• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2016.tde-28112016-142845
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Polastre Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2016
Orientador
Banca examinadora
Parra, José Roberto Postali (Presidente)
Yamamoto, Pedro Takao
Pinto, Alexandre de Sene
Título em português
Bases biológicas para utilização de Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) no controle de Helicoverpa armigera Hübner, 1809 (Lepidoptera: Noctuidae) em soja
Palavras-chave em português
Controle biológico
Manejo integrado de pragas
Soja
Resumo em português
A espécie Helicoverpa armigera Hübner, 1809 (Lepidoptera: Noctuidae) vem atacando diversas culturas de importância econômica, e os prejuízos estimados nas safras de 2012/2013 no Brasil, foram de aproximadamente, 2 bilhões de reais. Com o uso intensivo de inseticidas sintéticos para controlar H. armigera, esta praga mostrou alta resistência em resposta a esses inseticidas. Visando diminuir o uso indiscriminado de inseticidas, uma alternativa à utilização de inseticidas sintéticos para o controle de pragas é o uso de parasitoides do gênero Trichogramma. Portanto, o objetivo do presente trabalho foi determinar os locais de oviposição de H. armigera, otimização da criação de H. armigera em laboratório, selecionar a linhagem mais adequada de Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) para o controle de H. armigera na cultura de soja, determinação do número de parasitoides a ser liberado por ovo da praga para se atingir o máximo de parasitismo, e capacidade de parasitismo de T. pretiosum em ovos de H. armigera e de Chrysodeixis includens (Walker, 1857) (Lepidoptera: Noctuidae). A preferência de oviposição de H. armigera em plantas de soja foi pela parte superior das plantas e em folhas, em todos os estádios fenológicos observados. Os resultados, obtidos por meio dos experimentos para ajustar a criação de H. armigera em laboratório, apontaram que a cópula de casais emergidos no mesmo dia levaram a um aumento na produção de ovos por dia. Por meio da seleção de espécies/linhagens de Trichogramma e Trichogrammatoidea constatou-se que T. pretiosum, linhagem coletada em Rio Verde, GO (RV) e Sorriso, MT (SO) apresentaram melhor desempenho biológico. Em condições de semi-campo, determinou-se que o maior parasitismo foi obtido com uma proporção de 3,2 parasitoides por ovo da praga. Em um processo competitivo entre 2 espécies de lepidópteros em soja, T. pretiosum tem preferência por H. armigera em relação a C. includens.
Título em inglês
Biological bases for the use of Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) in controlling Helicoverpa armigera Hübner, 1809 (Lepidoptera: Noctuidae) on soybean
Palavras-chave em inglês
Biological control
Integrated pest management
Soybean
Resumo em inglês
The cotton bollworm Helicoverpa armigera Hübner, 1809 (Lepidoptera: Noctuidae) attacks several economically important crop plants. In Brazil, the estimated damage to the 2012-2013 harvest was about 2 billion reals (currently equivalent to 600 million US dollars). In response to the intensive use of synthetic insecticides to control H. armigera, the pest developed a high degree of resistance. In order to reduce the indiscriminate use of insecticides, one alternative is to use parasitoid wasps of the genus Trichogramma. The present study had the objective of determining the oviposition sites of H. armigera, optimizing its rearing in the laboratory, selecting the most appropriate strain of Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) to control H. armigera on a soybean crop, determining the number of parasitoids to be released per egg of the pest in order to attain the maximum parasitism, and the capacity of T. pretiosum to parasitize eggs of H. armigera and Chrysodeixis includens (Walker, 1857) (Lepidoptera: Noctuidae). On soybean plants, H. armigera prefers to oviposit on leaves on the superior part of the plants, in all the phenological stages observed. The results of the experiments to adjust the procedures for rearing H. armigera in the laboratory indicated that copulation of couples that had emerged on the same day led to an increase in daily egg production. Selection of species and strains of Trichogramma and Trichogrammatoidea established that T. pretiosum strains from specimens collected in Rio Verde, Goiás (RV) and Sorriso, Mato Grosso (SO) showed better biological performance than others. In semi-field conditions, the highest parasitism was obtained with a proportion of 3.2 parasitoids per pest egg. In a trial comparing its preference for two species of lepidopterans on soybean, T. pretiosum preferred H. armigera to C. includens.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-12-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.