• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2017.tde-06012017-112928
Documento
Autor
Nome completo
Carla Arianne Papai Lobato
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2016
Orientador
Banca examinadora
Gonçalves, José Leonardo de Moraes (Presidente)
Blanco, Flavio Martins Garcia
Victoria Filho, Ricardo
Título em português
Seletividade e efeito residual de herbicidas pré-emergentes aplicados na presença e ausência de resíduos florestais em plantação de eucalipto
Palavras-chave em português
Biodegradação
Crescimento
Cultivo mínimo
Matocompetição
Resumo em português
O comportamento dos herbicidas no ambiente depende de sua composição química, do modo de aplicação e de fatores edafoclimáticos. Este estudo teve como objetivos avaliar em campo: i) a interferência dos resíduos florestais no controle das plantas daninhas e na eficácia de diferentes herbicidas aplicados na pré-emergência das plantas daninhas; ii) a seletividade dos diferentes herbicidas para as plantas de eucalipto e na atividade microbiológica do solo e iii) o efeito residual dos herbicidas. O experimento foi instalado em solo de textura argilosa na região de Capão Bonito, SP e cada parcela útil foi composta por três linhas com 8 m de comprimento. Foram usados quatro herbicidas aplicados na pré-emergência das plantas daninhas aplicados em área total e antes do plantio do híbrido Eucalyptus urophylla x grandis. A pesquisa foi instalada no delineamento blocos casualizados com cinco repetições, e sete tratamentos: 1) testemunha sem resíduo (linha de plantio com solo exposto após preparo de solo e retirada manual dos resíduos florestais da entrelinha de plantio); 2) testemunha com resíduo (linha de plantio com solo exposto após preparo de solo e manutenção dos resíduos florestais na entrelinha de plantio); 3) testemunha com controle (semelhante à testemunha com resíduo, mas com capina química das plantas daninhas durante o período de avaliação); 4) aplicação de isoxaflutole; 5) aplicação de sulfentrazone; 6) aplicação de flumioxazin; 7) aplicação de oxyfluorfen. Nos tratamentos de 4 a 7, os herbicidas foram aplicados na área total da parcela com costal pressurizada e mesmo volume de calda. Os efeitos dos tratamentos foram avaliados por meio da: i) avaliação visual de controle das plantas daninhas na linha e na entrelinha de plantio; ii) contagem e identificação das plantas daninhas emergidas após aplicação; iii) levantamento de sintomas de fitotoxidez e mensuração da altura da planta e do diâmetro do colo; iv) quantificação da atividade microbiológica no solo. A altura das plantas na área tratada com isoxaflutole foi 6,4 % superior comparativamente ao tratamento capinado. O flumioxazin controlou 85 % das plantas daninhas na linha de plantio aos 90 dias após aplicação (DAA), mas foi fitotóxica para algumas plantas, diminuindo a altura média. As precipitações pluviais e a temperatura atmosférica possivelmente influenciaram a eficácia do controle das plantas daninhas e a atividade dos microrganismos no solo. O preparo de solo na linha de plantio reduziu a germinação de plantas daninhas e aumentou a eficácia de controle das plantas daninhas, principalmente, nos tratamentos com flumixazin e oxyfluorfen. Em todos os tratamentos, as plantas de eucalipto recuperaram dos efeitos fitotóxicos ao longo de 150 DAA dos herbicidas. A atividade microbiana foi muito sensível às intervenções realizadas na área experimental.
Título em inglês
Selectivity and residual effect of pre-emergent herbicides in the presence and absence of forest residues in eucalyptus plantation
Palavras-chave em inglês
Biodegradation
Growth
Minimum cultivation
Weed competition
Resumo em inglês
The behavior of herbicides in the environment depends on its chemical composition, application and edaphoclimatic factors. This study aimed to evaluate the field: i) the interference of forest residues on weed control and effectiveness of different herbicides applied in the pre-emergence of weeds; ii) the selectivity of different herbicides for eucalypt plants and microbiological activity of the soil; and iii) the residual effect of herbicides. The research was installed in a clay soil in the region of Capão Bonito, SP and each useful plot area consisted of three rows with 8 m long. Four herbicides applied in the pre-emergence of weeds were applied in total area before planting the hybrid Eucalyptus urophylla x grandis. The experiment was conducted in a randomized block design with five replications and seven treatments: 1) control without residue (planting row with bare soil after preparation and manual removal of forest residues of planting interrow); 2) control with residue (planting row with bare soil after soil preparation and maintenance of forest residues in the planting interrow); 3) control weed free (similar to control with residue, but with weed chemical control during the evaluation period); 4) isoxaflutole application; 5) sulfentrazone application; 6) flumioxazin application ; 7) oxyfluorfen application. In treatment 4 to 7, the herbicides were applied at the total plot area with pressurized costal and same spray volume. The effects of the treatments were assessed by: i) visual assessment of weed control in the planting row and interrow; ii) counting and identification of weeds emerged after application; iii) survey of symptoms of phytotoxicity and measurement of plant height and base diameter; iv) measurement of microbiological activity in the soil. The height of the plants in the area treated with isoxaflutole was 6.4 % higher compared to weed free treatment. The flumioxazin controlled 85 % of the weeds in the planting row at 90 DAA, but was phytotoxic to some plants, reducing the average height. The rainfall and atmospheric temperature possibly influenced the effectiveness of weed control and activity of soil microorganisms. Soil preparation in the planting row reduced weed germination and increased weed control effectiveness, mainly in the treatments with flumixazin and oxyfluorfen. In all treatments, eucalyptus plants recovered from the phytotoxic effects over 150 DAA herbicides. Microbial activity was very sensitive to interventions in the experimental area.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-02-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.