctuidae), Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794) (Lepidoptera: Crambidae), Helicoverpa zea (Boddie, 1850) (Lepidoptera: Noctuidae), Anticarsia gemmatalis Hübner, 1818 (Lepidoptera: Erebidae), Agrotis ipsilon (Hufnagel, 1767) (Lepidoptera: Noctuidae). Foram avaliados o tempo e a porcentagem de paralisação das lagartas, assim como a correlação dessas variáveis com o tamanho do hospedeiro (2º ou 4º ínstar) e o número de parasitoides (1, 2 e 4), sendo as espécies mais paralisadas e no menor tempo, selecionadas como melhores por meio de uma análise de componentes principais. Estudou-se a preferência do parasitoide sobre as melhores espécies de lagartas por meio de um teste de livre escolha, observando-se a paralisação e o tempo gasto para tal paralisação. Avaliou-se o efeito da densidade de lagartas na paralisação por H. hebetor durante 4 dias. Posteriormente foi realizada a biologia das espécies selecionadas avaliando-se a duração dos estágios evolutivos assim como a viabilidade das melhores espécies e o número de ovos colocados em 3 dias. Não houve relação entre a paralisação e o parasitismo por H. hebetor. Quanto maior a paralisação do hospedeiro, menor foi o tempo para tal paralisação. O número de parasitoides e os ínstares mais avançados reduziram significativamente o tempo de paralisação. Houve grande variação na paralisação entre as espécies das 3 famílias estudadas (Noctuidae, Erebidae, Crambidae) e dentro de uma mesma espécie. Das três espécies selecionadas com base na paralisação, S. cosmioides, A. ipsilon e D. saccharalis, apenas esta última se apresentou como potencial hospedeiro para parasitismo de H. hebetor. Existe um potencial de utilização de H. hebetor no controle de D. saccharalis, com base nos resultados obtidos, exigindo uma validação em condições de campo.
Título em inglês
Potential of the ectoparasitoid Habrobracon hebetor, Say 1857 (Hymenoptera: Braconidae) for biological control of thirteen species of Lepidoptera pests
Palavras-chave em inglês
Biological control
Ectoparasitoid
Larval paraitoid
Parasitism
Resumo em inglês
Among the parasitoids used in biological pest control is Habrobracon hebetor Say, 1857 (Hymenoptera: Braconidae), an ectoparasitoid often found in grain stores and parasitizing lepidopteran species that attack stored products. Given its aggressiveness and its action in the laboratory is a potential agent of biological control of several species of caterpillars that cause economic losses. Therefore, the present work aimed to evaluate the parasitism potential of H. hebetor, a parasitoid already present in Brazil, on different agricultural pests belonging to the families Noctuidae (9 species), Erebidae and Crambidae, in relation to 2 Pyralidae species as control, based on the paralyzation and the time of such paralysis in caterpillars of different sizes, with different parasitoid densities, as well as their development in the species with potential. The species studied were: Anagasta kuehniella (Zeller, 1879) (Lepidoptera: Pyralidae) (control 1), Corcyra cephalonica (Staiton, 1865) (Lepidoptera: Pyralidae) (control 2), Helicoverpa armigera (Hübner, 1809) (Lepidoptera: Noctuidae) , Chloridea virescens (Fabricius, 1777) (Lepidoptera: Noctuidae), Spodoptera cosmioides (Walker, 1858) (Lepidoptera: Noctuidae), Spodoptera frugiperda (JE Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae), Chrysodeixis includens (Lepidoptera: Noctuidae), Spodoptera albula (Walker, 1857) (Lepidoptera: Noctuidae), Spodoptera eridania (Cramer, 1782) (Lepidoptera: Noctuidae), Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794) (Lepidoptera: Crambidae), Helicoverpa zea (Boddie, 1850) (Lepidoptera: Noctuidae), Anticarsia gemmatalis Hübner, 1818 (Lepidoptera: Erebidae), Agrotis ipsilon (Hufnagel, 1767) (Lepidoptera: Noctuidae). The time and percentage of caterpillar paralysis were evaluated, as well as the correlation of these variables with the host size (2nd or 4th instar) and the number of parasitoids (1, 2 and 4), with the species being more paralyzed and, in less time, selected as the best by means of a principal component analysis. The preference of the parasitoid on the best caterpillar species was studied by means of a free choice test, observing the paralyzation and the paralyzation time. The effect of caterpillar density on H. hebetor paralyzation was evaluated for 4 days. Afterwards the biology of the selected species was evaluated, evaluating the duration of the evolutionary stages as well as the viability of the best species and the number of eggs placed in 3 days. There was no relationship between paralyzation and parasitism by H. hebetor. The greater the host paralysis, the longer the paralyzation delay. The number of parasitoids and the more advanced instars significantly reduced the standstill time. There was a great variation of paralysis among the species of the three families studied (Noctuidae, Erebidae, Crambidae) and within the same species. The three species selected based on the paralyzation, S. cosmioides, A. ipsilon and D. saccharalis, only the sugarcane borer presented as a potential host for H. hebetor parasitism. There is a potential of using H. hebetor in the control of D. saccharalis, based on the results obtained, requiring validation under field conditions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-06-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.