• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1995.tde-20220207-175629
Documento
Autor
Nome completo
Angela Maria Vasquez Correa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1995
Orientador
Título em português
Variação das características anatômicas e da densidade básica da madeira em arvores de Pinus caribaea Morelet var. hondurensis Barret e Golfari em função do espaçamento de plantio
Palavras-chave em português
CARACTERÍSTICAS ANATÔMICASPLANTIO
DENSIDADE DA MADEIRA
ESPAÇAMENTO
PINHEIRO
Resumo em português
Os objetivos do presente trabalho foram analisar as variações da estrutura anatômico dos anéis de crescimento e da densidade básica da madeira de árvores de Pinus caribaea var. hondurensis, em um experimento de espaçamentos com 17 anos de idade, instalado na Estação Experimental de Recursos Naturais Renováveis de Anhembi-SP, ESALQ-USP. Nesse experimento foram amostradas um total 3 5 árvores, compreendidas em 3 classes de diâmetro (dominantes, intermediárias e dominadas) e em 3 diferentes tratamentos de espaçamentos 3,0x1,5, 3,0x2,5 e 3,0x3,5 m. De cada uma das árvores, após o seu corte, foram determinados o diâmetro e a altura e obtidos discos de madeira na altura do DAP. Dos discos de madeira coletados das árvores da classe de diâmetro caracterizada como intermediária, nos 3 espaçamentos, constituindo total de 12 árvores, foram cortados corpos de prova para a descrição anatômica da madeira e para a avaliação das dimensões das traqueídes nos lenhos inicial e tardio no sentido medula-casca. Foram também analisadas para as amostras de madeira de todas as árvores a espessura dos anéis de crescimento e dos lenhos inicial e tardio e a densidade básica da madeira em 5 amostras obtidas no sentido casca-medula. Estabeleceram-se, a partir dessas avaliações, as relações entre as características da madeira de Pinus caribaea var. hondurensis e seus modelos de variação, em função das diferentes classes de diâmetro das árvores, nos diferentes espaçamentos. De acordo com os resultados a estrutura anatômica da madeira de Pinus caribaea var. hondurensis corresponde às características reportadas para a variedade. A variação das dimensões das traqueídes no sentido medula-casca, das amostras de madeira, apresentou para o comprimento em todos os tratamentos de espaçamento e para os dois tipos de lenho, um aumento de quase o dobro do 3° até o 7° anéis de crescimento, com um incremento menos acentuado até o 10° anel; a largura, diâmetro do lume e espessura da parede das traqueídes, também apresentaram mudanças acentuadas até o 7° anel de crescimento, com diferenças marcantes para as traqueídes de lenho inicial e tardio para todos os anéis de crescimento. Não foram verificadas diferenças estatísticas entre as classes de diâmetro das árvores e os tratamentos de espaçamento, para os parâmetros anatômicos analisados, definindo-se a transição período juvenil-adulto entre os 7° e 10°espaçamentos anéis de crescimento. A variação da espessura dos anéis de crescimento, no sentido medula-casca, das amostras de madeira nas 3 classes de diâmetro e 3 espaçamentos, apresentaram uma redução da espessura até o 2°-3° anos, seguindo-se um incremento até o 5°-6° anos para atingirem um valor estável aos 11 anos. Observou-se uma maior espessura dos anéis de crescimento nas árvores da classe dominante, com uma diminução gradativa para as das classes intermediária e dominada. A densidade básica média da madeira apresentou valores de 0,39, 0,43 e 0,41 g/cm3 nos tratamentos 6 (3,0x1,5 m), 8 (3,0x2,5 m) e 10 (3,0x3,5 m), respectivamente, com uma média para a espécie de 0,41 g/cm3. De modo geral, houve um decréscimo do valor da densidade básica da madeira nos 6° - 8° anéis de crescimento, com posterior aumento nos anos subsequentes e tendência a estabilização até o 14° ano. Não foram verificadas diferenças significativas entre as classes de diâmetro das árvores e os tratamentos de espaçamentos, para esta característica.
Título em inglês
Variation of the wood basic density andanatomic characteristic of Pinus caribaea Morelet var. hondurensis Barret e Golfari trees in function of the planting spacing
Resumo em inglês
The author of this work was to analyse the anatomic structure variations of the growth rings and of the wood basic density of Pinus caribaea var. hondurensis trees from a spacing trial with 17 years of age and established at the Estação Experimental de Recursos Naturais Renováveis de Anhembi-SP, ESALQ-USP. A sample was made of 35 trees in three diameter classes (dominant, intermediary and dominated) in three planting spacings: 3,0xl,5; 3,0x2,5 and 3,0x3,5 m. For each tree, the height and the diameter were determined and a wood disc was collected at the DBH. From the wood discs collected from the intermediary trees at the three spacings, a total of 12 trees, wood samples were obtained to make the anatomic description and to evaluate the dimensions of the tracheids in the early and latewood from the pith to the bark. Toe wood samples of all the trees were analysed for the growth ring, early and latewood width and the wood basic density in five samples obtained from the pith to bark. Toe relations among wood characteristics of Pinus caribaea var. hondurensis, and lts variation models in funtion of the diferent tree diameter classes at the diferent spacings were estabished. Toe results showed that the wood anatomic structure of Pinus caribaea var. hondurensis, corresponds to characteristics reported to the variety. Toe variation of the tracheid dimensions in the pith to bark showed that: the tracheid lenght had an increment of almost the double from the trird to the seventh growth rings and an increment smaller till the 10th growth ring; the width, the diameter and the lumen and wall thickness of the tracheids showed gread changes untill the seventh growth ring with marking diferences for the early and latewood tracheids for all growth rings. It was not verifiet statistic diferences among tree diameter classes and the spacing treatments for the anatomic parameters analysed and defining the transition juvenile-adult between the seventh and the tenth growth ring. The variation of the growth ring width in the pith to bark direction of the samples for the three diameter classes in the three spacing showed an reduction of the width still the second-third years, following an increment there the fifth and seveth years and stabilized at the eleventh year, larger widths of the growth ring were observed in the dominant trees and a gradual decrese for the intermediary and dominant trees. Toe means ofwood basic density were: 0,39; 0,43 and 0,41 g/cm3 in the trataments 6 (3,0xl ,5 m); 8 (3,0x2,5 m) and 10 (3,0x3,5 m), respectively. The mean wood basic density for the variety was 0,41 g/cm3. ln general, there were: a decease of the wood basic density in the 6th - 8th growth rings and an increase with tend to stabilise at the 14th growth ring. There were no statistic diferens among tree diameter classes and the spacing treatements for this characteristic.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-02-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.