• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2010.tde-26112010-144048
Documento
Autor
Nome completo
Greice Erler
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2010
Orientador
Banca examinadora
Nakano, Octavio (Presidente)
Arrigoni, Enrico de Beni
Parra, José Roberto Postali
Título em português
Controle da broca da cana-de-açúcar Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794) (Lepidoptera: Crambidae) através de isca tóxica
Palavras-chave em português
Atrativos químicos
Brocas (Insetos nocivos)
Cana-de-açúcar
Inseticidas
Iscas
Lepidoptera.
Resumo em português
O objetivo desse trabalho foi estudar atrativos adicionados a inseticidas e usados na forma de isca tóxica no controle dos adultos de Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794) (Lepidoptera: Crambidae) determinando as doses adequadas e distâncias de aplicação dessas iscas. Em laboratório, foram testadas diversas iscas, incluindo seletividade, idade e concentração das mesmas, escolha do inseticida e sua melhor dose, determinação da distância dentro da área de aplicação, efeito residual e atratividade a alguns inimigos naturais. A D. saccharalis foi mantida em condições controladas de temperatura (25+1ºC), umidade relativa (60+10%) e fotofase (14 horas). Foi avaliada a sua mortalidade 24 e 48 hs após a exposição às iscas. A seleção e concentração do atrativo e o inseticida foi feita através dos resultados que apresentaram eficiência superior a 80%. Dentre as diferentes concentrações de atrativos e de inseticidas foram obtidas às ideais para cada isca, que foram: ácido acético (2,5%); ácido acético + 3-metil-1-butanol (1,25%); calda de açúcar (20%) e açúcar (2,5%) adicionados ao cloridrato de cartape (2,0; 2,0; 1,5 e 2,0 g i.a. L-1 calda), respectivamente. Em relação ao raio de atratividade, verificou-se que a isca não atrai o adulto a longas distâncias sendo o raio de 50cm, tornando-se necessário aplicar as iscas em área total. Nos resultados obtidos do teste de atratividade aos inimigos naturais (Cotesia flavipes e Doru luteipes) foi verificado que apenas a C. flavipes foi atraída pela isca à base de melaço. Em campo, foi realizado um experimento aplicando a isca tóxica em área total. Os tratamentos foram: ácido acético (285 mL ha-1) + cloridrato de cartape (45 g i.a. ha-1), melaço (1,14L ha-1) + cloridrato de cartape (45 g i.a. ha-1), Bacillus thuringiensis (1L ha-1) + Hygrogen (1L ha-1) e triflumurom (38,4 g i.a. ha-1), este último, visando lagartas do 2º ínstar. Os tratamentos á base de B. thuringiesis e o triflumurom foram empregados como padrão. Os resultados foram analisados em função de amostragem de lagartas que surgiu após as aplicações. Os resultados mostraram que o tratamento que mais se destacou foi à base de melaço o qual foi superior ao controle químico triflumurom, inseticida regulador de crescimento, utilizado atualmente principalmente no oeste paulista, onde se encontram altos níveis de infestação da broca. Assim, a isca tóxica a base de melaço se torna mais uma alternativa no controle químico da D. saccharalis.
Título em inglês
Control of sugar cane borer Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794) (Lepidoptera: Crambidae) with toxic baits
Palavras-chave em inglês
attractive
natural enemies.
Pest
Resumo em inglês
This work aims to study baits added to insecticides used as toxic baits in the control of moths of Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794) (Lepidoptera: Crambidae) determining their appropriate doses and distances of application. In laboratory, were tested different baits in terms of selectivity, age and concentration, choice of pesticide and ideal dosage, determining distances within the application area, residual effects and attractiveness to some natural enemies. The D. saccharalis was kept under controlled temperatures (25+1ºC), RH (60+10%) and photophase (14 hours). We evaluated its mortality 24 and 48 hours after exposure to the baits. The selection and concentration of the bait and the pesticide were based on results that presented effiency higher than 80%. Among the different of concentrations of baits and pesticides, we obtained the ideal for each toxic bait as follows: acetic acid (2.5%); acetic acid + 3-methyl-1-butanol (1.25%); gold syrup (20%) and sugar (2.5%) added to cloridrato of cartape (2.0; 2.0; 1.5 and 2.0 g i.a. L-1 solution), respectively. In relation to the distance of application, we observed that the bait does not attract the adult from a distance larger than 50cm, being necessary to spray the baits in the entire area. As for results obtained on the attractiveness to natural enemies (Cotesia flavipes and Doru luteipes), we observed that only the C. flavipes was attracted to molasses baits. In the field, we carried out the spraying of toxic bait in whole area. The treatments were: acetic acid (285mL ha-1) + cloridrato de cartape (45 g i.a. ha-1), molasses (1,14L ha-1) + cloridrato of cartape (45 g i.a. ha-1), Bacillus thuringiensis (1L ha-1) + Hygrogen (1L ha-1) and triflumurom (38,4 g i.a. ha-1), being this last one aimed at caterpillars of the 2nd instar. The treatments based of B. thuringiensis and triflumurom were set up as standard. Results were analyzed regarding the number of caterpillars which appeared after the sprays. Findings showed that the treatment that had better result was based on molasses which was superior than the chemical control with triflumurom, growth regulator pesticide, largely used nowadays mainly in the western of São Paulo state, where there is high level of infestation of sugarcane borer. Thus, the toxic bait based on molasses becomes an alternative to the chemical control of D. saccharalis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Greice_Erler.pdf (1.63 Mbytes)
Data de Publicação
2010-12-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.